Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Trilhos Sem Fim - Domingo na Serra e na Pia

por Trilhos Sem Fim, em 27.04.14

Hoje tivemos 1 dia de abril 100 águas 1000.  

Partiram do Parque Radical14 trilheiros porque 13 - dizem os supersticiosos - pode dar azar e a manhã foi solarenga, pacífica e quase sem avarias porque partir 1 corrente quando há 1 elo rápido é banal.

Falou-se de tudo e + alguma coisa com especial destaque para a preparação da deslocação de 1 representação a Estremoz no próximo domingo dia 4 do 5.

Ficamos a saber pela voz do nosso Diretor que há por aí 1s miúdos que acham que os TSF são 1 grupo de cotas que desce vertiginosamente como os miúdos. São novos, não as pensam...

Foi 1 dia, mais 1!, de São Mamede e Pia do Urso com a variante de 1 apimentada parede na zona da Torre rematada com 1 single que passa no olival e desce as Fontes. Chegamos ao PR 1 pouco antes das 13 com 50 kms na horizontal e com 1 diferencial acumulado de 1000 m.

Com 1 limitação de 200 palavras (parece que os artigos definidos e indefinidos, os números  e os símbolos não contam, o que e uma sorte do catano) tenho que ficar por aqui, embora muito mais houvesse para dizer. 40 anos após a instauração de 1 sistema democrático e em tempo de comemorações isto cheira a mordaça...

Quinta é obrigatório comparecer, particularmente para os elementos que vão representar os TSF a Extremoz. Domingo é dia oficial de pedalar a partir do Parque Radical para os restantes.

 Alípio C. Lopes

 

Também em meo Kanal 490904

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:08

O INCONSEGUIMENTO FRUSTRACIONAL DOS TSF

por Trilhos Sem Fim, em 16.02.14

Há menos de um mês falhamos a ida a Pombal e hoje tivemos o inconseguimento frustracional de atingir a Pia do Urso pese embora termos percorrido mais de 50 quilómetros e de, no Alqueidao, termos alterado , não irrevogavelmente, a intenção e o objectivo de lá  irmos pela enesima vez.
Tudo começou quando, as oito e trinta e cinco, hora habitual de saída dos TSF, tocou o telefone de alguém para ficar a saber-se que o Máximo tinha um pneu nos mínimos e precisava de ajuda e de tolerância horária. Vai daí os dezassete que estavam no Parque Radical dirigiram-se para a entrada da sua garagem na zona do Marquês donde só haveriam de sair as nove horas.
Foi aproveitado o tempo para apreciação e análise das três novas bikes: duas de garantia devido a quadros partidos e uma mesmo nova e com tudo o que pode em carbono.
O nosso repórter sacou da câmara fotográfica para enquadrar, por duas vezes, o nosso castelo altaneiro e lembrar aos presentes que, segundo estudo recente, residem na segunda melhor cidade do país para se viver.
Houve quem tivesse ficado estupefacto pelo anúncio sem conseguir perceber muito bem porquê. Alguém adiantou que seria por termos a maior capitacao nacional de um estádio de futebol moderno e, ainda por cima, subaproveitado e em breve a ficar velho e a precisar de cuidados! Que não, disseram outros: seremos os mais activos na prática de desportos out-door, nomeadamente o BTT, caminhadas e corrida! Seremos. E lá fomos atacar as serras, os trilhos e as pedras e valas da nossa região com passagem pela encosta das Cortes que deslizou juntamente com a moradia de uma malograda família. Foi uma manhã fantástica porque, pese embora termos elevado número de gente destemida e que adora chuva, toda a gente parece preferir uma manhã solarenga como a de hoje. E que bela manhã tivemos! Não fora os compromissos familiares de alguns de nós e teríamos mesmo ido a Pia do Urso mas, acredite-se ou não, o Máximo ainda teve mais dois furos!! Afinal, para lá dos furos, somente tivemos a registar uma queda técnica do Cardinhos que não contribuiu, de forma alguma, para o nosso inconseguimento frustracional de hoje.
Houve quem lembrasse o nosso amigo GPS e tivesse admitido que o Máximo insiste em não usar câmaras com gel só para não ter que andar tantos quilómetros aos domingos. Se calhar...
Ao descermos por uma "avenida" que vem das eólicas para as Fontes, com uma sucessão de pedra solta brutal, voltamos a parar para assistirmos a uma acção de socorro do INEM a um praticante de btt que vinha a nossa frente. Teve que ser imobilizado e comentava-se que isso só se devia a precaução. Esperemos sinceramente que sim e que recupere depressa para poder contribuir urgentemente para continuarmos a ser a segunda melhor cidade do país em termos de qualidade de vida (que, como vimos, precisa do btt).
Chegaram quinze ao local da partida porque três zarparam mais cedo. Entre os três que abalaram estava o nosso director que, uma vez mais, consegue não ver acidentes... e assim gozar o merecido domingo em paz. O mesmo não pode dizer o nosso repórter e técnico de pneus que passa o domingo de manhã a trabalhar...
Quinta-feira a noite há mais e domingo e de hoje a oito dias!! E com sol será muito melhor...
Alipio Lopes

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:00

Trilhos Sem Fim a caminho da Pia do Urso

por Trilhos Sem Fim, em 27.10.13

Também em meo Kanal 490904

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:42

Trilhos Sem Fim - a Pia do Urso

por Trilhos Sem Fim, em 24.02.13

Domingo, em que se comemora em pouco todas as regiões do país o aniversário de Robert Stephenson Smith Baden Powell (BP),  fundador do escutismo, e que este ano a nível regional foi comemorado próximo de Leiria (Pousos) – fato que levou a que algum(ns) trilheiro(s) habituais não pudesse(m) comparecer, pois tiveram de acompanhar os seus nesta atividade.  No entanto essa não foi razão suficiente para que o grupo de participantes na volta deste domingo não fosse numeroso.

