Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Raid BTT em Bidoeira de Cima em 2 de Novembro 2008

por Trilhos Sem Fim, em 02.11.08

Este ano, as festas da Bidoeira começaram mais cedo. Iniciaram-se com uma inesquecível prova de BTT!

A adesão a este evento superou em muito todas as expectativas. Foi superior a quatro centenas o número de inscritos. O percurso foi muito bem escolhido e nunca poderia ter sido melhor, pela simples razão que foi óptimo e por porque o local limitava, como é óbvio, os locais disponíveis. Não havendo montanhas, conseguiram dar-nos o prazer de "escalar"  imensas subidas e descer vertiginosamente pelas esperadas descidas.  

À hora marcada saímos do largo do Centro Cultural e logo nos embrenhámos no vasto bosque de pinhal. Os mais velozes já iam bem na frente quando passámos o riacho das Almoinhas. Esta passagem trouxe à minha memória os tempos da infância quando por aí passava na azáfama dos trabalhos agrícolas.

Após uma descida vertiginosa chegámos ao lugar da Mata da Bidoeira. Depois de um pequeno percurso de estrada entrámos novamente na floresta e foi muito agradável passar por um trilho estreito que nos conduziu ao pequeno riacho. Chegámos ao local onde antigamente existiu o Calhau, um pequeno lugar cujo principal modus vivendi era a moagem de grão. Hoje restam meia dúzia de paredes em ruína.

As recordações de infância não cessavam de me afluir à mente. Depois de uma subida por terra chegámos à Pêga, um dos locais onde viviam alguns dos meus companheiros de carteira na velha Escola Primária.  Que saudade!

Deixemo-nos de melancolia porque os mais velozes já não se avistam há muito.

Passámos o Monte Agudo e mais uma vez os carreiros serpenteavam por entre a vegetação. Chegámos ao gasoduto onde fomos testados na verdadeira técnica de dominar a bike nas descidas de declive acentuado. O pior estava para acontecer!  Quem tinha pernas subia a elevação,  quem não tinha, subia à mão.

O percurso era bom, as descidas muito boas e as subidas óptimas. As pernas é que eram fracas. Não as minhas!

Após o merecido lanche veio a melhor parte do percurso. Fica na minha memória aquela passagem no carreirinho junto ao riacho, perto da Texugueira. Uma maravilha!

Subimos em direcção à Bidoeira de Baixo e demos connosco à saída da missa. Mais uma das imagens de infância, em que me recordo que após a missa, os bidoeirenses aproveitavam para uma pequena conversa com os vizinhos, sobre os temas que preocupavam a população. Parece-me que ainda se mantém esse hábito.

Finalmente,  e para os que ainda tinham força surgiu mais um troço do gasoduto. Valeu a pena percorrê-lo. Mais descidas e subidas por entre uma vegetação densa.

Não posso deixar de referir aqueles reforços positivos inscritos nas placas colocadas ao longo do percurso que extraíam do fundo do desânimo aquele alento que nos fez chegar ao fim. Um toque de bom gosto!

O grupo Trilhos Sem Fim participou em massa. Para eles e em nome da organização fica o agradecimento. Valeu a pena e há quem no Trilhos Sem Fim tenha sugerido voltar a fazer o percurso.  

Parabéns à organização.

Rui

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:46


20 comentários

Sem imagem de perfil

De Ricardo Martins a 03.11.2008 às 15:39

...Bom, a lama que não entrou no passeio sem duvida que com a lavagem à pressão já não teve dififculdade

Foi mais um passeio divertido com o grupo!
Acabei por estrear a bicicleta num "colchão" de erva macia. Mas vi que alguns adoram tanto a natureza que se abraçam aos pinheiros

Tenho de agradecer ao Sergio (El GPS) e ao Paiva pelo "reboque" que me deram quando já estava a custar subir


RM
Sem imagem de perfil

De Rui a 03.11.2008 às 16:03

Adorei o passeio. Penso que o mesmo aconteceu com outros elementos do grupo.
Proponho que se faça um novo passeio, mas agora à nossa maneira.
Sem imagem de perfil

De Artur Fernandes a 03.11.2008 às 21:34

Poderam perguntar, como chegou tão cedo?
Eu respondo e para que não fiquem com duvidas
aconselho-os a ver o pequeno filme e ai comprenderam
o motivo pelo qual tive que encurtar um pouco o caminho.
Quando alguem sofre um pequeno acidente de percurso
tem que haver sempre alguem que nessa hora fatidica esteja por perto para poder dar um certo animo e moral
de forma a que quem teve a inflicidade de tal abraçamento não se sinta moralmente debilitado.
Por tal motivo a minha chegada extemporânia num passeio
de grande beleza,e bem delineado.
Os meus parabens
Sem imagem de perfil

De Luis a 03.11.2008 às 23:20

Maravilhoso, devemos fazer chegar á organização um grande agradecimento por este belo passeio, teve de tudo um pouco, foi duro mas muito bom. Parabéns.
Quando é o próximo, sei que já está prometido.
Sem imagem de perfil

