Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




15 de Junho 2008: Cercal e Ninho da Águia

por Trilhos Sem Fim, em 12.06.08

Um esclarecimento antes de mais comentários: Hoje quase não ouve quedas! A terem existido, foram escassas, o pessoal levantou-se, sacudiu o pó e seguiu como se nada, mesmo nada, tivesse acontecido. O assunto fica por aqui e não se fala mas disso!

 

Hoje saímos já um pouco tarde de Leiria e ainda fizemos uma paragem para o tradicional café. Chegámos aos Vales do Cercal e, orientados pela Edite e pelo Licínio, logo nos dirigimos ao trilho que nos levou a uma pequena descida que serpenteava por entre os pinheiros e os fetos. O grupo em uníssono reclamou, e com razão. Pela primeira vez iniciámos um passeio a descer. Estando nós habituados a subir, como é que isto poderia ter acontecido? Algo de muito grave estava, certamente, para acontecer!
O percurso não era difícil, mas exigia algum cuidado, sobretudo devido às depressões abruptas do terreno, que à menor distracção poderiam provocar, muito remotamente e muito pouco provavelmente alguma quedazita sem importância.
Foram cerca de 15 km com subidas e descidas, acompanhados por uma paisagem exuberante. No ponto mais alto do Cercal avistava-se toda a floresta envolvente que mostrava o tom verdejante da vegetação, que era abundante. Era floresta a perder de vista. Passámos por trilhos apertados ladeados por muito pinheiro e pudemos refrescar-nos e diminuir os efeitos do sol que teimava em aparecer por entre nuvens escassas. Cada nuvem que obscurecia o Sol proporcionava-nos a satisfação de sentir a passagem de uma brisa suave, mas fresca.
Sem nunca desmotivar fomos vencendo cada metro. Passámos por caminho perdidos no bosque, dos quais nunca tinha ouvido falar.
No fim de cada subida, uma descida maior. Foi dos melhores percursos que fizemos se tivermos em atenção a quantidade e qualidade das descidas.
Pedalámos sem medir esforços, desviámo-nos de cada pedra, de cada arbusto, de cada silva, mas o Ricardo não se desviou do Sérgio. Bolas…, não se fala mais disso!
Outra descida! Lá bem do alto avistava-se o trilho a serpentear colina abaixo. Descemos freneticamente. Para trás ficava o pó levantado do solo, agitado pelas rodas das bicicletas.
Junto do grande lago, cada um se deliciou com o seu reforço alimentar e todos nos deliciámos com as bolachas do Sérgio.
Alguém partiu a corrente! Entre a vegetação, foi a oportunidade que todos tiveram de socializar e aumentar a força do grupo.
No final, com as famílias à espera para a refeição de Domingo, decidimos terminar o passeio. Precipitou-se o regresso a casa, sem termos visitado o Ninho da Águia, mas fica a promessa da visita no futuro bem próximo.
Mais um bonito passeio!
Rui

 

publicado às 12:50


35 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 12.06.2008 às 21:07

Alguém vai ao Ninho no Domingo?
Sem imagem de perfil

De Tó Paiva a 12.06.2008 às 22:36

Lá estarei, para ás 11horas tomar um café.
Sem imagem de perfil

De Ricardo Martins a 12.06.2008 às 23:30

....eu acompanho! Um cafézito fica sempre bem antes, durante e depois de pedalar! Aliás andar de bike é a desculpa para tomar um café a meio da manhã :)

RM
Sem imagem de perfil

De Rui a 12.06.2008 às 23:36

Já lhe sinto o cheiro!
Que rico café.
Sem imagem de perfil

De Sérgio ferreira a 13.06.2008 às 00:14

Café não bebo.
Mas como as minhas bolachinhas!!!!
Eu mais alguns.
Em relação ao Ninho De Águia estive hoje com outro amigo, que conhece a volta e parece que é simplesmente espectacular.

Promete não se esqueçam que o transporte das bikes até á Carangujeira é de carro.


até lá não se esqueçam de serem felizes

Sérgio
Sem imagem de perfil

De Pedro Ferreira a 13.06.2008 às 21:55

Vamos nessa....
bebo cafe e como as bolachas de alguem
inté
Sem imagem de perfil

De Ricardo Martins a 13.06.2008 às 23:05

...alguem com sentido prático! :)
Sem imagem de perfil

De Artur Fernandes a 13.06.2008 às 21:56

No ninho da Águia aonde é o começo do passeio?
Junto á igreija,ou ao pé do restaurante?
É para começar a que horas?
Sem imagem de perfil

De Rui a 14.06.2008 às 16:57

Não sei o local, mas parece que é perto da Caranguejeira.
Certo é que vamos sair da rotunda junto ao Hospital de Leiria às 8:45.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 13.06.2008 às 21:56

Comentário apagado.
Sem imagem de perfil

De Rui a 13.06.2008 às 22:19

Isso é perguntar muito. Não sei onde é o ninho.
Saímos de Leiria às 8:45
Sem imagem de perfil

De Sérgio ferreira a 14.06.2008 às 14:54

Ei pessoal eu compreendo, a ansiedade!!!! pois este percurso está prometido ´JÁ A ALGUM TEMPO.

Mas o tempo de espera vai ser recompensado.

Confiem no (El GPS) e na nossa Guia EDITE e LICINIO.

Segundo informações fiáveis as descidas vão ser boas , as subidas optimas e o resto è surpresa.

Conto com o pessoal

até amanhã Sérgio
Sem imagem de perfil

De Tó Paiva a 15.06.2008 às 20:57

Foi LINDOOOOO........
Sem imagem de perfil

De Tó Paiva a 15.06.2008 às 21:18

Eh!Eh!Eh!.............
Sem imagem de perfil

De Graza a 15.06.2008 às 21:40

Onde estão as repetições e câmaras lentas !!!!
Imagem de perfil

De Trilhos Sem Fim a 15.06.2008 às 21:48

Não abuses da sorte.
Sem imagem de perfil

De Ricardo Martins a 15.06.2008 às 22:56

Pensava que eu e o Paiva é que tinhamos a exclusiviadade do mergulho.... no mar.
Atenção que isto não é um comentário jocoso nem é uma sacudidela de pó... ou mesmo remotamente algum comentário a uma hipotética pequena queda. Não, durante a próxima semana o assunto serão os mergulhos que poderemos fazer nas Berlengas ou Farilhões ou em qualquer barragem para os lados do Cercal, agora que se aproxima o bom tempo.

RM

Comentar post


Pág. 1/3



Sobre nós

Neste blog um grupo de amigos irão falar das suas vivências tendo como fundo uns passeios de bicicleta. À conquista da natureza, ganhando saúde.

MEO Kanal


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D


Visitantes = 160.000 +...