Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Trilhos Sem Fim sobem à Pia do Urso

por Trilhos Sem Fim, em 27.01.19

Eu sei que já se passou uma semana, e estava em falta com a crónica, as minhas desculpas, mas a semana foi complicada, mas como diz o velho ditado, mais vale tarde do que nunca e porque este grupo e este blog merecem um crónica todos os domingos, ela tem de ser feita, é imperativo!
Pelo que me lembro foi uma excelente manhã de BTT, com bom tempo, apenas uns escassos pingos para assustar, e uma dúzia de trilheiros que para além de chapinharem nas possas (em particular 2 deles!), se deliciaram a fazer vários singles tracks. Que eu classifico como muito desafiantes, aliás se tivéssemos mesmo juizinho do bom, sabendo dos perigos desses trilhos enlameados certamente nãos os desceríamos, mas ao domingo de manhã somos todos crianças por isso lá fomos nós, correu tudo bem, ninguém caiu e deram muito gozo :) Mas esperem lá, que nem tudo foram rosas, para os descermos… – ainda me estou a lembrar do trilho ao sair da Pia do Urso, que estava mesmo perigoso, são mesmo malucos estes TSF’s – mas como ia a dizer, para os descermos, tivemos de subir e muito, foi até humilhante para muitos de nós, pois o amigo Rui Gaspar, que tem andado um pouco cansado e mais na cauda do grupo, liderou as subidas na sua nova montada. Apresentou-se no PR com uma bicicleta nova de 29” a título de empréstimo, e não sei se a vai devolver, pois aquilo devia ter motor, só pode… Mas, os 2 trilheiros fieis às 26” surpreenderam, chegando à Pia do Urso à frente de todos e com o tal espirito de pirralhos traquinas que “vestimos” aos domingos, troçaram dos colegas de roda grande e atrasados :) No regresso passámos pelo trilho da pedreira, o qual não fazíamos há muito tempo. Houve o reforço de electrólitos a meio sempre patrocinado pelo nosso alquimista e no final no local habitual, para lá chegar houve nova maluqueira, o sprint do costume para abrir o apetite!
Como sabem, escrevo esta crónica, hoje domingo de manhã, uma semana depois, no quentinho de casa e com uma gripe que me impediu de vos acompanhar hoje, ou seja, escrevo-a com inveja pois lá fora está frio mas um solinho espetacular para andar de bike e eu aqui fechado ☹

PS: Este repórter por escrever tardiamente, teve de ser lembrado da queda do RM na qual magoou o pulso. Espero que já esteja recuperado!


Cláudio Costa

 

Trilhos Sem Fim na Pia do Urso

publicado às 20:04

Trilhos Sem Fim sobem até São Mamede

por Trilhos Sem Fim, em 20.01.19

12 eram os Cavaleiros,

Melhor… 11 e uma Lady.

Que liderados pelo Grão Mestre Cardinhos

Partiram à descoberta de Trilhos.

 

Envolvidos pela beleza,

Dos caminhos, do frio matinal

no rosto o calor do Sol, já se sentia!

 

Para trás ficara o Parque Radical,

e as 8.30h, horário de partida…

Subindo rumo às Fontes,

A roupa já se despia.

 

Passando pela Torre,

Com o treino das subidas anteriores,

Preparava-se a escalada

Que a Serra à frente exigia.

 

Alternando entre Vales e Montes,

Nova paisagem se descobria

Indiferentes ao cansaço

Impulsionados pelo café da manhã, o grupo seguia.

 

Em São Mamede foi feita essa paragem,

encontrando parceiros de Pedal.

O tema de conversa foi o habitual

Entre sorrisos e alguma folia!

 

Rumando de regresso a Leiria,

O final da manhã já se antevia.

Havia que aproveitar, os singles e fantástico pinhal,

Que a casa nos conduziam.

 

Uma fantástica manhã,

De amigos, porção mágica e javalis…

Nada melhor para revigorar,

Que este tratamento, moderado, continuado de exercício e alegria!

 

Boa semana!

D'Armindo

 

 

Trilhos Sem Fim sobem a São Mamede

publicado às 22:31

Trilhos Sem Fim na Sra do Monte

por Trilhos Sem Fim, em 13.01.19

Às 8h35 descia pela encosta o nosso Diretor, que criamos fosse o sinal para arrancar para mais uma jornada. Esta já com destino definido, votado e validado por alguns dos membros. Contudo, problemas na válvula de um dos pneus da bicicleta do RG atrasaram a sua chegada e do RM, assim como a perceção do CM de que deveria colocar mais ar nos pneus da sua montada. Indecisão para trás e para diante, atrasaram o processo de engrenagem em mais de 20 minutos (Fica a nota para um tutorial de cuidados a ter em véspera de volta) e levou à colocação em prática de um Plano B, encabeçado pelo Tyre Expert que, como era dia de praxe para o estreante CL, encaminhou o trajeto para o sentido ascendente.

