Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Ida a Monte Real em dia de Carnaval

por Trilhos Sem Fim, em 09.02.16

Neste dia de Carnaval, juntaram-se a nós alguns amigos dos Chou-Bikers, não para festejar o carnaval, mas sim para pedalar, porque o Touro de Domingo, não compareceu hoje! Deve de ter ido para outro desfile qualquer!

 

Pelas 8h30, e depois da visita do nosso repórter e “expert tire” que desta vez não nos acompanhou por falta de montada! Arrancámos do Parque Radical, oito companheiros com vontade de pedalar e de apanhar alguma laminha. A volta de hoje pretendia-se “higiénica” como costumamos dizer, para que acabássemos mais cedo que o habitual, e assim foi. O destino foi proposto pelo Armindo e logo aceite por todos, pelo que, orientados por ele, e muito bem, dirigimo-nos para os lados de Monte Real, pois há muito tempo não visitávamos aqueles trilhos. Levou-nos por trilhos alguns já nossos conhecidos, mas na sua grande maioria novos para os companheiros dos Chou-Bikers. Apesar do tempo prometer chuva e de nos ter assustado quando os despertadores tocaram, a manhã foi impecável, apenas uma pequena “burranha” e passageira.

 

As fotos da praxe e a hora da banana foram no parque das termas e de seguida no castelo de Monte Real. O regresso a Leiria fez-se passando ainda pelo parque de merendas e descendo junto à linha de combóio. Um telefonema a meio da nossa volta, do amigo Amílcar, ditou o destino final da nossa volta de hoje, havia que regressar a Leiria e degustar um belo dum pastel de nata, acompanhado dum belo licor, como nós gostamos, e servido no passeio em frente à sua loja, as Modas Lena! Excelente final de manhã, em boa companhia e uma boa voltinha com cerca de 40Km.

 

Até amanhã para quem for à Torre ou até quinta-feira se não chover!

 

Cláudio Costa

  

20160209_102027

 

 

 (Se por vezes é necessário "empurrar" a tarefa da escrita, desta feita 2 de nós tomaram a iniciativa : ) - como já estava escrito fica aqui outra versão a jeito de complemento)

 

Mascarados esta 3ª feira não houve…

mas no fim da volta estávamos algo camuflados… na cor lama.

 

Pelas 8.30h estava já o grupo composto, no Parque Radical… 3 parceiros dos Chobikers e 5 TSF’s.

Sabíamos da chuva da véspera e do estado de lama de muito dos trilhos que nos são tão familiares. Pedra molhada da serra também não era opção. ..

 

A sugestão proposta e aceite era seguir rumo a Monte Real. Assim foi! Orientamos por estradões e caminhos que no todo ou em parte foram novidade para a maioria. Mesmo os troços de areia foram facilmente ultrapassados, pelo fato de estar molhada.

Corremos toda a extensão do Polis, atravessamos na ponte de ferro mais rústica que existe sobre este rio. Orientamos por estrada rolando livremente até ao cruzamento das águas do Mondego. Daqui para a frente apenas de quando em quando, por breves metros, voltávamos a pisar alcatrão. Beira rio desviamos para Amor, iniciávamos subida da colina quando um dos companheiros se sentiu menos bem… Problema de capacete : ), resolvida a questão subimos por serventias de pinhais até ao topo, descendo por single e caminhos até a Serra do Porto d’Urso.

 

Persistia um problema de perca de ar da roda de uma das bikes… urgia “apanhar” uma bomba de gasolina. Assim fizemos mais uns singles novos, ora virando à esquerda, ora à direita, sem que a maioria do grupo soubesse muito bem onde estava, mas com diversão garantida… e eis que estávamos em Monte Real, para a paragem nas ditas bombas. Resolvida a questão seguimos até às termas para apreciar a paisagem e para a hora da banana!

Novos trilhos e singles urbanos e direccionamos para o Castelo da vila. Seguiu-se uma descida fantástica, passagem sob uma ponte e estação da CP de Monte Real e rumamos por caminho novo para apanhar um troço da beira rio, no sentido de Leiria.

 

Metros à frente novo desvio, para uma passagem pelo Parque da Lagoa, na Ortigosa, e novos trilhos até à pista de modelismo. Descida rápida em zona de pinhal e de novo junto da linha de comboio orientamos beira rio a bom ritmo até à cidade de Colipo.

Surpresa das surpresas, havia já quem tivesse feito convite para passagem pela loja das Modas Lena – um companheiro dos chobikers aguardava por nós com uns deliciosos pastelinhos de nata e uma garrafa de Porto à maneira. Que bom! Quem age assim é boa gente : )

 

Após a foto da praxe foi tempo de regresso a casa, com a satisfação de uma manhã óptima de BTT, em trilhos novos, pouca lama e muita diversão.

Próxima 5ª feira à noite há mais, e no domingo de manhã repete a dose!

Boa semana. Até à próxima!

D'Armindo

publicado às 16:32

TSF a Pia do Urso em dia de Carnaval

por Trilhos Sem Fim, em 07.02.16

Os TSF e a Pia… e o Carnaval.

 

Se todos os caminhos vão dar a Roma…

é igualmente verdade que todos os caminhos vão dar à Pia do Urso.

 

Eramos 14 à saída. Contamos com um companheiro novo, Leiriense, que sendo seguidor do nosso blog há alguns anos, resolveu juntar-se a nós hoje. Benvindo Gonçalo! É verdade que pedalar com companhia, é melhor que fazê-lo sozinho… e então com este grupo melhor ainda!

A estreia do Gonçalo foi logo a “matar”!

Cardinhos orientou e muito bem, a volta de hoje. Tendo chovido no dia anterior, o objetivo foi evitar locais com demasiada lama – isto só não foi de todo verdade por interseção final do RG, mas tínhamos de provar ao chegar a casa que tínhamos efetivamente feito BTT. Daí o destino escolhido ter sido a Pia do Urso, e daí a escolha de caminho diferente para lá chegar tenha sido uma agradável novidade.

Dominaram os estradões, e a boa disposição. Seguimos até as Fontes, e daí para cima em variante diferente que nos levou à Torre. Subimos às Eólicas, e orientamos para S. Mamede – subimos, subimos, subimos.

 

Já na Pia foi local para retemperar forças, com o tradicional pastel de nata e café, muito bem servido – atendimento ao nível.

Foi aqui que o Max. Encontrou a homónima, igualmente armada com uns ornamentos à cabeça… claro está impôs-se da foto da praxe.

 

Regresso feito pelos moinhos, sendo que na Torre, deixamos de ser 14, para passar a ser 10 – dado que havia os mais apressados que queriam chegar mais cedo a Leiria. “Sorte” destes que tendo mais tempo, ao chegar à Torre cruzaram com Manuel dos Choubikers, e não puderam sair de lá sem passar pela cave, para atestar se a ginginha tomada naquele local continuava a ter o sabor especial do costume. Atestado está que sim!

 

Remate da volta no Armando já depois das 13h.

Uma ótima manhã… e disse um passarinho que na próxima 3ª feira (dia de carnaval), se juntará um grupo no parque radical, pelas 8.30h, para voltar a pedalar.

Foi uma volta estranhamente silenciosa... nem ninguém ralhou... não parecia normal :).

 

Viva a boa disposição!

Boa semana!

 

D’Armindo

 

P1100424

  

 

publicado às 23:00

Pág. 2/2



Sobre nós

Neste blog um grupo de amigos irão falar das suas vivências tendo como fundo uns passeios de bicicleta. À conquista da natureza, ganhando saúde.

MEO Kanal


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D


Visitantes = 160.000 +...