Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Visita ao Leão: à procura de descidas! 29AGO2010

por Trilhos Sem Fim, em 27.08.10

Neste Domingo, 29 de Agosto, subimos muito, na esperança que surjissem algumas descidas! Fomos até ao Leão, perto de Colmeias.

Subidas e descidas foram uma constante!

Afinal ainda há trilheiros de férias. Calma!

Rui

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:51

Lembram-se daquela exibição do Leonel Messi em Inglaterra que mereceu o seguinte comentário do Sir Ferg - é um jogador de Playstation. Pois, hoje no dia da graça das festas da Bidoeira de Cima, tivemos um ciclista de consola, sendo necessário publicitar essa proeza de forma semelhante ao miúdo argentino - o RUI G FEZ UMA DEMONSTRAÇÃO DE TÉCNICA CICLÍSTICA , DESTREZA, FORÇA e BELEZA NA ABORDAGEM DE CADA PORMENOR DA ROTA DOS ODORES QUE DEVERIA FICAR NOS ANAIS DA HISTÓRIA, NA PROPORÇÃO INVERSA AO 2º GOLO DO NACIONAL - tenho dito!!!

Esta coisa de reconhecer o mérito aos amigos também fica bem. O resto foi boa convivência e MAIS UMA VEZ FOMOS RECEBIDOS pelo Rui L, que anda na balda, e a sua simpática ESPOSA, de uma forma tão acolhedora que faz-nos ficar com a certeza de no próximo ano voltar-mos a ir às festas da Bidoeira de Cima.

Mota

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:20

Tempo que se permanece sentado associado a risco de morte

A crescente epidemia do excesso de peso e da obesidade tem sido atribuída, em parte, à redução da prática de exercício físico. Vários estudos têm indicado que existe uma associação entre o tempo que as pessoas permanecem sentadas e o risco de desenvolverem obesidade, diabetes tipo 2 e doenças cardiovasculares. Contudo, poucos foram aqueles que avaliaram o efeito do tempo que se permanece sentado na mortalidade.

Para estudarem esta associação, os investigadores da American Cancer Society contaram com a participação de 123.216 indivíduos sem história anterior de cancro, enfarte agudo do miocárdio, acidente vascular cerebral e doenças pulmonares.

Após terem analisado o tempo que os participantes permaneceram sentados e a sua actividade física, entre 1993 e 2006, os investigadores verificaram que o risco de morte era proporcional ao tempo que os participantes permaneciam sentados. Isto foi especialmente notório no caso das mulheres. As mulheres e os homens que passavam mais de 6 horas por dia sentados tinham, respectivamente, um risco 37% e 18% maior de morrerem durante o período de acompanhamento do que aquelas que permaneciam menos de 3 horas sentadas. Os investigadores constataram que esta associação se manteve praticamente inalterada após terem tido em conta o nível de actividade física dos participantes.

Contudo, quando combinaram a falta da prática de exercício físico, esta associação ficou ainda mais evidente. Os investigadores constataram que as mulheres e os homens que passavam mais tempo sentados e que praticavam menos exercício tinham, respectivamente, um risco 94% e 48% maior de morrerem do que aqueles que passavam menos tempo sentados e eram mais activos.(Não faltem às convocatórias para os passeios de bike).

Em comunicado de imprensa, os autores revelam que “existem vários factores que podem explicar a associação entre o tempo gasto sentado e uma maior taxa de mortalidade. Tem sido demonstrado que longos períodos de tempo têm importantes consequências metabólicas e que podem influenciar, nomeadamente, os níveis de triglicerídeos, lipoproteína de alta densidade, colesterol, glicemia de jejum e a pressão arterial em repouso, que são marcadores de obesidade, doenças cardiovasculares e outras doenças crónicas. "

Assim, os autores do estudo concluem que as mensagens de saúde pública deveriam tanto promover a actividade física como a redução do tempo que as pessoas permanecem sentadas.

09/08/10,01:03, Estudo publicado no “American Journal of Epidemiology”

 

Nota: Não precisam de agradecer quando organizamos os passeios de fim de semana. Estamos a ajudar que fiquem mais saudáveis.