Dizem que seriam 17 trilheiros. Dizem que terão feito cerca de 55Km, assim como dizem que terão feito o acumulado de 1050m. Atesta-se que sim.

No local de partida, no PR, afinavam-se já as vozes, pois se há domingos em que não temos nenhum dos aguadeiros, neste havia 3 – e alguns deles com oferta diversificada… senão quando apareceu M. montado na sua Mondraker e fazendo revivalismo ao anterior equipamento TSF. Foi motivo de festa, foguetes e algazarra! Bem regressado!

Isto merecia um passeio especial, não se sabia bem como e onde quando se começou a dar ao pedal, mas o percurso foi-se fazendo. Pessoalmente creio que já houve aqui disfarçado um início de treino para a Peregrinação a Santiago, com pedra da boa, tendo em conta que se vislumbra um arranque de 2 dias sobre este tipo de piso…

Com muita, muita animação, muito, muito discurso, muitas verdades proferidas, e outras que não sendo pela força da repetição passarão a sê-lo foi-se subindo, mais que descendo, até ao Reguengo do Fetal, passando em subida a Pia da Ovelha, a Pedreira, eis que ao contrário do habitual, se virou à direita para a subida das eólicas. Ufa, ufa, arfares, gemidos, lamentos e estávamos no topo. Daí para a frente mais fácil e só mais um bocadinho até estarmos na Pia do Urso. Assim foi, tomado o habitual café e feita a prova da diversidade de aditivos caseiros, rumamos até casa.

O regresso foi feito por caminho via Loureira, já habitual para os TSF que têm sido mais assíduos, mas foi em parte novidade para o M.. Alias M. com e um elemento 29”, deixaram-nos um pouco mais cedo dada a proximidade da hora de almoço, e nós seguimos direção à Curvachia.

A descida para a Curvachia, muito técnica (mais divertida dirão alguns) por causa da configuração do terreno, foi feita a uma velocidade alucinante. Não houve qualquer problema técnico senão aqui, em que saltou um pneu da roda da frente a DA. Pneu, que apesar de novo, já tem um histórico longo, visto que o ar teima em não querer permanecer dentro dele. Golpe de sorte, ajuda da suspensão, travões e divina providência evitaram o pior, apesar da velocidade e morfologia do terreno.

 Não fora também a intervenção e o auxílio do nosso repórter fotográfico/tb bom orientador/técnico e mecânico, teria demorado mais a resolução imediata da situação. Está já o grupo TSFa estudar um equipamento especial para oferecer a este TSF fundador, que faça referencia as estas valências concentradas numa só pessoa. J^

Pelas 13.20h estávamos de regresso ao PR. Onde tivemos um vislumbre de Harlem Shake - Special Edition! Oferecido por um dos nossos…

Boa semana!

DArmindo

 Também em meo Kanal 490904

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:31

Trilhos Sem Fim na Pia do Urso - Mountain biking

por Trilhos Sem Fim, em 03.02.13

Investida à Pia do Urso

Pelas 8.30h estava um grupo de 16 trilheiros no PR.
Minutos antes, estavam já alguns de nós a por a conversa em dia, quando chegou C. com a sua nova Scott, suspensão total e roda 29”, de 11500gr. Foi momento de alguns de nós fazerem o gosto ao pedal. Unanimemente os que experimentaram, ficaram agradados. A partir deste dia C. que já rolava bem, agora ninguém o apanha…
Seguimos direção à Pia do Urso, pois a proposta feita no blog, para uma ida à Bezerra, caiu por terra, apesar de haver diversos interessados neste passeio. Assim sendo a Bezerra ficará para um outro dia.

O caminho adotado para a ida, foi o usual, tudo correu bem e o pessoal estava em forma, rolou-se bem. Apenas há a registar um furo na chegada à Pia, desta feita um companheiro trazido por C.C.. Verdade que C.C. o deixou “descalço” pois prosseguiu sem dar por falta do amigo. Houve quem comentasse - “Com amigos destes… “

Pausa na Pia do Urso, no local do costume para retemperar forças, e seguimos para Leiria. Fomos direção a Fátima /Loureira, e foi próximo da Loureira que ocorreu o 2º furo da manhã.

Desta feita na Loureira fizemos a descer um caminho que habitualmente fazemos a subir, e a partir daí tivemos descidas que permitiram fazer uso de alguma técnica. Após ainda passamos pelo Vale Marinho e Curvachia.

Antes disso, junto à TOSEL –Soutocico, um momento de indisposição de G., por precaução levou a que se chamasse a ambulância. O nosso companheiro pelas 20h (hora a que se escreve este texto), ainda permanece em observação e a fazer exames no Hospital, no entanto tudo aponta para que não haja problemas de maior. Assim esperemos e fazemos votos de rápidas melhoras.

Chegamos pelas 13:20h ao PR, com 50Km percorridos, e com algumas passagens sobre árvores, com bikes na mão..

A saber para os TSF participantes no galo da próxima 6ª feira. Quem vai deve fazer confirmação até 4ª feira aqui no blog.

Em suma e tirando os percalços foi uma ótima manhã de BTT ?.
Boa semana!

D’Armindo

Também em meo Kanal 490904

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:06


Sobre nós

Neste blog um grupo de amigos irão falar das suas vivências tendo como fundo uns passeios de bicicleta. À conquista da natureza, ganhando saúde.

MEO Kanal


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D


Visitantes = 160.000 +...