Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Como a 24 de Abril não há motivos para comemorações vivemos neste dia mais um de

muitos em que fruição, liberdade e camaradagem são não somente palavras mas actos

constantes de companheirismo e de gozo saudável e sem limites!

Num domingo que antecedeu a comemoração do 25 de Abril e que sucedeu ao

desaparecimento da lenda viva chamada Prince vivemos quiçá o primeiro dia de

primavera a sério em que as descidas – e tantas e tão fortes subidas para as alcançar...

– foram possíveis sem risco elevado mas só com alguns riscos pouco direitos que a

irregularidade do piso não permitia linhas directas nem suaves. As suspensões

hidráulicas funcionaram até aos máximos e as suspensões corporais e de primeira linha

também! Tanto na primeira descida do alto das antenas para a estrada Reguengo a

Fátima (perto da pedreira) quanto na segunda que nos levou junto ao cemitério desta

localidade (vibroplate) havia inúmeras pedras a tentarem travar-nos sem que

tivessem conseguido lograr tal suposto objectivo com nenhum dos trilheiros que as

desceram!

Estas pedras criaram dificuldade e não foram colocadas por nenhum sacana nem filho

da mãe mas sim pela mãe natureza que é nossa amiga e inventou estes caminhos há

séculos para hoje podermos gozar ainda mais a praticar este misto de desporto e

recreio designado de Btt.

Assim, podemos hoje ter uma crónica menos poluída, acutilante e provocadora...

O CM não veio, nem o RG, o JC, HM ou o CC e não sabem o que perderam! Não vieram

estes mas veio de novo o Ricardo e repetiu com galhardia o Grazina! Já não se dá por

ele...

Mesmo sem terem participado foram lembrados particularmente durante o período

ligeiramente superior a uma hora em que esperamos pelo DA que não conseguiu

identificar à primeira o eucalipto e o cotovelo indicados pelo AF para a reunião. Ainda

bem que foi o AF e não qualquer outro a fazê-lo... No final, decretou o AF que o DA

terá que fazer uma reciclagem de orientação. Desculpas...

Ficámos a saber que o nosso RPF não tem qualquer ligação ao Fonseca do Panamá.

Na semana passada o CC falhou por não ter feito referencia às subidas muitas por isso,

e agora, repetimos: não subimos assim tanto mas descemos como o raio! Decifrem...

A última etapa, cumprida por nove dos dez, fez-se sem dificuldade e com muita

frescura negra.

Alipio Lopes

Clicar para ver fotos

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:59


8 comentários

Sem imagem de perfil

De Cláudio Costa a 24.04.2016 às 23:28

Massagens!!! Foram aonde? ...., pedrinha com força :)


AS fotos do Rogério hoje estão de mais, não há uma em que não esteja a sofrer :) O que é que andaste a fazer de noite, Rogério?


Com uma subida tão boa, fiquei mesmo com pena de não ter podido ir convosco!


Até Domingo!
Sem imagem de perfil

De rogerio a 25.04.2016 às 17:53

Velhinho sofre. Quando a cabeça não tem juízo o corpo é que paga.
Isto de tentar acompanhar os jovens, tem o seu preço, o sofrimento.
Imagem de perfil

De fernandocaseiro a 25.04.2016 às 21:43

Claudio se dizes que que o Rogerio sofreu então havias de me ver apanhei cá um empeno mas valeu a pena o regresso para poder desfrutar desta bela camaradagem e como ainda não estava satisfeito hoje foi dia de ir á Pia do Urso em ritmo acelarado, mais um empeno  valente que me valeu na parte final de ter de atalhar caminho pois já não aguentava mais subidas
Sem imagem de perfil

De José Cardinhos a 26.04.2016 às 14:10

O tempo bom, com sol e a cheirar a Primavera, é no que dá, subir e muita pedra. 
Vejo que se divertiram (sofrer para alguns), e não deixaram de se massajarem!!!
Divertiram-se e não se magoaram, isso é que interessa.
Boas fotos e boa crónica, como já é normal. Importante, para quem não participou, poder viver esse clima.
Boa semana.
Sem imagem de perfil

De Hugo Brites a 26.04.2016 às 17:33

Bela massagem vibratória! Foi tanto power que a corrente partiu,agora abrir cordões à bolsa e renovar a transmissão por completo.
Mas valeu a pena :-)
Sem imagem de perfil

De Graza a 26.04.2016 às 22:38

Gostei imenso da paisagens de um sitio que não sei o nome (falta o GPS).
Nunca tinha feito as decidas das massagens, e fiz com algum receio. Receio da bicicleta começar a perder peças pelo caminho....

Uma volta interessante, só faltou o café e o pastel de nata.
Sem imagem de perfil

De CMax a 28.04.2016 às 23:26

....ai a saudade.
O meu regresso esta para breve....
Sem imagem de perfil

De D'Armindo a 29.04.2016 às 16:39

Eu quase que não aparecia!... Não passei à censura :)
Foi muito bom! Mesmo com o atraso de mais de meia hora na saída de casa, em relação ao grupo, valeu o esforço e quilómetros adicionais para ir ao v. encontro.

Comentar post



Sobre nós

Neste blog um grupo de amigos irão falar das suas vivências tendo como fundo uns passeios de bicicleta. À conquista da natureza, ganhando saúde.

MEO Kanal



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D


Visitantes

Site Meter

Os meus visitantes