Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




BTT em Porto de Mós

por Trilhos Sem Fim, em 17.03.13

Os TSF's hoje dividiram-se em 2 grupos, um deles composto por AL, CC e DA apresentavam-se pelas 8.20h no PR.


Feito um compasso de espera, por alguns TSF que pudessem aparecer, pelas 8.40h, após otimizados os transportes pusemo-nos a caminho de Porto de Mós …

Pouco passava das 9h quando encontramos D., o amigo do AL, no parque, no centro de Porto de Mós, que seria nosso anfitrião. D. estava sozinho pois 2 outros colegas por compromisso e receio da chuva não compareceram. Eramos por isso 4 corajosos.


Pessoalmente confesso que tenho uma máxima, quando de manhã levanto o estore e as condições climatéricas parecem menos convidativas, até à data nunca me arrependi de vencer essa preguiça inicial. Julgo que falo por todos os participantes que tivemos uma ótima manhã de BTT, por trilhos novos de Porto de Mós.


Começando pelo início, e após feitas as apresentações, no centro de Porto de Mós, acompanhados por uma certa humidade matinal, e após equipados, montamos nas bikes. Seguimos para a ciclovia da Bezerra. Tivemos oportunidade de abandonar o “alcatrão” iniciando onde outrora a linha férrea chegava ao sopé da serra. Passado pouco tempo já rolávamos a bom ritmo na ciclovia, em sentido ascendente. D. nosso anfitrião sem dar demasiadas pistas, foi-nos dando algumas informações da zona.


Após feita a ciclovia, com o aquecimento feito, começamos a descer, descer por caminhos que nos levaram às nascentes do Rio Lena, sim nascentes em plural pois são duas, que distam alguns metros entre si. Tínhamos que tirar fotos para documentar a nossa aventura e foi logo ali que o fizemos. Daí seguimos por caminhos de serra até à base da Fórnea.


Fizemos caminhos ascendentes, que não puderam ser todos feitos em cima da bike, pois quer o declive, quer a pedra molhada, foram impeditivos. Seguramente, não fosse a nebina teríamos usufruído mais da beleza daqueles locais em altura. Quem faz BTT sabe que para descer há que subir, e o esforço foi logo recompensado, após a ingestão da banana.


Pelas 11.45h chegamos a uma estrada que nos poderia ter levado diretamente a Porto de Mós, mas quando se levantou a hipótese de seguir em frente e em mais 45 minutos fazermos uma volta por outra serra, nem hesitamos. Quem sabe sabe e D. levou-nos a tomar café num tasco de petiscos, que estrategicamente ficou no caminho. Dalí seguimos e apanhamos um troço da Maratona do Centro – conseguimos passar sem “pagar portagem”, pois no meio de tanto ciclista eramos alvo e atenção por parte das pessoas da organização com quem nos cruzamos. Contra fatos não há argumentos, e quem é da casa é que sabe das coisas, pois em determinado ponto D. desviou-nos por um single track, bastante alongado e com imensos drops que acabou por ser o auge de toda a volta. Terminado o single track, estávamos novamente em estradão descendente com os participantes da Maratona. Não vislumbramos nenhum TSF, mas também era difícil pois todos usavam uma estranha cor castanha, do capacete aos sapatos de encaixe… Nós não estávamos melhor.


Pelas 13horas estávamos no centro de Porto de Mós com 40km feitos e 800m de acumulado..


Que bela manhã de BTT, que temos de repetir com tempo mais seco com os restantes TSF. A promessa ficou feita e o track foi registado pelo CC.


Boa semana!
D’Armindo

 

Podem consultar o track de hoje no GPSies, não deixem de ver o Fly Tour uma nova funcionalidade do google earth!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:15


20 comentários

Sem imagem de perfil

De DArmindo a 17.03.2013 às 22:06

Boas,


ficou por dar o agradecimento ao David de Porto de Mós amigo do AL que tão bem nos recebeu hoje.


