Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Leiria à Pia do Urso, via Covão de Oles

por Trilhos Sem Fim, em 01.02.15

Com uma pontualidade “britânica”, há hora marcada os 10 trilheiros de hoje estavam reunidos no PR.

O 11º trilheiro, AF foi o primeiro a chegar ao ponto de partida, mas ainda a ficar por terra. Esperamo-lo brevemente, no regresso prometido. Contamos ainda com a companhia do nosso “Diretor” e do camarada Luis Gonçalves, que quando pode, se junta a nós.

Com o sol envergonhado partimos rumo às Fontes, pelo percurso habitual. Chegados aí apreciamos a força das águas, que pareciam querer saltar fora do leito. Contornamos a nascente e subimos, por onde descemos habitualmente, já no regresso a Leiria.

Fomos abençoados pela chuva, a partir deste ponto, tendo havido durante a manhã alternância entre períodos de sol e chuva (com algum frio à mistura).

 Das Torrinhas, rumamos a trilhos e estradões e fizemos planos ascendentes, tendo feito parte de um percurso já percorrido na Maratona do Centro. Passamos pelo Covão de OLes, e rumamos em direção à Pia do Urso. A pedra molhada obrigava a uma atenção redobrada.

O grosso do percurso foi feito antes das 11h e tal, quando paramos no local habitual da Pia, para atestar forças. O pastelinho, café e sumo de ginja, foram o mote para dois dedos de conversa e uma paragem mais alongada, visto que a manhã tinha sido mais corrida.

 

A pressa das 12.30h em Leiria, levaram a uma saída dinâmica da Pia, pelo caminho mais curto até à cidade, direção a São Mamede.

Antes da Pedreira e no Regendo, e o caminho tomado não foi igual para os que iam mais avançados, pelos que iam no meio, e pelos mais atrasados. Pessoalmente vi-me sozinho, em longa extensão nesta zona, pedalando para apanhar os da frente, sem saber muito bem quem estava atrás. Pouco depois a companhia do Rogério, e depois do Rui L, afinal estava na liderança sem saber. Opções diferentes de caminho levaram a desencontros.

Chegados à entrada do PR pelas 12.15h foi feito compasso de espera. Sabendo que haveria trilheiros que seguiriam direto para casa. Os que estavam molhados e gelados, sem saber muito bem por quem esperar, optaram por seguir até casa.

Foram superados mais de 50km e de 1000m D+.

Aguardamos por mais uma semana, de trabalho com a possibilidade de desfrutar da bike, em registo TSF, na próxima 5ª feira ou domingo.

Boa semana!

D’Armindo 

20150201_104406

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:32


10 comentários

Sem imagem de perfil

De D'Armindo a 02.02.2015 às 11:16

Ainda assim superando o tempo, os trilhos e percurso de hoje esteve *****.

O frio era tanto que na chegada a casa segui, direto ao duche para aquecer... carro, bike e demais acessórios ficaram para 2º plano, na rua a lavar-se com a chuva.
Sem imagem de perfil

De Leonel a 03.02.2015 às 00:15

Voltinha domingueira com bons amigos, o pastel de nata estava mesmo bom e a ginginha que "caíu que nem ginjas" hehe, ou então distraí-me com a bandeja que as trazia,...e fiquei com a ideia que era mesmo bom,...enfim, menos bom ter que fazer o percurso de volta apenas com metade dos amigos, basicamente os que ficaram para trás, o que não é habitual neste grupo, nem que chovam picaretas, mas um dia não são dias,...e espero que o espirito de grupo se mantenha, que é a nossa bandeira
Abraço!
Sem imagem de perfil

De Rui Gaspar a 03.02.2015 às 16:21


Chegar a Pia do Urso, por outra vertente da serra é sempre um novo desafio que o diga o companheiro RP que desabafou que se sentia um pouco afanado. Não foi das subidas, foi da pressa em chegar ao PR até  as 12,30 e do descanso de 1 mês. Este domingo não chegamos em uma só equipe, mas em 2 equipes, apenas porque uma equipe tinha compromissos horários e a outra só tinha que chegar ao Armando antes das minis aquecerem. Mas os TSFs são mais que uma equipe, são um grupo de amigos do BTT que se divertem a pedalar. AF regressa rápido para acalmar os TSFs.
Sem imagem de perfil

De Rui P a 03.02.2015 às 17:46

Já percebi que fui o culpado das fissuras no grupo.
As minhas desculpas, mas eu faço questão de respeitar os meus compromissos. Disse que chegaria às 12:39 e assim aconteceu. Sinto-me bem a agradeço aqueles que me acompanharam. Aos outros desculpo a preguiça por não terem querido forçar as pernas?
Até.
Sem imagem de perfil

De Luís Gonçalves a 03.02.2015 às 23:23

Excelente manhã de BTT em óptima companhia.
Obrigado a todos.
Sem imagem de perfil

De Ricardo a 04.02.2015 às 18:09

Caminhos novos e uma manha bem passada com vários ritmos para todos os gostos.
Sem imagem de perfil

De Rui L a 04.02.2015 às 20:13

só falta dizerem que a culpa... foi minha...hehe

carreguem nesses cranks...


até um dia destes
Sem imagem de perfil

De Cláudio Costa a 04.02.2015 às 23:09

Já há muito que não tinha um BTT molhadinho como este Domingo, a subida para a Pia desta vez à luz do dia até me pareceu mais pequena que da outra vez à noite, mas se virmos no track GPS, ainda são uns quilómetros a subir, temos de a ir mostrar ao Artur :-)
O pastel de nata e as gingas souberam mesmo bem, isso fez-me lembrar que o Rui Leitão tem de recomeçar o seu papel de "aguadeiro".


Quanto à fragmentação do grupo, não vou meter aqui mais veneno, pois já meti que chegue no facebook, mas Rui P. na minha opinião, ter compromissos e querer vir mais cedo, não tem mal nenhum, nunca teve, mal do nosso grupo se nem ao Domingo de manhã tivermos liberdade de movimentos, que fique claro que não acho mal nenhum em alguém querer vir mais cedo, só acho é que temos de combinar, em meio minuto agrupa-se, quem quer ir andando vai, ou reúne um ou outro para não ir sozinho e o resto vai noutro grupo, desta forma já não andamos todos partidos, procurando uns pelos outros, e sabemos quantos somos no grupo, e se temos de esperar por alguém ou não.


Até amanhã, na nocturna se não chover.
Sem imagem de perfil

De Cláudio Costa a 06.02.2015 às 13:19

Armindo, não referi a boa qualidade da tua crónica e merece ser referida.
Sem imagem de perfil

De DArmindo a 06.02.2015 às 16:54

Obrigado!

Comentar post



Sobre nós

Neste blog um grupo de amigos irão falar das suas vivências tendo como fundo uns passeios de bicicleta. À conquista da natureza, ganhando saúde.

MEO Kanal



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D


Visitantes

Site Meter

Os meus visitantes