Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Com a mudança de horário de partida para as 8:30 esperava-se uma menor adesão dos trilheiros. Engano! O grupo foi grande, mas mesmo assim temos que melhorar a pontualidade.

Talvez devido ao novo horário o nosso GPS acordou mal disposto e virado ao contrário. Resolveu fazer a subir os trilhos que devem ser feitos a descer. Que atrocidade, diz alguém.

Saídos do Parque Radical dirigimo-nos às Cortes. Depois da subida resolvemos voltar a subir pelo Restaurante Canário e percorrer o alto sobres as Fontes. Uma linda vista.

Descemos até às Fontes, onde encontrámos o companheiro Pedro. Após a troca de palavras habitual resolvemos subir para o monte acima da nascente do Lis, pelos trilhos que havíamos subido nos passeios anteriores. Muita bicicleta à mão e todos os pensamentos nas suaves descidas.

Finalmente descemos até ao caminho que vem do Pé da Serra. Percorremos o caminho no sentido da Maunça, deixando para traz as Fontes. As pedras dificultavam a subida. Uma pedalada atrás da outra e íamos vencendo o declive. Já a meio da encosta tomámos a decisão de seguir por um trilho novo, muito fechado pela vegetação. Com a incerteza de que o caminho teria saída, fomos subindo. As pernas arranhadas pelas silvas não nos desmotivaram. Sobre um tapete verdejante e estimulados pelos aromas do bosque chegamos ao estradão da Maunça. O contentamento era geral. Que belo trilho!

Chegados às antenas da Maunça alguém resolveu fazer GeoCaching. Encontram a Cache.

Maunça abaixo, fizemos  o carreirito que desce até ao caminho empedrado que tinha subidas uma hora antes. Foi bom.

Foi então que decidimos subir para o Pé da Serra. Não contente com o que nos tinha feito subir, El GPS resolveu sugerir a subida para a Senhora do Monte, mas atalhando encosta acima. Com a experiencia que temos já devíamos saber o que nos esperava. As primeiras dezenas de metros até foram estimulantes, mas depois... uffff, bolas, raios e coriscos... malvado GPS. Todos chegámos à Sra. do Monte, uns primeiro que outros, uns mais satisfeitos que outros, mas todos com ego mais elevado. Afinal conseguimos. Uma certeza nós temos. Não vamos voltar a subir aquilo, mas descer... nunca se sabe.

O regresso a Leiria ainda assim não foi pacifico. Os grandes malucos ainda conseguiram fazer um sprint do Canário até ao Parque Radical.

Que rica manhã! Fizemos cerca de 32 Km, com um acumulado de subidas de 987metros!

No próximo Domingo sugiro a participação no passeio das Fontes. Até lá.

Já viram as vezes que escrevi subir!!!

Rui 

 Track GPS: Claudio ; Helder

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 22:11


8 comentários

Sem imagem de perfil

De EL GPS a 08.05.2011 às 23:48

Estou que nem posso .
Pelo cansaço e pelas pragas que levei hoje.
Uma coisa é certa há trilhos que não volto a subir .Mas Mas Mas há lá dois que vamos descer muitas vezes.
Sem imagem de perfil

De Artur Fernandes a 08.05.2011 às 23:58

Concordo mais com mais subidas
Vamos descer aquele que mais custou a subir...

Belo passeio e que boa chegada...
Sem imagem de perfil

De CFQuiaios a 08.05.2011 às 23:59

Ainda bem k adormeci, irra ...livrei-me de morrer antes dos 40...
Abençoada voltinha citadina k fiz com a minha amiga Grazina, k voltou hoje a pedalar depois de tanto tempo de convalescença!!!!
Sem imagem de perfil

De CFQuiaios a 09.05.2011 às 00:04

Ao ler este texto, por breves momentos pensei k se tivesse ido... estaria no programa "Perdidos na Tribo"...povinho chanfrado este....
Sem imagem de perfil

De jj a 09.05.2011 às 15:39

Grande EL GPS (deve treinar ...) sempre com novidades para surpreender
No domingo alguém vai ao passeio da Nascente do Lis?
Sem imagem de perfil

De Rui a 09.05.2011 às 17:19

Estamos a pensar nisso. Depois damos novidades
Sem imagem de perfil

De CFQuiaios a 09.05.2011 às 22:15

Tambem posso ir?
Sem imagem de perfil

De Cláudio Costa a 09.05.2011 às 23:30

Só agora consegui "movimentar-me" até ao computador para poder comentar sobre o nosso penoso passeio de BTT. Repararam que até aquele gajo de Moto4 fez o trilho a descer, de mota e a descer, perceberam todos!!!
Irra, levei um empeno...
Aquelas descidas quando as DESCERMOS hão-de dar gozo.
Fiquem bem, vou continuar a recuperação :-)

Comentar post



Sobre nós

Neste blog um grupo de amigos irão falar das suas vivências tendo como fundo uns passeios de bicicleta. À conquista da natureza, ganhando saúde.

MEO Kanal


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D


Visitantes = 160.000 +...