Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



PR – 8horas 36 minutos e 7 trilheiros partiam rumo a um passeio “molhado” e com destino… Alqueidão e consequente volta pois não nos queriam lá.

Partiram em direcção ás Cortes onde cortaram á direita e foram apanhar a estrada da Barreira, não sem antes fazerem alguns desvios devido á quantidade de pinheiros e cedros caídos, consequência do temporal que se abateu sobre esta zona no dia anterior.

Chegados a Alcanadas, tempo para desviar um pinheiro ( ou mais Um ) que estava a cortar a estrada. Trabalho feito, estava na hora de subir até ao Alqueidão, onde se desceu por aquela descida fantástica que vem dar ao carreirinho, este sim, bastante escorregadio, que vai de encontro ás piscinas do Reguengo do Fétal,… não sem antes provarmos de que material era feito o reforço ( estou a falar de figos secos… ahhhhh tb sei que já estão a pensar …olha figos secos isso caía bem era com um bagacinho ou uma ginjinha… e não é que foi???!!!!!)

Atravessados caminhos que mais pareciam autênticos rios, foi hora de subir pedra escorregadia em direcção lá além… chegados lá foi descer em direcção á Nascente do Lis e… diga-se a bem da verdade… que bela Nascente… ou não; pois ouve-se… hummm patos com água pelo peito????afinal isto não tem profundidade nenhuma…
Leiria esperava-nos… eram 11 e qq coisa, até que alguém diz… e se subíssemos á fábrica lá em cima e descêssemos pelo pé da serra ??? boa ideia ouve-se… e, se em boa hora se pensou, em melhor hora se fez… ou não; não fossem as frentes escorregarem bastante e a descida tinha sido fantástica.
Chegados á Tosel… havia duas hipóteses, ou íamos beber café a casa do CC ou e para delicia de alguns ( entenda-se um e já sei que os que estão a ler estão a dizer…não!!! eles não foram lá mas posso dizer que sim, fomos lá sim sr.….) fomos descer o GALINHEIRO… ah pois foi e que descida para alguns … feita esta descido foi hora de encontrarmos muita mais lenha para desviar…tivéssemos nós levado um motosserra, assim, tivemos de desviar caminho, ao ponto de ter de atravessar as cataratas… isso mesmo, as cataratas da curvachia – eu não vou, eu não passo , eu tenho medo de escorregar;… mas,  pé ante pé nas pedras molhadas (se eu soubesse tinha lá tomado banho) tudo correu bem e chegamos ao PR por volta do meio dia e qq coisa com trinta e tal KM feitos ( não tinha ciclómetro, não carregou pq não houve luz no dia anterior e … tb não quis incomodar a sesta destes guerreiros – alguém que coloque essa informação por favor )… ahhhhhhhhhhhhh não posso deixar de dizer que e antes de chegar a casa passei por mais dois guerreiros dos TSF que e pelo que percebi no dia de hoje deixaram o pedal e… foram fazer corrida ( PP e LC ).

Obrigado pelas pedaladas e … Boa Semana para todos!!!!

Rui Leitão

Também em meo Kanal 490904

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:23

Nesta manhã de sol radiante, com temperatura quase negativa, lá foram chegando os candidatos a mais este passeio, desta vez com um novo comandante na frente de tão apreciado grupo.

Éramos mais de quinze elementos, logo a pedalar com grande vigor para ajudar a  quebrar o frio. Bastaram algumas pequenas subidas até á Barreira para ficarmos a despir os casacos de aquecimento.
As primeiras descidas chegam a grande velocidade, mas quando acabam, ai, mais uma subida. E que subida, até á entrada da estrada que vem lá dos lados de Fátima.
Pouco depois era hora da Bolacha "Maria". Impôs o GPS com autoritarismo. Estava na hora de retemperar forças.
Num passo, chegados a Alqueidão, logo se aprontaram para grande descida seguida de um trilho algo picante até para as biclas.
Mais umas pedaladas e quando nada fazia prever, um pneu com furos, muitos furos.
Resolvido os furos e reagrupados num belo estradão que deu para medir velocidades...
Os últimos km foram de esticar as pernas em fila para combater o vento e ter mais velocidade, que a hora de repasto se aproximava .
Novo passeio surgirá.
Artur

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:51


Sobre nós

Neste blog um grupo de amigos irão falar das suas vivências tendo como fundo uns passeios de bicicleta. À conquista da natureza, ganhando saúde.

MEO Kanal


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D


Visitantes

Site Meter

Os meus visitantes