 Rui

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:44

Mais uma manhã de domingo com partida no PR, e depois de uma breve troca de ideias, sobre o trilho a seguir, resolvemos ir até Alcanadas, … aqueles trilhos pela sombra dos sobreiros,… enfim saímos já a pensar no calor que aí vinha, sem grandes desvios fomos directos aos Andreus, onde parámos para o Mota abastecer, aquele sistema de refrigeração,…estava com falta de água e entre muita conversa e pedaladas, características predominantes dos elementos deste grupo, rapidamente pedalámos num ritmo acelerado, …para entrar na estrada que vai dar ao Alqueidão da Serra, e ao inicio dos trilhos esperados.

Por entre galhos, pedras e coelhos descemos aqueles trilhos um seguido do outro, com um sorriso de quem gosta mesmo disto, visível sempre que fazíamos uma breve pausa para recuperar dos sustos, enfim,…valeu cada pedalada, obviamente que pagámos a conta, logo na subida seguinte, mas como tínhamos ainda o trilho do riacho seco para fazer, qualquer subida valia o esforço. Depois de uma trincas para ganhar força nas pernas, alguns aproveitaram para fazer a revisão ao sistema de refrigeração, e lá seguimos com vontade de chegar mais cedo, não fosse o sol apertar connosco.

Aquele trilho do rio seco que termina com um salto, para os mais aventureiros, vale sempre a pena, até porque se faz com um ritmo de quem conhece cada curva (só para trilheiros experientes) e lá seguimos, em direcção á Torre, para descer por um caminho pelo meio das terras de cultivo, onde se atingem velocidades furiosas, (e alguns quase chegam a ver as couves de perto). Já em direcção á nascente do Lis, alguns aproveitam para comer umas peras ou pêssegos que vão surgindo pelo caminho,… tal é a fome que dá a estes trilheiros, ou será só pelo gozo de roer o fruto da época com que a natureza nos delicia. Fizemos aquela descida até á nascente do Lis, sempre no limite máximo, esperando que não venha ninguém no sentido oposto, claro que a ideia de escorregar naquela gravilha e o perigo eminente de fazer uma aproximação rápida ao solo, faz com que a adrenalina dispare em flecha mas é assim que vivemos também estas manhã, com espírito de aventura e com vontade de voltar no domingo seguinte para fazer mais uns kms e gozar também da companhia deste pessoal que pedala por gosto.

Abraço,

Leonel

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:55

Que agradável estava esta manhã de Domingo...

por Trilhos Sem Fim, em 01.08.10

Olá amigos,
Que agradável estava esta manhã de Domingo,...afinal sempre se juntaram 6 trilheiros no sitio do costume, apesar de nem todos saírem de bicicleta a partir dali, falo claro do nosso estimado repórter que apesar de não ir andar, fez questão de marcar presença e de nos desejar uma boa volta, pessoalmente,...boas férias Artur,.. também tivemos a presença do David, quem eu considero um novo membro, já que veio ao nosso encontro com intenção de nos conhecer melhor, espero que tenhas gostado, apesar de sermos poucos os representantes do grupo, creio que estivemos ao nível esperado,,.. também o Cláudio , o Rui G. e claro está, a Paula, minha, (ok,...nossa), companheira nestas aventuras.
O Sol não apareceu, nem fez falta, penso que todos ali presentes concordaram, e lá fomos até á Barreira, Andreus ,... Alqueidão da Serra,...fazer aquele trilho agradável junto ao riacho, que agora estava um pouco seco, daí seguimos até á Torre, para descer por um caminho de terra até á Maunça (não a subimos claro, senão poderia acabar mal para alguem ), lá seguimos até á Sª do Monte para descer pelas traseiras das inst. do M.O.M ., onde o Cláudio se estriou com um furo (em 2 anos não está mal, não melhores essa media, s.f.f.), e lá descemos a esgalhar no limiar do "voooou ver o chão de perto, mas não, afinal correu bem", para subir em direcção á Curvachia , onde passámos no galinheiro, sempre um prazer,....., para acabar no Vidigal, com a agradável sensação do dever cumprido 40kms +/-, a altimetria não interessa e as calorias gastas foram suficientes,) e de uma manhã bem passada, na companhia de amigos que se juntam para se divertir a fazer desporto. Boas férias a quem está de férias,....
Abraço

Leonel

  

 

 

 

  

  

  

 

 

  

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:35


Sobre nós

Neste blog um grupo de amigos irão falar das suas vivências tendo como fundo uns passeios de bicicleta. À conquista da natureza, ganhando saúde.

MEO Kanal


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D


Visitantes = 160.000 +...