Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Trilhos Sem Fim no Ninho de Águia 20JUN2010

por Trilhos Sem Fim, em 20.06.10

Muito cedo, para um dia de Domingo, já com o sol bem alto a expedição partiu rumo a terras distantes. A caravana organizada em fila indiana acercou-se de Casal de Matos para que mais alguns expedicionistas se pudessem integrar.

Em cima de cada veiculo motorizado ia um outro tipo de veículo, esse sem motor, que iria permitir a exploração, metro após metro, do bosque que circunda o povoado de Ninho de Águia. O grupo de exploradores tem organizado periodicamente, com a colaboração prestimosa de dois indígenas (Edite e Licínio), um levantamento cartográfico exaustivo das zonas por onde passa, no tal Ninho.

Das explorações anterior convém recordar que o nome Ninho de Águia tem origens bem remotas no tempo, quando um menino terá sido resgatado por uma águia. Nesse tempos idos as águias ainda cometiam actos heróicos.

A Capela do Ninho de Águia, que visitaremos numa próxima expedição, foi fundada em 1639. Viria a ser alvo de saque e destruição durante as invasões francesas e posteriormente reabilitada. Hoje não precisamos das invasões francesas para ser saqueados. Ironia da história!

A região mais a nascente do Ninho, local de floresta mais densa, irá ser desta vez o alvo da pesquisa.

O ponto de apoio logístico foi erguido junto ao parque de merendas das Matas. Daí partimos rumo a Noroeste. Por alcatrão, que tentámos sempre evitar, chegámos aos primeiros carreiritos que nos iriam levar ao ponto alfa.

 Estas terras guardam os segredos dos antigos habitantes e remonta, com certeza, ao tempo dos romanos. No entanto as estações pré-históricas de Paiveira, Cabeço de Óbidos e Casais dos Montes poderão levar a que a história do povoado seja reescrita.

O Cabeço de Óbidos, ponto mais alto, a cerca de 370 metros, permite apreciar as cercanias. Diz a história, narrada directamente da memória colectiva dos nativos, que aí esteve para ser construído o castelo de Ourém. Quis o destino que em boa hora tal não acontecesse. Caso contrário não teríamos a possibilidade de subir por terra o íngreme caminho rural, onde muitos dos expedicionistas de hoje suplicaram ajuda divina.

Apreciada a paisagem, alguns do alto da torre de vigia, descemos a encosta íngreme, por carreiros que serpenteiam as árvores e arbustos da densa floresta. A ajuda divina foi invocada, mesmo a descer! Deus meus, tanto trabalho terás para pôr os expedicionistas em forma para que se integrem e desempenhem plenamente o seu papel no grupo!

Já no vale, por lapso, não fomos informados que esse local já foi inundado por mar e que aí é possível encontrar com facilidade fósseis marinhos com milhares de anos!

O tempo urge e o chamamento é cada vez mais intenso. Aproxima-se a hora de regresso. Na ânsia de chegar alguém se atira para os arbustos, pagando com o corpo a ousadia. Outra faz uma aproximação rápida ao solo, que agora estava coberto com um manto espesso de mato. O veículo sem motor usado para a deslocação não sofreu nada. Alivio geral!

Já no ponto de apoio logístico ficou combinado que voltaríamos ao Ninho de Águia, mas dessa vez para andar de bicicleta.

Boa semana!

Rui

 

Nota: Pessoal, o passeio foi fantástico. As descidas e os single-track do melhor que há. A companhia foi excelente, como habitual e a conversa uma constante. Tudo isto deveria ter sido escrito no texto, mas desta vez lapsei-me.

Agradecimentos à Edite e ao Licínio, os nativos desta narração.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:04


24 comentários

Sem imagem de perfil

De Leonel a 20.06.2010 às 21:33

Pessoal, estes trilhos são fantásticos , foi uma volta divertida, deixo aqui os meus agradecimentos pela companhia, sempre agradável , e pelos momentos de adrenalina que rapidamente sobe enquanto se desce abruptamente em direcção ao pinheiro mais próximo. Da próxima vez, faremos a volta completa,...espero que seja para breve

Abraço
Sem imagem de perfil

De RJSoares a 20.06.2010 às 22:05

Desta volta não me vou esquecer tão depressa, nem que seja por causa dos espinhos que não consigo tirar.......:)

Obrigado Edite e Licinio.
Sem imagem de perfil

De Helder Malheiro a 20.06.2010 às 22:16

Que excelentes trilhos percorremos hoje!
Quero voltar para a volta completa.
Obrigado malta e um agradecimento especial à Edite e ao Locomotiva.

Ah...alguém reparou que o Graza hoje estava ainda mais simpático do que é habitual?
Sem imagem de perfil

De Helder Malheiro a 20.06.2010 às 22:19

Ops... locomotiva Licínio...
Estes correctores automáticos dão cabo de mim
Sem imagem de perfil

De Sérgio Ferreira a 20.06.2010 às 22:43

Bem !!!!! em primeiro quero agradecer à Edite E ao Licinio,por nos ter proporcionado uma manhã , muito agradável com um percurso do melhor que Há. Obrigado parabéns ao grupo que hoje se juntou a nós que tem treinado e que provaram que tem valido a pena treinar principalmente á Cristina E a´Clara que estiveram Bem. Grazina tens que puxar os cordões á bolsa e comprar uma BIKE para a Esposa.
Sem imagem de perfil

De Graza a 21.06.2010 às 09:18

Está a ser difícil ….. Não encontro bicicletas de roda 26” com rodinhas …
Sem imagem de perfil

De Rui a 21.06.2010 às 09:35

Parece que isso não é problema. A tua bike serve perfeitamente...
Sem imagem de perfil

De Sérgio Ferreira a 20.06.2010 às 22:46

Artur as fotografias estão excelentes , não sei se é da máquina se do fotografo.
E Sem Duvida do Fotografo
Sem imagem de perfil

De Rui a 20.06.2010 às 23:10

É pá, ninguém gostou da historia ... que pena!

Sem imagem de perfil

De Helder Malheiro a 21.06.2010 às 07:55

A história está excelente, bem ao nível do narrador.
As fotos estão do melhor, bem à moda do reportér.

E quinta há nocturna!

Quem vai?
Saída as 20 no parque radical.
Sem imagem de perfil

De Graza a 21.06.2010 às 09:21

Em principio, esta semana podes contar comigo. Já ando com saudades …

Sem imagem de perfil

De Graza a 21.06.2010 às 09:39

Pelas excelentes imagens, a malta divertiu-se. Tenho pena não ter ido, mas fica para a próxima.

Pelo que vi no filme, quero saber quem empurrou a menina Clarinha ….quero quero !!! Se a bicicleta tiver algum risco, estão feitos comigo !!!

Graza
Sem imagem de perfil

De Edite a 21.06.2010 às 18:38

Quero agradecer aos Trilhos sem fim a manhã divertida que tivemos ontem!! Especialmente às Trilhas e más companhias que se portaram à altura do grupo. Quando quiserem faremos o resto do percurso com uma volta o Rio para refrescar os pézinhos !!

Comentar post


Pág. 1/2



Sobre nós

Neste blog um grupo de amigos irão falar das suas vivências tendo como fundo uns passeios de bicicleta. À conquista da natureza, ganhando saúde.

MEO Kanal



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D


Visitantes

Site Meter

Os meus visitantes