Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Não sei do que se trata, mas voto contra! Foi assim que o músico alentejano Vitorino respondeu hoje a algumas questões na RTP em homenagem a um tio carpinteiro que assim reagiu quando, em dada altura, entrou no salão de festas da aldeia onde decorria uma assembleia e proferiu está sentença

Também eu não sei porque caímos às vezes mas voto contra!

Hoje fomos treze até às 10.30 e passámos, antes do Alqueidão, a ser onze porque dois companheiros precisavam regressar cedo. Por isso, cada vez mais sou adversário da superstição. Foi quando éramos onze e não quando fomos treze que aconteceram duas situações de quedas que poderiam ter tido maiores consequências.

 A primeira foi a deste escriba ao galgar um obstáculo rochoso, seguido de uma palete um pouco mais baixa e um tapete de pedras molhadas e escorregadias. A coisa quase que passava mas foi só quase porque na parte final do obstáculo (ainda muito duro...) houve queda e grande susto. O bendito capacete funcionou e faz-nos pensar sempre quão imprevidentes são alguns colegas com quem nos cruzamos e que pedalam de cabeça ao léu. Ao chegarmos ao PR vimos mais um que teima em não se proteger.

Em treze dias visitámos três dos mais vetustos e belos castelos de Portugal. O de Porto de Mós, tal como o de Pombal, nunca foram palcos de guerras. RP dixit.

Quando na porta de entrada do monumento alguém lançou o desafio de subirmos à varanda fronteira mas tal intenção foi barrada pela necessidade de pagarmos bilhete. Somos um país a velocidades e ritmos tão diferentes. Na passada semana, em Pombal, fomos gentilmente convidados a assistir a um filme de doze minutos primeiro ou a cinco minutos depois. Não vimos nem um nem outro por falta de tempo mas vontade não nos faltou. Aproveitámos, contudo, para subir à excelsa torre de menagem onde obtivemos fotografias de belo efeito. Aqui, no castelo de Porto de Mós, existiu há não muito tempo um café que fechou por falta de clientela. Mais um lamentável exemplo e justificação para o abandono do nosso património histórico e cultural. O Arturio pediu – e muito bem! – que fosse feita referência neste pequeno texto à diferença de tratamento que tivemos em dois distintos concelhos do nosso distrito.

Foi lançada a ideia de circularmos o nosso concelho com passagem por todos os castelos circundantes num só dia. A ideia é unirmos os castelos de Porto de Mós, Ourém, Pombal, Vieira de Leiria, Monte Real e Leiria.

Hoje cumprimos cerca de 50 quilómetros e 900 metros de acumulado.

Já na ponta final o RS dos ChouBikers saiu do trilho e caiu num silvado muito fundo. De seguida o CM tentou agarrá-lo suportado no JC. Caíram ambos em cima do primeiro. Esta hilariante queda foi parcialmente registada em filme/fotos.

A terminar importa referir que o grupo poderá em breve passar a Ruis e seus amigos. Hoje eram cinco!

Como somos um grupo interessado em muitos temas, nomeadamente a astrologia, iremos amanhã roer umas castanhas e fazer uma procissão automóvel a um dos nossos locais sagrados: o alto da Maunça.

Próxima quinta haverá mais e no domingo talvez possamos ir ao nosso castelo!...

Alípio Lopes

Clicar para ver fotos

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:13


10 comentários

Sem imagem de perfil

De Rui Gaspar a 13.11.2016 às 22:07

Este meu  comentário começa por agradecer ao companheiro RP que teve a excelente ideia de homenagear com a música do video de hoje um dos maiores cantores compositores, poeta etc. de sempre, que acabou de partir. Até sempre GRANDE LEONARD COHEN, Deus te tenha lá muitos anos sem nós, cá ficaremos a ouvir a tua imortal voz. A revisita ao castelo de Porto de Mós é sempre um bom momento, mas os trilhos novos de hoje  foram  uma cereja em cima do bolo. A cambalhota dos companheiros para o silvado, e a aterragem forçada do AL com o peito em cima de uma pedra ,tudo sem consequência de maior, ajudaram a passar uma excelente manhã de BTT.
Sem imagem de perfil

