Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Fomos subir ao Reguengo do Fétal

por Trilhos Sem Fim, em 16.05.10

Este Domingo, 16 de Maio de 2010, foi o primeiro dia de sol de que me lembro! Pronto, se não for bem assim, é o que me parece, e como sou eu que escrevo têm que aceitar!

Com um excelente dia de sol, saímos de São Romão decididos a percorrer um trilho junto a um ribeiro, perto de Alqueidão da Serra. Subimos da estrada das Cortes para a Barreira, fomos ao longo da estrada e passámos a Igreja. Os fiéis estavam a dirigir-se ao seu local de culto para as preces dominicais. Os sinos repicavam entoando uma música que nos acompanhou umas centenas de metros.

Descemos encosta abaixo, em direcção ao Rio Seco, mas logo inflectimos à direita e voltámos a subir. Nisto, passámos junto ao Celeiro em direcção ao Alqueidão.

A manhã estava a correr maravilhosamente: muita conversa, pedaladas suaves, poucas subidas. Mas, o Nuno teve a "excelente" ideia de visitar o Reguengo do Fetal e tentar uma das subidas, com o argumento de que a seguir à subida era sempre a descer. Para meu espanto todos aceitaram. Lá fomos!

Passámos um campo agrícola com trilho virtual, ou melhor, passámos por um campo agrícola onde existiu um trilho, que ultrapassámos com grande satisfação. Agora já ficou marcada a nossa passagem e de futuro será sempre mais fácil.

Corrigidos os enganos habituais para aquela hora da manhã, chegámos ao cemitério do Reguengo. Fizemos o reforço alimentar junto da colunata.

A subida era íngreme, mas chegados à pedreira a situação deveria melhorar. Seria sempre a descer. Cada pedalada era mais difícil que a anterior, mas estava quase. Nisto a pedreira! Que alivio!

Afinal o percurso até estava a correr bem, os companheiros vão lá à frente, mas já os apanho, pensou o Luis.

Passámos a pedreira, mas os planos nunca se cumpre. O pior estava para surgir. Aqueles malucos quiseram subir até ao cimo do monte por um caminho que assusta de tão inclinado que é. Não há pernas que aguentem isto, exclamou alguém. Corrijo, quase todos.

Após reunião do grupo no alto da pedreira, junto das eólicas, decidimos descer até Leiria. Isto queria dizer que, grosso modo, ainda tínhamos umas pequenas subidas e muitas descidas. As descidas foram feitas a rir, mas as subidas... Malditas!

Chegados ao Parque Radical de São Romão e já com 40 km percorridos, e na hora da avaliação final, parece-me que fizemos um excelente passeio. Diversão, conversa, descidas e algumas subidas, os ingredientes perfeitos para um domingo cheio de sol!

Uma boa semana de trabalho. Até Domingo às 8:30.

Rui

 

Nota: El GPS portou-se lindamente, está como novo.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:10


4 comentários

Sem imagem de perfil

De 10orientado a 16.05.2010 às 21:07

Santa Catarina da Serra??? Não será Alqueidão da Serra??? Parece-me um bom passeio!! Sempre a descer até cima!!
Sem imagem de perfil

De Rui a 16.05.2010 às 22:58

Tens razão, era mesmo o Alqueidão. Eu é que sou desorientado.
Sem imagem de perfil

De 10orientado a 17.05.2010 às 00:47

Ah, assim faz mais sentido. E lembro-me bem desse dito trilho ao pé do ribeiro. Sobretudo, lembro-me de o ter feito num belo dia (de noite bem escura) em que chovia torrencialmente. Três destemidos (ou malucos) trilheiros embrenharam-se no mato para fazer aquele singletrack pela primeira vez. Muito bom!!
Sem imagem de perfil

De tchivalo-paulo a 20.05.2010 às 10:27

Então e hoje? Alguém alinha num nocturno?

Comentar post



Sobre nós

Neste blog um grupo de amigos irão falar das suas vivências tendo como fundo uns passeios de bicicleta. À conquista da natureza, ganhando saúde.

MEO Kanal


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D


Visitantes = 160.000 + ...


Os meus visitantes