Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Nascente do Rio Lis em 20 de Abril de 2008

por Trilhos Sem Fim, em 20.04.08
Logo pela manhã, os mais corajosos do grupo reuniram-se no local previamente combinado. Sabíamos que a maioria não iria aparecer deixando-se amedrontar pela ameaça da meteorologia. De facto, a manhã acordou envergonhada por um céu cinzento que ameaçava chuva a qualquer momento. Após alguma indecisão traçámos o percurso que nos iria levar às Fontes, nascente do Rio Lis.
Subimos pela Curvachia, de cuja mata nunca me canso, descemos pela ladeira do Calvário e voltámos a subir até à povoação Pé da Serra.
Daí foi possível ter uma vista panorâmica fantástica. De um lado a Serra e a sua encosta íngreme e rude, do outro os campos férteis da Abadia e Cortes. Lá bem no fundo corria o Rio Lis.
Descemos freneticamente a encosta, por um trilho crivado de pedra solta. Os jovens do grupo, mais rápidos nem tiveram tempo de apreciar a beleza do trilho. O pessoal mais experiente na idade lá foi montanha abaixo, escolhendo as pedras que não devia pisar. Sob uma chuva intensa e fria chegámos às Fontes.
Mais lentamente, para apreciar a natureza, após uma curva à direita, surgiu a nascente. Lá estavam elas, as exsurgências temporárias do Rio Lis. Um belo espectáculo só possível de ser observado nos Invernos chuvosos. Este ano apenas nesta Primavera de chuva farta em Abril.
Depois de passar pelas Cortes, pelo centro de Leiria e o pinhal de Leiria, o rio vai-se perder nas ondas do mar de Vieira, percorrendo cerca de 40 km. Corre para Norte em grande parte do seu percurso e tem um declive médio de 9,6%.
De reter neste passeio fica a beleza da nascente do Lis e a fúria das águas a precipitarem-se leito abaixo.
Rui

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:39

Roubaram a Cannondale Rush

por Trilhos Sem Fim, em 19.04.08

O Sérgio num golpe máximo de infelicidade ficou sem a Cannondale Rush .

Uma máquina que custou ao Sérgio e aos amigos dias e noites até à escolha final, foi selvaticamente roubada.

Quando se preparava para terminar os upgrad's finais para que ficasse única desapareceu.

Só nos resta ficar atentos e assim que virmos um sinal  suspeito comunicarmos à Policia.

Podem ficar com a bike , mas irão ficar sem descanço, eternamente .

Rui

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:11

Proposta para Domingo dia 20 de Abril de 2008

por Trilhos Sem Fim, em 16.04.08

Chegou finalmente o dia em que se torna difícil fazer um post . Provavelmente vamos ter que separar o grupo. O próximo Domingo dia 20/4/2008 oferece um número considerável de opções em termos de BTT. Sei que alguns de nós têm compromissos profissionais que os obriga a participar em determinado passeio, outros têm compromissos relacionados com a amizade que não lhe permite uma escolha totalmente livre. Quanto a mim vou aceitar a proposta do amigo Sérgio . No próximo Domingo vou participar na II ROTA DO NINHO - OURÉM. Mas porque gostava que se mantivesse alguma ligação entre os elementos do grupo Trilhos Sem Fim vou apresentar duas proposta para o dia 20/4/2008:

  1. II ROTA DO NINHO: quem pretender participar deve estar às 8H20M junto ao Restaurante D. Camarão em São Romão com carro para transporta a bike ;
  2. Para aqueles que por qualquer motivo não podem ir ao Ninho, sugiro encontro no Parque Radical de São Romão, junto à DGV às 9H00M. Na hora decidem o percurso. Podem sempre repetir a Rota da Lama.

Desejo a todos um optimo Domingo e peço um pequeno comentário ao passeio que escolherem, para enriquecer o nosso blog.

