Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




As exsurgências temporárias do Rio Lis

por Trilhos Sem Fim, em 28.12.09

Este final de ano chuvoso proporcionou mais uma vez um belo acontecimento natural na nascente do Rio Lis.

Ao chegar ao lugar de Fontes, o forte caudal do rio fazia adivinhar a presença desse acontecimento que se repete ciclicamente em cada Inverno, quando as condições de pluviosidadde o permi-tem. Lentamente, para apreciar a natureza, fui caminhando em direcçao à nascente, num ritmo calmo de quem aproveita os últimos dias de descanço. Após uma curva à direita, surgiu a nascente. Lá estavam elas, as exsurgências temporárias do Rio Lis. Um belo espectáculo sem dúvida! 

A bela, mas brutal, torrente de água brota, mesmo ali, sob os pés. Alguns minutos, em silêncio, a apreciar esse espectáculo verdadeiramente belo com a convicção de que aquela forte corrente alivia o stress acumulado no final deste ano de trabalho.

Visite as Fontes (Cortes - Leiria) e não perca esta beleza natural.

Rui

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 23:57

Trilhos Sem Fim, o grupo BTT foi à Maceira

por Trilhos Sem Fim, em 27.12.09

Neste último Domingo do ano, o frio e a ameaça de chuva, não foram suficientemente intensos para desmobilizar o grupo BTT "Trilhos Sem Fim".

Agora sem EL GPS, o grupo foi orientado por outros trilheiros que fizeram questão de mostrar com se orienta um grupo de 12 bttistas, sem a menor hesitação!

Em uma ou outra ocasião o antigo cicerone em fase de renovação, El GPS, ainda lançou uns palpites destabilizadores, mas perante a firmeza das directrizes emanadas pela equipa de orientação lá se deixou levar.

Subimos da Guimarota até ao Quartel e logo tivemos o primeiro e único incidente mecânico. Foi tempo de pausa para alguns recordarem os tempos da juventude passados na "tropa", precisamente naquele quartel. As tropelias de alguns, os castigos de outros, o saltar a rede de segurança, as camas à espanhola, mas sobretudo a recordação da irreverência da nossa juventude.

Em direcção à Mourã ainda conseguimos descobrir um pequeno trilho novo. Sempre em ritmo de passeio, com muita conversa pelo meio, subimos os trilhos enlameados dos Parceiros e quando dei por mim, já estava parado num pequeno café da Maceira para tomar o reforço e degustar o chocolate do Rui L. As raparigas, duas desta vez, estiveram sempre com um bom ritmo, quer no pedal, quer na conversa, o que é digno de louvar, porque se se deixassem influenciar pelo rapazes, estariam sempre na conversa! (eu escrevi rapazes, dá ares de mais novo, não é?). Pois!

Finalmente chegámos aos carreiritos do bosque de carvalho na Maceira. Serpenteámos pela mata, descemos e subimos. Até saltámos aquele pequeno, mas muito difícil, degrau. O Cláudio ia saltando, mas como tem responsabilidades lá em casa, jogou pela segurança. Ainda se lembra do ataque ao solo lá para os lados das Cortes e isso protege muito o corpo.

Já satisfeitos resolvemos regressar, mas aproveitando todas as descidas, sobretudo aquelas em novos trilhos.

Terminámos mais um ano de BTT sem acidentes É isso que desejo para o próximo, acompanhado de muita diversão, em segurança.

Até ao próximo ano, ... até domingo!

Rui 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:50

Passeio de Natal: Trilhos Sem Fim na Serra

por Trilhos Sem Fim, em 20.12.09

Neste último domingo de Outono, um dos dias mais frios do ano, o grupo reuniu-se pontualmente às 9 horas no sitio habitual, com uma pequena excepção. Depois da indecisão habitual decidimos avançar. O frio rigoroso tolhia os movimentos, mas ainda assim os conversadores habituais não se calavam. É tradição!

Não podíamos deixar de visitar o bosque da Curvachia. Cada poça, que encontrávamos nos trilhos traçados no vale, estava coberta por uma grossa camada de gelo. Lembrei-me dos meus tempos de infância em que pisava cada placa de gelo no caminho para a escola.

As orelha e o nariz enregelado não impediram, que após a descida do Calvário, tenhamos decidido ir visitar a Serra, passando pela Maunça.

Pedalando agora, falando depois, chegámos ao Vale Maninho. Era o sítio indicado e a hora certa para o reforço alimentar. Eis que surgem dois bolos-reis e o respectivo vinho do Porto para acompanhar. Uma delicia!

Deliciamo-nos com as soborosas fatias e com o delicioso néctar do Porto, que nos aqueceu a alma, ganhando coragem para seguir rumo ao monte.

Já bem no alto, com os ventos fortes a fustigarem-nos o íntimo mais profundo da alma, evitámos o pico e fomos descobrir novos trilhos. Depois de uma breve hesitação do fiável e rigoroso GPS conseguimos descobrir o melhor carreirito.

Passada a fábrica Omya enveredamos por um carreiro construído propositadamente para ser por nós descido e para que todo o grupo, mais uma vez, pudesse venerar EL GPS, o conhecedor de todos os trilhos (os verdadeiros e os falsos).

Do perdão ao GPS passámos à fase de idolatração, quando nos levou a descer pelo carreiro que corta a mata desde a Torre à Reixida.

Depois de uma breve conversa junto à nascente do Lis, regressámos com a satisfação de termos passado uma manhã bem divertida.

Desejo-vos um Santo e Feliz Natal.

Até Domingo.

Rui 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:28

Passámos nos Andrinos e fomos aos Cardosos

por Trilhos Sem Fim, em 13.12.09

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:30

Pedalar nos Feriados

por Trilhos Sem Fim, em 08.12.09

Hoje, 3ª feira, feriado nacional, foi um óptimo dia para passeios BTT. Com muita calma percorremos alguns dos nossos trilhos favoritos.

A companhia foi óptima, o percurso muito bom e o tempo impecável.

Mais um óptimo passeio.

Até Domingo.

Rui

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:01

Pág. 1/2



Sobre nós

Neste blog um grupo de amigos irão falar das suas vivências tendo como fundo uns passeios de bicicleta. À conquista da natureza, ganhando saúde.

MEO Kanal


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D


Visitantes = 160.000 +...