De Alipio Lopes a 13.11.2016 às 22:21

De facto não foi com o peito que me magoei mas a falta de ar momentânea e as dores fizeram-me temer cousa pior. Olhando para a ferida e hematoma na mão direita, associado aos vestígios de terra, conclui que caí com as costelas laterais da direita em cila do braço. Que a queda não foi para a frente mas para o lado. Hoje é caso para dizer que ao bttista e ao borracho põe Deus a mão por baixo...
Sem imagem de perfil

De Rui P a 13.11.2016 às 23:00


Hoje foi uma das melhores manhãs de BTT dos últimos tempos. Tudo bom, desde companhia, passando pelos trilhos, e que trilhos, pelas quedas sem consequências e depois as fotos e videos. Do melhor!
Uma palavra especial para o nosso Bardo Alípio, que experimentou uma aproximação rápida ao solo mas, com a mestria a que nos habitou, saiu-se muito bem da missão, apenas com um arranhão. O Rui S, um dos 5 R, também esteve bem nas suas aterragens! Apenas uns arranhões.
Os repórteres de imagem estiveram em cima do acontecimento.
Gostei, ´já me apetece a castanha.
Sem imagem de perfil

De Cláudio Costa a 14.11.2016 às 00:31

É por haver manhãs como estas que eu fico mesmo invejoso de não ter podido ir :( Ainda por cima aos Sábados chove e aos Domingos está um solinho espectacular para o BTT com os TSF's!


E é graças ao cronista, aos repórteres e ao editor de vídeo, que este blog se mantém ao melhor nível e que os que não vão ficam cheios de pena!


Ainda bem que as quedas deram só para rir, as melhoras aos lesionados.


Preciso de saber o que é isso das castanhas amanhã?
Sem imagem de perfil

De Hugo Brites a 14.11.2016 às 03:38

Mais um belo texto e excelente report e uma dose enorme de inveja por não ter participado na eucaristia dominical betetista !
Ainda bem que as quedas não foram nada de mais
Um abraço a todos e boas Luas
Sem imagem de perfil

De Alípio Lopes a 14.11.2016 às 07:07

Dass... que se a queda tripla foi hilariante a que foi dada a solo continua a não me dar nenhuma vontade de rir, antes de ganir... de dores.
Sem imagem de perfil

De Nuno Gonçalo Santos a 14.11.2016 às 20:27

Excelente texto e excelentes imagens!
Embora tenha trilhado por terras ribatejanas, ao ver estas imagens fiquei com a sensação que escalonei mal os fins-de-semana que divido entre a terra natal e a terra de acolhimento.
Esperando que os pequenos sustos não tenham passado disso mesmo, aqui segue o meu abraço solidário de rápida recomposição aos intervenientes diretos.
Agora seguem-se alguns seguidos por Leiria, a poder desfrutar destas imagens.
Grande abraço e boa semana a todos.
Sem imagem de perfil

De José Cardinhos a 14.11.2016 às 21:44

Começo por realçar, o bom texto escrito pelo Alípio e as fotos/filme da autoria do Artur, parabéns. 
A manhã de domingo acordou cheia de sol, excelente para dar umas pedaladas, estavam reunidas as condições, para ser uma excelente manhã de BTT e assim foi.
Foi bom ter feito parte deste grupo, pois a manhã foi recheada de bons motivos, obrigado.
Uma boa semana e boas pedaladas.
Sem imagem de perfil

De Rui L a 15.11.2016 às 09:47

faço minhas as palavras do RP ( se este me permitir , é claro!), excelente manhã de BTT.

Tb gostei de Bttar ontem... e aliando os dois dias poderiamos cantar ...estou na lua e .... face down...e mais não digo . boa semana. 
até quinta
Sem imagem de perfil

De DArmindo a 18.11.2016 às 15:41

Muito, muito bom!


Parabéns :)

Comentar post



Sobre nós

Neste blog um grupo de amigos irão falar das suas vivências tendo como fundo uns passeios de bicicleta. À conquista da natureza, ganhando saúde.

MEO Kanal


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D


Visitantes = 160.000 + ...


Os meus visitantes