Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Trilhos Sem Fim na volta 2019

por Trilhos Sem Fim, em 21.08.19

Os Trilhos Sem Fim participaram no programa da RTP1 "Há Volta 2019". Passaram o testemunho dos benefícios do BTT para a saúde e demonstraram que não existe limite de idade para a prática deste tipo de atividade física.
O Trilhos Sem Fim agradecem este honroso convite aos responsáveis do programa "Há Volta", em especial ao seu produtor, o leiriense, Diogo Fernandes.
Rp

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 13:06

Trilhos Sem Fim no seu quintal

por Trilhos Sem Fim, em 04.08.19

Porque é domingo acontece o pedalar. Hoje com as ausências dos GPS encartados, a organização tratou de arranjar um à altura, por isso com 29Km e às 11 horas já havia alguns aparelhos dados a medidas a marcar 900 de acumulado. Este pobre cronista só tem que registar a competência no desempenho de tão nobre tarefa e apesar de ter que abrir várias vezes a válvula para sair líquido a mais do retentor do capacete, a boa disposição e entreajuda esteve ainda mais alto que a altura das muitas subidas.

Depois só tenho que registar o nível médio que o grupo apresenta – paredes que antigamente se subiam com cordas e escoras, agora a pedalar em bom ritmo até parece que ainda não saíram da polis (não é para me gabar mas ainda há coisas que não perdi com a idade, como fazer subidas ao lado da bicicleta).

Existe o hábito de referir o percurso – também gostaria de fazer isso com a competência elevada que o outro substituto o fez, mas tenho grande atenuante – para registar teria que desviar mais algum fluxo para o cérebro, mas já estava tudo muito à justa para os músculos das pernas. Posso dizer que saímos do parque radical à hora marcada e chegamos ao Armando depois das 13. Passamos pela parte mais alta da curvachia, pela parte mais alta da tosel, a parte mais alta da maunça, a parte mais alta do trilho da panam e depois ainda subi o passeio antes do Armando (a subida da estrada dos marinheiros já foi depois da pretinha e já são contas de outro rosário).

Por fim reconhecer que os trilhos têm áurea especial – ficam lindos de morrer na RTP1 (ajudou muito não aparecer é um facto), mantém capacidade de receber muito bem novos elementos, e receber maravilhosamente os baldas que só vão de vez em quando (quem tem cu tem medo, por isso agora tenho de recuperar).

Grande abraço para os que estão a banhos e desejo de resto de bom fim de semana para os restantes.

António Mota (altura máxima)

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:40

Trilhos Sem Fim nos carreiritos da Caranguejeira

por Trilhos Sem Fim, em 28.07.19
C*****s do Sapos*

Às 8h33 perfilavam-se 12 Trilheiros (3 deles em e-bike) para rumar em direção à Boavista e Caranguejeira, trajeto indicado pelo AJ, que se comprometeu a guiar todo o pelotão, na linha da frente, utilizando todo o potencial que a sua e-bike pode dar a este grupo. Já à saída dos campos de Ténis, juntou-se a nós o casal PP e LC, que salientaram os 2 minutos antecipados da hora da saída.

Direcionando-nos para Santa Eufémia e depois para a Boavista fomos seguindo o estradão junto à Auto Estrada, num piso que normalmente não é a nossa escolha nesta altura do ano (geralmente aproveitamos o verão para visitar a pedra). 
 
Numa subida na zona dos Machados à bicicleta do RG deu sinais de "fadiga", avaria que se viria a confirmar cerca de 3km adiante e que o obrigariam a chamar a "Assistência em Viagem". O grupo era agora constituído por 13 elementos, que seguiram para a zona da Caranguejeira, trilhando belos carreirinhos, que muitos dos presentes não conheciam. Chegados a Caldelas, subimos até ao Miradouro (mais um momento C*****s do Sapos*) , para aqui fazer repetidamente um pequeno circuito.
 
Aqui e já com sentido descendente, começaram a surgir algumas conversas cruzadas que indicavam que a reposição de eletrólitos seria num local diferente e mais uma vez, guiados com mestria, o AJ indicou o sentido Freiria para alcançar o estradão junto à A1 do lado dos Pousos.
 
Como não podemos confiar nas indicações de altimetria desta malta das e-bikes, já registávamos 950m D+ em 45km aquando da reposição de líquidos, sendo que 4 Trilheiros, de forma a cumprir o protocolo dominical dos 4 dígitos de desnível positivo, fez uma incursão à Sra. da Encarnação e aproveitar mais uma descida.

C*****s do Sapos*  
 
 
*Sapo - Jargão Trilheiro que personifica uma bicicleta elétrica e o seu tripulante, que ostentam incomodativos sorrisos, em subidas acentuadas, perante colegas em visível máscara de esforço.
 
Nuno Gonçalo Santos

 

Trilhos da Caranguejeira

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:00

Trilhos Sem Fim e as 3 eBikes na Serra

por Trilhos Sem Fim, em 21.07.19
Trilhos Sem Fim e as 3 ebikes na Serra

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:59

Às 8h30 estava reunido um elenco de 10 Trilheiros e como o regresso não poderia ser retardado, estabeleceu-se como a hora da partida. O destino seria fazer o mesmo traçado da semana anterior, do passeio "Trilhos, Música & Sabores".

A partida foi dada em direção à Curvachia, começando pelos serpenteantes e frescos trilhos, que nesta altura se encontram sequinhos e prazerosos no seu trilhar. Daqui seguimos em direção ao Padrão e Martinela. O traçado apresenta excelentes e cuidados trilhos, muito bem requalificados e que merecem a nossa visita com maior a assiduidade. 

O destino seguinte foi o Arrabal, onde se procedeu ao reforço, tendo a maioria aceitado a sugestão da "Chef" e degustado um delicioso cannelloni de requeijão e amêndoa torrada. Já com a barriga forrada, o destino seguinte seriam os Mourões, aqui tivemos a aproximação ao solo do CM (devidamente documentada), apenas com pequenas escoriações e umas dores quando arrefecer.
 
Como havia sido prometido ao HM, o regresso seria feito pelo Galinheiro, o que "obrigou" a incrementar algum acumulado ao traçado (já por si, com um acumulado ascendente bastante notável) mas foi por motivos bastante positivos.
 
Chegados ao Vidigal, O RM (do alto da sua E-bike) sugeriu subirmos até ao Vidigal de Cima (para desespero do já fatigado CM) para fazermos mais um carreirinho engraçado. Aqui tivemos a companhia de um amigo do pedal, que mesmo em traje informal (e sem capacete) fez questão de nos acompanhar até Leiria.
 
Nuno Gonçalo
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:43


Sobre nós

Neste blog um grupo de amigos irão falar das suas vivências tendo como fundo uns passeios de bicicleta. À conquista da natureza, ganhando saúde.

MEO Kanal


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D


Visitantes = 160.000 +...