Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Trilhos Sem Fim em Estremoz.

por Trilhos Sem Fim, em 05.05.14

Sete foi o número de TSF's que foram de Leiria a Estremoz para o assalto a Serra da Ossa. 5 para os 50 e 2 para os 100. O número de participantes foi de cerca de 1500.

Chegámos na noite de sábado com uma temperatura e humidade que faziam prever uma manhã de domingo muito longe da frescura.

Os clãs do Pedro Santos e do José Cardinhos já lá estavam desde o feriado, o Rui G, o Artur D, o Alipio L e o Nuno C foram na tarde de sábado no laranjinha, a tempo de lauto jantar em casa da Francisca e do Florêncio e o Luís C juntou-se a nós na manhã de domingo, um pouco antes da partida que ocorreu às nove e trinta e cinco.

Os que iam para os 100 queriam ter a oportunidade de "ajudar" o nosso companheiro Endivas na sua aventura nas lides da competição em XCM. Dos três, só o Nuno terminou a prova (e que prova e que empeno!) após mais de seis horas montado (e outras vezes nem por isso...). Os outros foram ambos traídos pelos joelhos.

Todos os que se propuseram vencer os 50 terminaram a prova com mais ou menos galhardia. O Pedro terminou cerca das treze; o Zé e o Rui logo de seguida; o Artur um pouco após as 13.30 e o último de nós antes das 14.00.

A todos estes tempos há a descontar as percas de tempo por solidariedade. O Artur conseguiu com a sua sapiência habitual e o seu mega alicate salvar a corrente do Zé que ficou torcida de tal forma que o teria impedido de terminar quando ao km 18 bateu com o pedal numa pedra e a dita saltou e se torceu. Mais adiante, o Rui, qual bom samaritano, cedeu o único elo rápido que tinha para um companheiro de aventura que nunca havia conhecido antes. Os deuses das bicicletas e da aventura abençoaram-no a ele e a todos nós com um resto de prova onde já só (? !) foram necessárias as pernas e uma boa dose de "querer" para terminar. Não deve deixar-se passar em claro o empurrão, trilho acima, que o Artur deu a um companheiro que, só com uma perna, revelava dificuldades acrescidas numa das paredes que vencemos.

Dizia o Rui, no final desta enorme festa e coça, que há cinquentas e cinquentas e uns muito mais duros que outros. Estes cinquenta (que em boa verdade foram cinquenta e cinco) foram particularmente duros, belos e perfumados. Deslumbrantes paisagens, magníficas flores com os seus característicos odores foram companhia permanente nesta manhã de desafio e aventura.

A organização foi muito boa e apurada (mais ainda se lembrarmos que era só a terceira edição da prova) e preparou-nos vários troços em singles absolutamente maravilhosos. E, melhor, nalgumas destas zonas não bastava descer e controlar a burra: era preciso dar muito ao chinelo!

Pouco depois de o Alípio ter chegado à meta (e recebido uma gostosa medalha de cortiça) chegou o vencedor dos cem kms... Uff. Safou-se o último de nós e por um triz da dobradinha!

Com a recepção vip da família do Zé Cardinhos, uma prova dura mas próximo da perfeição, e a camaradagem deste magnífico fim-de-semana podemos dizer que não há palavras suficientes para o relatar. Daí a razão de não haver lápis azul porque todos reconheceram que descrevê-lo com cento e cinquenta palavras seria impossível! Seria de facto.

Melhor prova disso é que todos disseram querer voltar para o ano. Mas, nessa ocasião, haveremos de levar mais elos rápidos e pelo menos dois tipos de correntes suplentes...