Rui

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:04

Curvachia 13 de Abril de 2008: a Rota da Lama

por Trilhos Sem Fim, em 13.04.08
São 9 horas de uma manhã cinzenta com as nuvens a prometerem chuva abundante. A cidade já fervilha com os preparativos de mais uma jornada dedicada ao desporto. Junto ao parque radical de São Romão trocam-se palavras de ocasião, recorda-se o passeio anterior e projecta-se já a viajem da próxima semana, aguardando pela chegada de alguns retardatários do grupo Trilhos Sem Fim. Um grupo de cidadãos partilha o mesmo espaço e reúne-se para visitar as obras do Polis, tendo como anfitriã a presidente da Junta de Freguesia de Leiria.
Finalmente o grupo está completo e mais valioso. A ele se juntaram novos elementos, um dos quais já nosso conhecido aquando da visita a Agodim, o Mathieu.
Entrámos no frondoso bosque, a Curvachia, e logo a subida nos recorda que é necessário mais exercício físico associado a uma alimentação saudável. Os quilos a mais têm que desaparecer.
Com persistência e abnegação vencemos a subida, chegamos ao campo de futebol de Famalicão das Cortes e logo nos precipitámos na descida do Calvário. Cada um já sabia o seu lugar na grelha de descida. Os mais rápidos já iam monte abaixo, enquanto outros escolhiam o melhor lugar para, suavemente e em segurança, cumprir o mesmo objectivo, descer sem acidentes.
Hoje descemos e subimos, parámos e conversámos, comemos o nosso reforço em contacto com a natureza, mas aquilo que mais nos marcou foi a oportunidade única de tomarmos um banho integral de lama, lama muito bem amassada, vermelha, que se colava ao corpo e às máquinas.
Esta lama não era uma lama reles que quase nos destruiu o passeio. Não, esta lama chama-se argila. A argila é provavelmente o mais milagroso dos produtos usados para tratamentos desde tempos remotos. Já Hipócrates, Galeno e Avicena a usavam com resultados surpreendentes. Gandhi recorria à argila e por isso conseguiu suportar todos os maus trata dos do ingleses (esta última é invenção minha). A acreditar em noticias muito recentes, parece que a Ministra da Educação quando vai para as reuniões com os sindicatos, também faz máscara de argila.
Está para ser descoberta a doença que não possa melhorar através de um tratamento com argila. Os iões negativos da argila têm a capacidade de atrair e absorver toxinas provenientes dos iões positivos, reduzindo os níveis de toxicidade e produzindo efeitos antissépticos e cicatrizantes.
Perceberam agora a importância deste passeio, a rota da lama, ou melhor, a rota da argila? Da próxima vez não se queixem. Deviam ter saído das bicicletas e mergulhar profundamente na argila, só assim os vossos miseráveis corpos poderiam ter sido tratados. Reclamaram? Então perderam mais uma oportunidade de ficarem saudáveis.
Pensem na próxima semana e que venham as sugestões.
Está bem, estão desculpados por não terem aproveitado a Rota da Argila.
Rui

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:06

No domingo, dia 13 de Abril de 2008, iremos fazer um percurso já nosso conhecido.

Após uma exaustiva reunião de trabalho com alguns elementos do grupo ficou decidido, por unanimidade que o percurso que nos leva ao campo de futebol de Famalicão, descida da Curvachia com passagem pelo gancho apertado à esquerda, seria uma óptima solução.

É claro que o percurso não se esgota no pequeno flash que acabei de introduzir. Haverá um carreirito a descer, perto dos Cardosos , mas o restante é surpresa.

Podem confirmar os almoços em família por volta das 13H30M .

 

Reunião às 9H20M  junto à Direcção Geral de Viação de S. Romão, onde podem deixar as viaturas. Situa-se junto ao parque radical, com entrada nos semáforos da Av. N. Sra. de Fátima.

Um resto de semana cheio de trabalho.

Rui

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:33



Sobre nós

Neste blog um grupo de amigos irão falar das suas vivências tendo como fundo uns passeios de bicicleta. À conquista da natureza, ganhando saúde.

MEO Kanal



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D


Visitantes

Site Meter

Os meus visitantes