No caminho das Fontes do Lis, hoje resolveu-se subir o Canário, que permitiu "arrefecer" as primeiras conversas (quando se sobe não se fala!) e aquecer o corpo, visto que os termómetros marcavam 0ºC. 
Atravessando a nascente do Lis encaminhámo-nos para a Senhora do Monte, onde palmilhámos até às "Varandas", cenário que permitiu registar as sempre fantásticas imagens que o local proporciona e onde se procedeu à degustação da destilada, cortesia do laboratório do RL.
Daqui seguimos até à Chainça, para a degustação do reforço e encetarmos o sentido descendente, uma vez que já estávamos com quase 800m de desnível positivo e tínhamos percorrido menos de 20km. 

Sinopse

Trilheiros: 14
Destino: Senhora do Monte
Distância percorrida: 36km
Subida acumulada: 835m

Estreantes: 1 (CL)
Aproximações ao solo: 2 (sem consequências)

Paragens para degustação de destiladas: 1 
Frio: Muito (atenuado pelo percurso ascendente)

Avarias preliminares: 1

Avarias no decorrer da volta: 1

Nível de prazer, amizade e companheirismo: +++++

Ao fim da primeira tranche de descidas, apanhámos o Trilho dos Costaneiras em sentido ascendente (onde o relator deixou uma figueira) e o, hoje repórter, CM empenou o desviador traseiro. Após alguns minutos de espera (e porque não é de todo estranho o amigo CM tomar o rumo diferente dos restantes) um grupo desceu ao seu encontro e confirmou o cenário de avaria, cujo veredito seria dado pelo Tyre Expert com a quebra do dropout. Ficámos aqui, com muita pena nossa, sem o repórter do dia, perdendo a sua parte favorita da manhã - a descida. Em "homenagem" à sua ausência, resolvemos fazer um conjunto de espetaculares trilhos descendentes, que incluíram a frenética descida do Vale Maninho, finalizando a etapa na serpenteante mata da Curvachia (onde o Cartógrafo oficial plantou também a sua figueira do dia), que dada a ausência de precipitação se encontrava sem lama e com o seu inigualável nível de diversão para quem lá pedala!
Nuno Santos

 

20190113 sra monte

publicado às 22:14

Trilhos Sem Fim na montanha com passagem na PanAm

por Trilhos Sem Fim, em 06.01.19

Quis o calendário que a primeira "domingueira" de 2019 decorresse no dia de Reis.

As previsões meteorológicas anteviam uma manhã gélida, pese embora soalheira, situação que não assustou o nosso HM, que compareceu, valentemente, de calções (antevendo, quiçá, uma jornada ascendente). Destaca-se também o anunciado regresso do LC, que apresentou um ponto de forma bastante interessante, dado a longa paragem. Esperemos pela continuidade!

Sinopse

Trilheiros: 11
Destino: Perulheira
Distância percorrida: 40km (incluindo a visita à garagem do RL)
Subida acumulada: 875m

Trilheiros regressados: 1 (LC)
Suaves aproximações ao solo: 2 (sem consequências)

Paragens para degustação de destiladas: 1 
Frio: Muito (atenuado pelo percurso ascendente)

Faxes enviados: 1 (Com antena levantada)
Nível de prazer, amizade e companheirismo: +++++

Sem destino decidido, possivelmente pela ausência do Cartógrafo Oficial, o Tyre Expert recomendou seguir o trajeto da última noturna, fazendo os devidos ajustes in-loco, durante o trajeto. Assim, subimos em direção à Barreira e aqui nos encaminhámos para a Torre, onde constatámos que dois dos elementos ainda não haviam desfrutado do Trilho da PAN'AM, pelo que ficou psicologicamente alinhavado, que por lá passaríamos hoje. 

Em jeito de praxe, para o regresso do LC, aos 13km, o acumulado de subida já ascendia aos 550m, contudo, este não se negou a qualquer subida. Na paragem para esta contagem, o RL brindou o grupo com um aromático e delicioso destilado. 

Daqui encaminhámo-nos para a Perulheira, onde, no repasto, pudemos degustar deliciosos pães com chouriço e com torresmos. No seguimento do repasto, aproveitámos a orgânica da data para pousar junto do Presépio para a foto dos Reis.

No regresso, continuámos a saga ascendente no encalce do prometido Trilho da PAN'AM, que, fruto da abundante passagem de ciclistas, se encontra espetacular nesta altura do ano. Aqui aproveitámos para "repor a verdade" com uma foto integral de "bem vestidos". 

A descida hoje fez-se pela pedra e depois pelo trilho das Fontes, onde no caminho ficou registado o momento em que o CMax chegou ao patamar de esperar e incentivar o CC, por estar em pior forma. Crê-se que foi inédito!

A reposição de eletrólitos hoje foi realizada na garagem do RL, com prova de várias licorosas e destiladas caseiras, de altíssimo calibre, que demonstram as valências e a utilidade de uma Licenciatura em Eng.ª Química.

Nuno G Santos

Nota: Ficou deliberado e aprovado pela unanimidade dos presentes que bimestralmente se irá fazer uma volta "fora do quintal", que poderá incluir pernoita.

20190106 pan am e montanha

publicado às 17:43


Sobre nós

Neste blog um grupo de amigos irão falar das suas vivências tendo como fundo uns passeios de bicicleta. À conquista da natureza, ganhando saúde.

MEO Kanal


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D


Visitantes = 160.000 +...