Alípio C.Lopes

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:47


10 comentários

Sem imagem de perfil

De Rui P a 05.05.2014 às 17:02

Fartaram-se de pedalar!!!
Conhecem as caves do Vidigal?
O percurso é igualzinho.
Enche-se o copo e entorna-se!!!
Seus, seus... ciclistas!
Image
Sem imagem de perfil

De Rui Gaspar a 05.05.2014 às 19:07


Companheiro RP , esta coisa de julgar só pelas fotos não é correta, pois as fotos da adega Tiago Cabaços ,( onde nem sequer provamos uma pinga, só marketing) e o jantar/banquete em casa da familia Florêncio  foram atividades do dia anterior ao evento de BTT que nos empenou .
Não fossem os reforços do dito jantar da noite anterior e seria muito mais difícil  subir a Serra que não foi um osso duro de roer, mas uma Ossa, que é bem mais inclinada.
Sem imagem de perfil

De NunoGonçalo Santos a 05.05.2014 às 21:21

Grande orgulho em ter camaradas e amigos que encaram, o que para mim é, o espírito do BTT, principalmente no que respeita à solidariedade e entreajuda. Terminar é sempre vencer para "cicloturistas como (a maioria de) nós, os TSF.
Sem imagem de perfil

De José Cardinhos a 05.05.2014 às 23:16

Quero deixar um agradecimento a todos os trilheiros, pela disponibilidade que tiveram em se deslocarem à minha linda e maravilhosa terra, Estremoz. Gostei imenso de os ter recebido, tenho pena não ter sido em minha casa, mas sei que em casa do casal Florêncio e Francisca, seriam tão bem recebidos como se fosse na minha, obrigado pela vossa presença e boa disposição, que fizeram com que o fim de semana fosse excelente.
Quero deixar um agradecimento ao Artur, se não fosse ele e a sua ferramenta, que transporta sempre à suas costas, com uma disponibilidade que faz inveja a qualquer um, eu não tinha passado do 1º terço da prova, sempre útil.
Bom texto Alípio e boas fotos Artur.
Uma boa semana a todos.
Sem imagem de perfil

De DArmindo a 06.05.2014 às 09:29

Boa prova. Parabéns a todos!
Sem imagem de perfil

De Artur Fernandes a 06.05.2014 às 21:51

Da minha parte só tenho a agradecer ao amigo José Cardinhos a sua Hospitalidade na sua terra com os seu amigos .
Quanto á prova foi dentro do que esperava Alentejo sem subidas...
Não ia deixar por terra um trilheiro por falta de um pormenor,e não ia deixar um Homem que como nós só treina aos domingos e quando pode ficar a meio de uma parede e só com uma perna a pedalar, acreditem que me senti como se tivesse  ganho o primeiro lugar...
Havemos de lá voltar 
Sem imagem de perfil

De Artur Fernandes a 06.05.2014 às 22:54

Pode parecer estranho que tenhamos ficado em lugares para cima dos 
duzentos e tal...
Mas se vos disser que o amigo José Cardinhos ficou em 17, o Rui Gaspar em em 19,eu em 23,e o Alipio em 26 na categoria dos Master 50...
Até que nem foi mal.
Podem opinar...
Sem imagem de perfil

De José Cardinhos a 07.05.2014 às 15:48

Obrigado Artur por esse "pormenor", é sempre gratificante termos uma ideia do que realizámos, mas o mais importante foi a diversão e a camaradagem. 
Um bem hajam.
Imagem de perfil

De ACLopes a 07.05.2014 às 21:18

Fico assarapantado por ter conseguido ficar a três lugares na tabela em relação ao Artur. Com tanta descida e singles no ultimo terço só vem comprovar o que vou sentindo: estou a melhorar nesse aspecto e o mérito e dos meus amigos e companheiros com particular destaque para quem anda sempre a lembrar: e dar molho e larga travão!!
Imagem de perfil

De ACLopes a 07.05.2014 às 22:44

Vigésimo sexto no meu escalão com 60 atrás de mim, incluindo rapaziada dos trinta só pode deixar-me contente. Como diz o Rui, se levássemos isto mais a sério e treinássemos três vezes por semana também aprendíamos a andar mais a frente (ele e o Cardinhosjá  andam...).

Comentar post



Sobre nós

Neste blog um grupo de amigos irão falar das suas vivências tendo como fundo uns passeios de bicicleta. À conquista da natureza, ganhando saúde.

MEO Kanal


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D


Visitantes = 160.000 +...