De Manuel Cardoso a 04.11.2008 às 11:58

Bom dia! Caro bttista ", já tive oportunidade de elogiar a sua capacidade narrativa. Ficou uma vez mais demonstrada essa capacidade, com a excelente descrição que faz sobre a prova de ontem (2.11.2008). Como observador e sempre interessado em todas as actividades desportivas (mesmo as de lazer), devo referir que me agrada não só a forma como se refere ao seu passado de criança e jovem adolescente, mas também à terra natal e sítios próximos, onde aconteceram experiências muito ricas que nunca hão-de esquecer. Nesse aspecto, é fantástico regressar ao passado. Concorda ?
Bem, agora não fique surpreendido: vou afirmar que participei indirectamente na prova...,porquê? Como sabe, utilizo a estrada municipal Barracão - Guia, com alguma frequência, em particular aos domingos. Tal sucedeu também no domingo, dia 2, e tive ordem de parar o automóvel cerca das 12h15 (o que fiz com todo o prazer) para permitir a passagem em segurança de vários atletas e continuarem a demonstrar a garra e tenacidade que os caracteriza, através dos trilhos ali próximos. Confirma ? Força, continuem...
Abraço,
MC
Sem imagem de perfil

De Rui a 04.11.2008 às 12:00

Obrigado pelo comentário!
Há coisa que nos marcam definitivamente e os locais onde passámos bons momentos são um bom exemplo.
Fica o convite para que um dia se junte ao Grupo Trilhos Sem Fim, mas a pedalar.
Um abraço
Sem imagem de perfil

De Sérgio ferreira a 04.11.2008 às 19:39

Sem sombra de duvida que o passeio foi excelente ,mas também um pouco duro. organização os meus parabéns foram impecáveis bons trilhos alguns preparados inclusive por eles, bem assinalados apesar que numa bela descida entusiasmei-me e fui em frente ,é claro perdi-me e voltei para traz ainda um bom bocado m, mas já estou habituado. Quero voltar com o grupo a fazer o mesmo percurso ao nosso ritmo . Ricardo Obrigado mas servimos de reboque um ao outro . Sérgio
Sem imagem de perfil

De Rui a 04.11.2008 às 22:17

Olha para ele! Entusiasmou-se?
Ia era a conversar tanto que nem viu a seta azul.
Sem imagem de perfil

De carlos mota a 04.11.2008 às 23:24

olá pessoal
Confirmo que estava emocionadissimo com a forma como decorria o passeio e maravilhado com a natureza que me rodeava que não resisti a dar um abraço ao simpático pinheiro.Tal gesto teve como consequencia o imediato convite para presidente do partido- os verdes- e um telefonema do socrates a dizer que ia receber uma medalha no 10 de junho.
Obrigado Artur pela rápida assistencia e companhia até à meta.
PS--Os berlindes já recuperaram.
Sem imagem de perfil

De Rui a 05.11.2008 às 22:00

Já percebi que és amante da natureza.
Os berlindes ficaram com algum risco?
Até Domingo às 9:30
Sem imagem de perfil

De Carlos Mota a 06.11.2008 às 20:08

Os berlindes já estão como novos.Domingo não posso ir, vou ao Porto,se precisares que leve alguma coisa para a Raquel diz-me.Apoio nova ida à Bidoeira pelo nosso grupo"não estou com saudades do pinheiro", mas o Artur deixou umas placas por fotografar e o Sergio deve querer mostrar-nos sítios que só ele viu.
Sem imagem de perfil

De toni sismeiro a 06.11.2008 às 23:56

Domingo 9-11-2008

Tive a falar com Valter para iremos à Mourã, caso não tenho nada planeado. O que acham?

Abraço
Sem imagem de perfil

De Sérgio ferreira a 05.11.2008 às 22:26

Por acaso desta vez ia sozinho .
não vi mesmo a seta azul ,senão quando tive que subir tudo até ao sitio.

Sem imagem de perfil

De Sérgio ferreira a 05.11.2008 às 22:27

com Isto tudo ainda vamos ter elementos dos trilhos sem fim a fazer campeonatos de berlim !!!!!!!!
Sem imagem de perfil

De GIL MOREIRA a 07.11.2008 às 00:17

Em nome da organização BTT Bidoeira 2008,agradecemos a vossa participação! ficamos com a sensação de dever cumprido após a análise de todos os comentários! afinal todo aquele trabalho valeu bem a pena!... o nosso muito obrigado.(até breve)
Sem imagem de perfil

De Rui a 07.11.2008 às 14:53

Não são necessários agradecimentos.
Organiza outro passeio e nós lá estaremos.
Sem imagem de perfil

De GIL MOREIRA a 07.11.2008 às 00:31

fotos BTT Bidoeira 2008 em www.estudiosmoncurte.com

Comentar post


Pág. 1/2



Sobre nós

Neste blog um grupo de amigos irão falar das suas vivências tendo como fundo uns passeios de bicicleta. À conquista da natureza, ganhando saúde.

MEO Kanal


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D


Visitantes = 160.000 + ...


Os meus visitantes