Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



BTT em Porto de Mós

por Trilhos Sem Fim, em 17.03.13

Os TSF's hoje dividiram-se em 2 grupos, um deles composto por AL, CC e DA apresentavam-se pelas 8.20h no PR.


Feito um compasso de espera, por alguns TSF que pudessem aparecer, pelas 8.40h, após otimizados os transportes pusemo-nos a caminho de Porto de Mós …

Pouco passava das 9h quando encontramos D., o amigo do AL, no parque, no centro de Porto de Mós, que seria nosso anfitrião. D. estava sozinho pois 2 outros colegas por compromisso e receio da chuva não compareceram. Eramos por isso 4 corajosos.


Pessoalmente confesso que tenho uma máxima, quando de manhã levanto o estore e as condições climatéricas parecem menos convidativas, até à data nunca me arrependi de vencer essa preguiça inicial. Julgo que falo por todos os participantes que tivemos uma ótima manhã de BTT, por trilhos novos de Porto de Mós.


Começando pelo início, e após feitas as apresentações, no centro de Porto de Mós, acompanhados por uma certa humidade matinal, e após equipados, montamos nas bikes. Seguimos para a ciclovia da Bezerra. Tivemos oportunidade de abandonar o “alcatrão” iniciando onde outrora a linha férrea chegava ao sopé da serra. Passado pouco tempo já rolávamos a bom ritmo na ciclovia, em sentido ascendente. D. nosso anfitrião sem dar demasiadas pistas, foi-nos dando algumas informações da zona.


Após feita a ciclovia, com o aquecimento feito, começamos a descer, descer por caminhos que nos levaram às nascentes do Rio Lena, sim nascentes em plural pois são duas, que distam alguns metros entre si. Tínhamos que tirar fotos para documentar a nossa aventura e foi logo ali que o fizemos. Daí seguimos por caminhos de serra até à base da Fórnea.


Fizemos caminhos ascendentes, que não puderam ser todos feitos em cima da bike, pois quer o declive, quer a pedra molhada, foram impeditivos. Seguramente, não fosse a nebina teríamos usufruído mais da beleza daqueles locais em altura. Quem faz BTT sabe que para descer há que subir, e o esforço foi logo recompensado, após a ingestão da banana.


Pelas 11.45h chegamos a uma estrada que nos poderia ter levado diretamente a Porto de Mós, mas quando se levantou a hipótese de seguir em frente e em mais 45 minutos fazermos uma volta por outra serra, nem hesitamos. Quem sabe sabe e D. levou-nos a tomar café num tasco de petiscos, que estrategicamente ficou no caminho. Dalí seguimos e apanhamos um troço da Maratona do Centro – conseguimos passar sem “pagar portagem”, pois no meio de tanto ciclista eramos alvo e atenção por parte das pessoas da organização com quem nos cruzamos. Contra fatos não há argumentos, e quem é da casa é que sabe das coisas, pois em determinado ponto D. desviou-nos por um single track, bastante alongado e com imensos drops que acabou por ser o auge de toda a volta. Terminado o single track, estávamos novamente em estradão descendente com os participantes da Maratona. Não vislumbramos nenhum TSF, mas também era difícil pois todos usavam uma estranha cor castanha, do capacete aos sapatos de encaixe… Nós não estávamos melhor.


Pelas 13horas estávamos no centro de Porto de Mós com 40km feitos e 800m de acumulado..


Que bela manhã de BTT, que temos de repetir com tempo mais seco com os restantes TSF. A promessa ficou feita e o track foi registado pelo CC.


Boa semana!
D’Armindo

 

Podem consultar o track de hoje no GPSies, não deixem de ver o Fly Tour uma nova funcionalidade do google earth!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:15


Sobre nós

Neste blog um grupo de amigos irão falar das suas vivências tendo como fundo uns passeios de bicicleta. À conquista da natureza, ganhando saúde.

MEO Kanal


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Posts mais comentados


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D


Visitantes = 160.000 +...