Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Lapedo - O grupo Trilhos Sem Fim esteve lá

por Trilhos Sem Fim, em 10.05.09

Começou um domingo cinzento, com a ameaça de uma forte chuvada, mas a vontade de passar uma horas no seio da natureza, em cima de uma bicicleta, deu-nos ainda mais motivação. Decidimos passar pelo Lapedo. 

Saímos do Parque Radical à hora combinada. Dirigimo-nos à Curvachia, subimos a encosta e fomos vencendo cada dificuldade. Deparámo-nos com o caminho que dá acesso à casa de madeira. Vencida a hesitação, a maioria decidiu que devíamos testar a capacidade de subir um grande declive, com dificuldade agravada pelo calhau rolante. Um após outro e chegámos ao topo. Conversa e mais conversa, a constante da viagem.

Finalmente, descemos, voltámos a descer e  nisto chegámos à Martinela. Após a ingestão do apetitoso reforço alimentar, mesmo com a falta daquelas bolachas..., precipitámo-nos encosta abaixo até ao "trilho das canas". Feito aquele gancho à esquerda, depois foi só descer.

Mais algumas palavras trocadas e eis que surge a "subida rainha". Aquela subida pavimentada, de declive muito pronunciado, assumiu-se com o desafio da manhã. Todos tivemos uma agradável surpresa. A maioria do grupo subiu com alguma facilidade e o Dr. Mota esteve nesse grupo. Afinal estamos a ficar com uma excelente forma física. Parabéns ao grupo!

 Apreciámos a paisagem que é possível admirar do miradouro do Souto, sobre Caldelas e Caranguejeira.

Descemos encosta abaixo pelo trilho que cruza a meia encosta e que exigiu grande capacidade de condução para afastar as malditas quedas.

O João fez-nos companhia pela segunda fez, e só numa manhã deu quatro, mas não bateu o recorde absoluto. Deve continuar com o grupo.

Mais umas pedaladas e chegámos ao Lapedo, vale que se tornou famoso pela descoberta daquele a que chamaram o "Menino do Lapedo".

Menino do Lapedo foi a denominação dada ao fóssil de uma criança encontrada em 1998 na região do Vale do Lapedo. Essa criança terá vivido há cerca de 24.500 anos e é provável que tenha nascido do cruzamento de um

Homo neanderthalensis com um Homo sapiens, o que revelaria que espécies diferentes de humanóides podem gerar descendentes.

No Vale do Lapedo foi criado o Centro de Interpretação Abrigo do Lagar Velho, que visitaremos num futuro próximo.

No próximo Domingo vai haver um novo passeio. Até lá!

Rui

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:24

Pedalar ao domingo - 10/5/2009

por Trilhos Sem Fim, em 07.05.09

Finalmente vem aí um domingo, 10/5/2009, que nos dará a possibilidade de pedalar e conversar ... muito!

Saída às 9H30M (alguém trabalha e só sai às 9) do Parque Radical de São Romão junto ao IMTT.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 06:22

A experiência da "Maratona de Portalegre", rainha das maratonas, começou logo no dia 1 de Janeiro. Ai foi o stress da inscrição que teve de ser validada (paga) o mais breve possível, pois o limite é 3000 participantes pagos. Há sempre o risco de chegarmos tarde ou de ficarmos de fora se o pagamento for atrasado. Só para se ter uma ideia, as tais 3000 inscrições esgotaram praticamente em 24horas!
Depois, até ao fim-de-semana da prova, veio a espera do kit (dorsal, Jersey e luvas). Também neste caso houve stress, porque os kits vieram para uma loja de bicicletas nossa conhecida e coincidio com a mudança de instalações. Conclusão: os kits andaram alguma semanas a "passear" pelo país.
Por fim chegou o tal fim-de-semana. À semelhança do ano passado, decidimos ir no dia anterior e passar a noite no parque destinado às tendas de campismo.
Primeira aventura: montagem de uma tenda tipo T3, que ninguém sabia montar nem havia qualquer indicação (manual, papel, etc.). Com algum engenho e algumas peripécias conseguimos instalar o nosso "palácio".
Depois fomos jantar. Tal como no ano passado, fomos a um restaurante no bairro ali do lado (Assentos) e degustamos algum do melhor que o Alentejo pode oferecer. Eu mandei-me de cabeça a um Naco de Carne de Boi Alentejano grelhado na pedra e com o bom vinho da casa. O Grazina e o Adriano escolheram bifes de novilho Alentejano (e a respectiva coca-cola para o Graza). Por mim recomendo e vou repetir!
A noite foi bastante calma, sem grandes ruídos, mas às 05:30 começaram as pregões do costume... Aquela malta faz fila na porta do Km zero, antes das 7:00, para conseguir um lugar mais à frente possível, na partida. É uma loucura! Nós entramos pelas 8:00 e mesmo assim já tinhamos cerca de 500 pessoas à frente.
A prova deste ano foi, na minha opinião, mais exigente tanto fisica como tecnicamente. A abrir o "cardápio" começamos por uma subida de 14km à Serra de S. Mamede - talvez para dispersar os 3300 participantes. Depois vieram algumas subidas e descidas pela parque natural. Em seguida, uma subida até às antenas que puseram à prova toda a resistência do meu corpo. Por fim, descidas e mais descidas em terreno com cascalho a pedir alguma técnica na passagem.

