Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Tempo que se permanece sentado associado a risco de morte

A crescente epidemia do excesso de peso e da obesidade tem sido atribuída, em parte, à redução da prática de exercício físico. Vários estudos têm indicado que existe uma associação entre o tempo que as pessoas permanecem sentadas e o risco de desenvolverem obesidade, diabetes tipo 2 e doenças cardiovasculares. Contudo, poucos foram aqueles que avaliaram o efeito do tempo que se permanece sentado na mortalidade.

Para estudarem esta associação, os investigadores da American Cancer Society contaram com a participação de 123.216 indivíduos sem história anterior de cancro, enfarte agudo do miocárdio, acidente vascular cerebral e doenças pulmonares.

Após terem analisado o tempo que os participantes permaneceram sentados e a sua actividade física, entre 1993 e 2006, os investigadores verificaram que o risco de morte era proporcional ao tempo que os participantes permaneciam sentados. Isto foi especialmente notório no caso das mulheres. As mulheres e os homens que passavam mais de 6 horas por dia sentados tinham, respectivamente, um risco 37% e 18% maior de morrerem durante o período de acompanhamento do que aquelas que permaneciam menos de 3 horas sentadas. Os investigadores constataram que esta associação se manteve praticamente inalterada após terem tido em conta o nível de actividade física dos participantes.

Contudo, quando combinaram a falta da prática de exercício físico, esta associação ficou ainda mais evidente. Os investigadores constataram que as mulheres e os homens que passavam mais tempo sentados e que praticavam menos exercício tinham, respectivamente, um risco 94% e 48% maior de morrerem do que aqueles que passavam menos tempo sentados e eram mais activos.(Não faltem às convocatórias para os passeios de bike).

Em comunicado de imprensa, os autores revelam que “existem vários factores que podem explicar a associação entre o tempo gasto sentado e uma maior taxa de mortalidade. Tem sido demonstrado que longos períodos de tempo têm importantes consequências metabólicas e que podem influenciar, nomeadamente, os níveis de triglicerídeos, lipoproteína de alta densidade, colesterol, glicemia de jejum e a pressão arterial em repouso, que são marcadores de obesidade, doenças cardiovasculares e outras doenças crónicas. "

Assim, os autores do estudo concluem que as mensagens de saúde pública deveriam tanto promover a actividade física como a redução do tempo que as pessoas permanecem sentadas.

09/08/10,01:03, Estudo publicado no “American Journal of Epidemiology”

 

Nota: Não precisam de agradecer quando organizamos os passeios de fim de semana. Estamos a ajudar que fiquem mais saudáveis.

 Rui

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:44


Sobre nós

Neste blog um grupo de amigos irão falar das suas vivências tendo como fundo uns passeios de bicicleta. À conquista da natureza, ganhando saúde.

MEO Kanal


Posts mais comentados


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D


Visitantes

Site Meter

Os meus visitantes