Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Trilhos Sem Fim visitaram a Amazónia

por Trilhos Sem Fim, em 12.04.15

Hora de Partida 8:33,

10, o número de trilheiros que hoje se fizeram representar no PR, colocada a semana em dia foi tempo de decidir para onde ir, o que aconteceu pelos homens da frente quando rapidamente rumaram em direção á rotunda da Porsche para ir revisitar os trilhos da Maceira.

Comandados pela batuta do mestre AF, e a sua bela orientação chegámos ao destino por trilhos um pouco diferentes do habitual, qual Pedro Álvares Cabral ou não fossemos nós Portugueses.

Percorridos os trilhos da Maceira, foi tempo de conhecer os “caminhos” envolventes das pedreiras que e não obstante ao impacte ambiental proporcionam sempre vistas fantásticas; as pedreiras visitadas são de cimento que é uma Commodity de baixa substituibilidade presente em todo o tipo de construção, sendo extraído em pedra, moído em seguida a granulometrias adequadas para que, e quimicamente se obtenha o clínquer que depois de moído a cru e misturado com outras tantas substâncias e após um processo de pré-aquecimento e cozedura do material, é moído, armazenado em silos e embalado… mas, como a visita não era a de extrair material (o que a julgar pelas fotos parece, qq dia compramos uma máquina daquela para abrir trilhos, afinal até já temos quem a arranje certo Pedro Santos?) fomos em direção á Amazónia onde nos deliciamos a descer á beira rio uns em pé, outros sentados e outros havia que protegiam a sua dama dos que mais apressados chegou a hora da bucha e do café para uns, e… claro, da leitura para outros. Desta vez o local reforço foi-nos apresentado por um trilheiro da “Terra” que nos levou á tasca do ti Inácio, onde, acreditem, o terminus de uma dessas noturnas de verão merecia umas guitarradas… e quem sabe… um fadinho

Como o tempo não para é hora de regressar e nada melhor que fazê-lo por um local que o amigo Zei de Estremoz conhece muito bem… lamento informar mas agora já não dá para cair lá… até a figueira arrancaram ahahah

Rumo aos parceiros para depois descer pelo matadouro – trilho downhill – foi altura de encontrar um fiel companheiro de quatro patas que, e ao nosso lado nos acompanhou em mais de 8Km de pura adrenalina (o HM que o diga), velocidade, baba e língua…

A volta não podia acabar sem antes irmos recarregar energias ao sítio do costume, pois os do costume tb disseram que iam lá…mas faltaram.
E foi assim mais uma manhã de domingo terminada com muita diversão, companheirismo, muito sol e 43km feitos… mas que importa isso, quando e ao fim destes anos ainda conseguimos ser surpreendidos por trilhos novos,…

Boa Semana

Rui Leitão

Clicar na foto para ver slideshow

P4120023.JPG

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:39


11 comentários

Sem imagem de perfil

De Cláudio Costa a 13.04.2015 às 01:42

Espectáculo, não fui mas gostava de ter ido :-)


Já vi que se divertiram amigos, numa bela e ensolarada manhã de BTT. Hélder, aquela ultrapassagem pela direita do teu amigo de quatro patas, poderia ter corrido mal!


Boas fotos e boa crónica, Rui Leitão, confirma-se, passas-te a pertencer ao conselho redactorial !


Grande Abraço amigos, e até um dia destes.
Sem imagem de perfil

De RuiL a 13.04.2015 às 09:44

Muito Obg amigo Cláudio é para mim um prazer , havemos de voltar e então terás oportunidade de conhecer esses recantos


continuação de um bom trabalho
Sem imagem de perfil

De Rogério Monteiro a 13.04.2015 às 11:46

Amigo Cláudio, quando voltas?
Após uma luta titânica com o Artur,conseguimos que ele te pedoasse. É que ficámos sem ferramentas necessárias para o opoio logistico que o Artur nos costuma dar ( e que apesar de tudo ainda nos vai dando, eu que o diga ).
Assim podes voltar que estás perdoado.
Não te esqueças do que necessitas de fazer para vires com a pedalada a que nos habituas-te, após as estadias por essas bandas.
Um abraço
Sem imagem de perfil

De Nuno Gonçalo Santos a 13.04.2015 às 12:29

Uma manhã do caraças, com tudo de bom e até um amigo bem especial, e não sei se não foram mais que esses 8km, em que ele foi meritóriamente trilheiro.
Excelente texto do RL e efetivamente é de realçar a enorme capacidade do AF em nos surpreender com o seu sentido de orientação e a capacidade de nos proporcionar grandes momentos em locais novos.

Boa semana a todos.
Sem imagem de perfil

De DArmindo a 13.04.2015 às 14:33


Gostei de ver :)
Contaram com um dia à maneira, para a prática da modalidade.
Não sei se foram vocês que adotaram o cão... ou se foi ele que vos adotou, pois lá pedalada tem ele!
Boa semana.
Sem imagem de perfil

De Rui Gaspar a 13.04.2015 às 22:05

Quem me diria que eu ainda não conhecia todos os trilhos da Maceira. Foi mais uma excelente manhã de BTT e animação. Descobrimos que 1 kg de pedra moída é mais leve que 1 kg de pedra ainda rocha. Descobrimos um novo sitio para tomar café com sardinha em conserva. Adoptamos um trilheiro de 4 patas, que nos acompanhou desde os parceiros  até ao PR e ganhou-me uma  aposta , tive que lhe pagar uma imperial ( tigela de agua) no Armando. Se no próximo domingo o animal aparecer vou oferecer-lhe uma jersey e uns calções dos TSFs .Parabéns ao novo redactor, pois não me surpreendeu, confirmou o que já suspeitava, em Freches a professora primária  era exigente.
Sem imagem de perfil

De RuiL a 14.04.2015 às 09:16

Professor... era professor
Sem imagem de perfil

De Rui P a 14.04.2015 às 21:47

Uma manhã bem passada em muito boa companhia.
Confesso que tive algum receio na travessia das minas. E se viesse uma máquina em alta velocidade? Pois é.....
Adorei a cronica do companheiro RL. Conquistou, definitivamente, um lugar entre os melhores cronistas, mas continua a haver vagas.
Em relação ao AF, o habitual, filmes do melhor.
Obrigado pelo excelente domingo. Sem manhãs destas nem sei como conseguiria suportar uma semana de trabalho
Até domingo.
Sem imagem de perfil

De José Cardinhos a 14.04.2015 às 21:56

Pelas fotografias, filme e crónica (muito boa RL, parabéns), vejo que se divertiram, ainda bem.
Fico satisfeito que tenham desbravado por novos trilhos e descoberto um novo ponto de reforço, é que o café a meio de uma volta, sabe sempre muito bem.
Por outro lado, fico triste em saber que o meu ponto de referência, foi destroçado, é algo que nos marca.
Boa semana.
Sem imagem de perfil

De Rui P a 14.04.2015 às 21:58

Cardinhos, marcou e bem, mas no centro da testa!!
Sem imagem de perfil

De Hugo Brites a 15.04.2015 às 17:52

Boa volta,belas fotos e filme e boa crónica! 
Eu tive um fim de semana de duas rodas mas desta feita com motor
Espero vos encontrar no próximo domingo
Até lá um abraço

Comentar post



Sobre nós

Neste blog um grupo de amigos irão falar das suas vivências tendo como fundo uns passeios de bicicleta. À conquista da natureza, ganhando saúde.

MEO Kanal


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D


Visitantes = 160.000 + ...


Os meus visitantes