Enfim, magnifico... Uma cidade parada (IP2 fechada) para o BTT, organização soberba, marcações excelentes, bons abastecimentos, apoio logistico espetacular (desde GNR, PSP, Cruz Vermelha, Assistência heli-transportada), e um bom almoço!
Para o ano, espero participar e só desejo ter mais colegas do grupo para partilhar uma das melhores (senão a melhor) prova do BTT, a nível nacional.
Fico por aqui com alguns números:
    Nº de inscritos: cerca de 3300
    Nº de inscritos que chegaram ao fim : 2775 (-525)
    Nº de acidentados: 13 ligeiros e 1 grave

    Posição do Carlos Grazina: 847º - 4:27:17 (melhorou na posição e no tempo, relativamente ao ano passado)
    Posição do Adriano Fernandes : 1202º - 4:56:57 (idem)
    Minha posição : 1203º - 4:57:06 (idem)
Alguns Sites:
http://www.flickr.com/photos/24690780@N02/sets/72157617638364966/
http://www.forumbtt.net/index.php/topic,57107.0.html
http://www.asespedal.net/PortalegreBTTSportzone2009/index.php
Fiquem bem e até à próxima,
Carlos Máximo

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:46

Passeio na Curvachia no dia 3 de Maio de 2009

por Trilhos Sem Fim, em 03.05.09

Foi com alguma nostalgia que regressei ao grupo Trilhos Sem Fim, após 3 semanas de ausência por compromissos em outros projectos.

À hora combinada e após chegada do último companheiro, decidimos visitar o trilho da Maceirinha. Subimos rumo à Cruz D'Áreia, mas quando demos por nós, já estávamos na estrada das Cortes. Enganámo-nos!

O tempo foi passando enquanto se fez o reagrupamento. Por receio que o tempo ficasse escasso, alterámos o objectivo e decidimos visitar o bosque da Curvachia. Consenso geral e lá fomos nós.

Subimos a Curvachia pelo sitio habitual, saímos da mata e entrámos no campo de futebol. Descemos pelo trilho do Calvário, com cuidados redobrados, porque o piso estava muito irregular e conheço alguém que lá "esfolou" os joelhos.

Porque alguém ofereceu o café, fomos estrada fora até ao Soutocico. Saboreámos o reforço alimentar e contemplámos a máquina de café, que até estava bem quentinha. Pelo aspecto, a máquina até deveria "tirar" um bom café. Afinal não havia café, estava fechadinho dentro de casa, o maroto!

O desvio do café saldou-se, e bem, por umas subidas e descidas na calçada de acesso ao quintal. Um bom desafio. Caro amigo, não te livras de nos servir um bom café da próxima vez!

Rapidamente, dirigimo-nos novamente à Curvachia. Iniciámos a descida junto do velho aviário. Que descida empolgante. Um inicio em pedra rolante, depois as curvas, os ganchos, a pedra solta e a vegetação a roçar-nos, levemente, o corpo e por vezes uma silva ou outra a marcar as mãos. Maravilha!!!

Passámos a ribeira, rolámos junto áquela magnifica escarpa e decidimos subir até à Touria, pelo caminho rural que passa atrás da britadeira. 

Decidimos terminar o percurso passando por aquele trilho que desce da parte alta dos Pousos para S. Romão, junto aos reservatórios de água de S. Romão. Um trilho do qual conhecemos todos os truques, mas aqueles dois degraus continuam a ser "Adamastores" para alguns. Iremos conseguir ultrapassá-lo! Um dia ...

Eis que faltou alguém, ficou para trás! Como é que se consegue gastar os calços de travões se estivemos sempre a subir?  

No próximo Domingo haverá mais um trilho ou outro. Não acabam. Até lá!

Rui

Desta vez não tivemos repórter. Inventámos qualquer coisa. Nota-se!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:32

Comemorámos o 1 de Maio de 2009!

por Trilhos Sem Fim, em 01.05.09

Hoje o grupo Trilhos Sem Fim encarnou, verdadeiramente, o espírito das comemorações do 1º de Maio. Espontaneamente e sem nada o fazer prever (com os contactozitos de alguém), juntou-se um grupo de algumas centenas de trabalhadores dos trilhos (eram 3) e percorreram calmamente (fizemos o percurso em menos 1 hora que o habitual) as ruas da cidade a reivindicar os seus direitos (pedalamos tanto que nem abrimos  a boca).

Deixemo-nos de brincadeira. O 1º de Maio é um assunto sério. Graças à luta de muitos trabalhadores e sindicalistas tivemos até 2009, uma jornada de trabalho de 8 horas, até que veio o Sócrates e temos as horas que conseguirmos fazer.

Em 1886 realizou-se em Chicago uma manifestação de trabalhadores, para exigirem a jornada de 8 horas. Em Maio do mesmo ano a luta entre manifestantes e policia originou mortos de ambos os lados, mas foi o inicio daquilo que viria a garantir a jornada de 8 horas.

Em Portugal as comemorações do 1º de Maio só tiveram lugar após 1974, já que antes estavam proibidas pelo Estado.

Hoje comemorámos o 1º de Maio, tal como o fizemos no último ano. Percorremos a Rota dos Odores, com passagem pelo parque de merendas dos Machados e regresso por Santa Eufêmia. Foi óptimo para esticar as pernas.

Um manifestante usou a camisola oficial do Trilhos Sem fim. Vejam!

Domingo haverá nova aventura. Até lá!

Rui

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:54

Pág. 2/2



Sobre nós

Neste blog um grupo de amigos irão falar das suas vivências tendo como fundo uns passeios de bicicleta. À conquista da natureza, ganhando saúde.

MEO Kanal



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D


Visitantes

Site Meter

Os meus visitantes