Bem haja!
Sem imagem de perfil

De Cláudio Costa a 17.03.2013 às 22:30

Foi uma boa ideia a do Alípio, de ir até Porto de Mós. Se nós gostámos, o Alípio adorou, em especial aquele single track com pedra molhada Image.
Obrigado David por nos mostrares esses trilhos. Gostei particularmente de ver a Nascente do Lena, foi pena a cascata da Fórnea não ter água, mas fica para a próxima.
Quando quiseres conhecer a Curvachia aparece a um Domingo.
Sem imagem de perfil

De Pedrojs a 17.03.2013 às 22:58

Já vi que a malta anda a desbravar caminhos novos lá pós lados de Porto de Mós e a dar nas vistas na maratona do centro... eu cá estou de "vacances"...Image molhadas...
Boa Cardinhos! Image
Sem imagem de perfil

De Rui P a 17.03.2013 às 23:00

Boas!
Acho muito mal terem ido à Bezerra. Também quero ir.
No domingo voltam lá novamente e não é de castigo.
Image
Sem imagem de perfil

De AL a 17.03.2013 às 23:54

O Claudio tem razão quando diz que ele e o Armindo gostaram e eu adorei. E verdade que fiquei contente e satisfeito com a visível alegria com que galgavam os designados drops que apesar de tão escorregadios consegui vencer sem convencer: desmontado e a escorregar agarrado a menina. Uma perigosa delicia carregada de adrenalina até ao cocuruto, para quem detenha licença nível 5 de BTT. Não e o meu caso que com esforço e dedicação me ficarei por um modesto 3...
Sem imagem de perfil

De AL a 17.03.2013 às 23:56

Mas se e para irmos Domingo e só dizerem para agendarmos com o meu amigo David Santos. E o Rogério não pode voltar a ter falta!
Sem imagem de perfil

De Rogério Monteiro a 18.03.2013 às 17:11

Amigo AL, lamento não ter aparecido no domingo, mas ainda estava com os músculos das pernas muito doridos, da volta de quinta feira que me deixou todo partido.
No domingo não vou aparecer pois tenho compromisso e tenho que me ausentar até ao Porto.
Mas espero ir visitar a nascente do Lena com os TSF, noutro dia qualquer. 
Não desisto.
Sem imagem de perfil

De Cláudio Costa a 18.03.2013 às 09:58

Então e a crónica de quem foi à Maratona representar os TSF's, onde está?
Pelo que vi foi uma boa representação, tanto em número de participantes como nas classificações.
Mas o que queremos saber não é das classificações, não é atrás delas que os TSF's correm! Como correu? Percalços? Caminhos novos? Histórias?
Andam tão cansados que nem escrevem, só se queixam de termos ido à Bezerra :-)
Sem imagem de perfil

De José Cardinhos a 18.03.2013 às 13:49

Vejo que o pessoal que foi até Porto Mós ficou satisfeito pelo passeio, a descoberta de novos trilhos são sempre de louvar.
A Maratona do Centro foi mais uma demonstração, de como o BTT hoje é uma forte componente de massas, quase 2 milhares de Betetistas (é obra) mais os seus familiares e curiosos, torna estes eventos maravilhosos. Quanto ao percurso da meia, trilhos nossos conhecidos e outros novos, muita lama e pedra, para fazer um dia destes com tempo mais seco com os TSF,s. 
Sem imagem de perfil

De AL a 18.03.2013 às 21:18

Caro amigo RM, não me passa pela cabeça que possas ser um \"desistente\" porque percebi desde que nos conhecemos que és um \"persistente\". A citação do teu nome foi e um exercício de estilo para apimentar a discussão. Mas garanto-te que quando lá voltarmos haveremos de sofrer um bocado com os desníveis, tanto num quanto noutro sentido. Mas se o fado educa e o vinho instrui não podemos esperar poder usufruir dos benefícios do Btt sem alguns amargos pormenores...
Sem imagem de perfil

De Rui Gaspar a 18.03.2013 às 21:48


Mais uma vez os TSFs marcaram presença nesta Maratona do Centro que é considerada uma das melhores e mais concorridas de Portugal, quase 1500 fans de BTT. Que lindo que é ver tanta bike percorrendo os caminhos da nossa região. E ver a força e coragem dos parabttistas, impressiona mesmo, como se equilibram naqueles trilhos e como sobem os desniveis,Um verdadeiro exemplo para todos nós. Para os TSFs que participaram foi mais um desafio e oportunidade de testar a condição fisica dos trilheiros que faça chuva ou sol não se negam. Um obrigado muito especial á trilheira Cris, lá estava na partida e na chegada sempre aplaudindo os TSFs. Eu gosto destes desafios, mas ao domingo é mais divertido. Aqui não conseguimos "ralhar" com o nosso reporter.
Sem imagem de perfil

De CFQuiaios a 18.03.2013 às 22:43

Image

Comentar post


Pág. 1/2



Sobre nós

Neste blog um grupo de amigos irão falar das suas vivências tendo como fundo uns passeios de bicicleta. À conquista da natureza, ganhando saúde.

MEO Kanal


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D


Visitantes = 160.000 +...