Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Os TSF na descoberta de novos trilhos!

por Trilhos Sem Fim, em 28.02.22

Pelas 8:30h, no PR, local e hora de encontro habitual, preparávamos o “Voo” deste domingo!

A alusão a “Voo” pois foi uma ideia presente, da volta do domingo anterior e ainda motivo de algumas conversas e gracejos… neste grupo, o humor é uma presença que caracteriza os TSF. Não tendo havido gravidade maior, “Perde-se o amigo… mas não se perde a Piada :)!”

A fama das voltas TSF e espírito de grupo que se vive, levado à participação de muitos, nestas voltas domingueiras… Sendo hoje 20 BTTistas!

O nosso orientador, JC tinha, já algo previsto na manga, e muito ajustado ao grande grupo de hoje, em que não se fez sentir essa dificuldade, na opção.

Fugimos da Serra, e alguns comentavam, hoje teremos altimetria mais baixa… Desenganem-se! …

Orientamos para trilhos e estradões que não eram feitos há muito (6 anos de acordo com o histórico de registo de alguns equipamentos GPS)! E a par disso muito trilhos e serventias/estradões novos. Rumamos direção ao Planalto e daí para os Andrinos e Quintas do Sirol, Machados e Agodim, indo parar às Colmeias para uma curta pausa de reforço numa pastelaria local.

Aqui O nosso Companheiro Nelson, local que conhece bem os cantos, liderou por trilhos de pinhal técnicos, serpenteando colinas abaixo entre pinheiros, raízes e rampas de salto fabricadas. Singles muito divertidos de fazer!

Após a resolução de um furo e da despedida de alguns companheiros que precisavam estar mais cedo em Leiria, fez-se mais uma descida para o adeus, orientando após para a nossa cidade, pois a hora ia já adiantada!

O JC orientou da melhor forma, pelo que o regresso foi bem aproveitado, com passagem pela Longra, Fonte do Oleiro – Boa Vista e Santa Eufémia!

Houve quedas sem consequência, nem todos os “Voos” são foto ou vídeo registados! :)

Alguns elementos foram neste regresso rumando, na passagem, para aos seus lares, e outros mais resistentes cumpriram o ritual de reposição de proteína e hidratação, na CA!

Que ótima manhã de BTT! A chuva não dá infelizmente sinal, contudo alheios ao nosso controlo, o grupo aproveita as circunstâncias que são dadas da melhor forma!

Aprox. 50 Km e 950m D+.

Esta semana até 3ª, 5ª ou domingo!

Boas pedaladas!

David Armindo

TSF 20220227

publicado às 10:39

O voo do "condor"

por Trilhos Sem Fim, em 22.02.22

O Sol e as temperaturas de 25º não são usuais em Fevereiro e mesmo não sendo de todo benéfico pelos mais importantes motivos, para BTTar é bastante agradável!Aproveitando o que nos é dado, foi abundante a afluência de Trilheiros, contando hoje com um par de jovens esperanças e um internacional Belga, que mostrou ser um verdadeiro foguete a subir (já no sentido descendente a conversa foi outra mas que se compreende pela parca experiência em terrenos com a sinuosidade do nosso "quintal").

Comandados pelo Cartógrafo Oficial, o treino de subida estava garantido e assim foi pela Curvachia acima e até ao Miradouro de Caldelas. O sentido ascendente continuou, por caminhos conhecidos, até Santa Catarina da Serra, onde fizemos a pausa para o reforço e aproveitamos para sondar os novos elementos acerca da qualidade da volta.A partir daqui encaminhamo-nos para a parte que todos ansiamos domingo após domingo e que é o usufruto do ascendente que fazemos, a materialização em descidas! O Cartógrafo apresentou alguns trilhos novos e outros menos visitados e foi num serpenteante trilho a seguir ao Vale Maior que se deu o momento cénico da manhã, em que a caruma fintou a Dourada do CC e finalmente pôs à prova as joelheiras (que passaram com distinção no teste).

A qualidade de um repórter avalia-se também pelo feeling de estar no local certo à hora certa... e o CMáx revelou esse talento! Felizmente o momento não teve consequências físicas (nem no ego), assim como o teste de solo que o nosso internacional Belga também havia feito imediatamente antes (faz parte e requer continuidade e mais visitas a solo lusitano!).

Daqui seguimos em direção ao Arrabal, onde reagrupamos depois de no Vale Maior 3 elementos terem ficado para trás. Estando no Arrabal e sendo a manhã soalheira, quase que se ouviu em uníssono a palavra "GALINHEIRO"... e lá fomos degustar este trilho que tanto adoramos e que pelos vistos também nos adora, ou não tivesse o RG sido abraçado por um ramo que o fez testar também a rigidez do solo (felizmente também sem consequências).De barriga cheia mas meio desidratados, seguimos até à CA para a merecida reposição de eletrolitos. 

Nuno Gonçalo Santos

 

TSF 20220220

 

 

publicado às 22:05

8,30h, domingo dia 13 de fevereiro de 2022, no Parque Radical, como habitual! Como habitual mas um pouco mais… hoje eramos um grupo grande a pretender aproveitar a ótima manhã! Juntou-se aos TSF, alguns elementos dos CHOUBIKERS. Pode dizer-se com aplicação de algum calão, que eramos “Bués”… Já tínhamos arrancado do PR, rumo à Ponte Cavaleiro, quando aos “Bués”, se juntou um grupo da ARDOG, que eram metade dos “Bués” anteriores :). Em suma, ficamos um grupo “Bué, bué” grande.

Tudo isto teve uma razão de ser. Verdade que havia no ar um convite do Carlos dos CHOUBIKER, para que nos juntássemos a ele, na Pia do Urso, S. Mamede, Batalha, a fim de podermos celebrar com ele o seu 61º aniversário.

Desta feita o nosso guia JC conduziu o grupo, para fazer a estreia de um trilho novo para todos. Quando alguns mais atrás diziam “É por aqui!!”, o nosso JC orientou por onde não é habitual, quando se quer tomar a direção que pretendíamos, e nos levou a descobrir um “miminho”. Esse miminho conduziu-nos de novo, ao caminho das Fontes, que tornamos a desviar, subindo o monte do restaurante “O Canário”. Na chegada às Fontes o grupo já contava com mais de 250m D+.

Daqui o nosso líder foi progredindo, mas num grupo deste tamanho é difícil que o mesmo não “parta” e assim entre as Fontes e a Torre o grupo dividiu-se em 2, voltando a reencontrar-se no Reguengo do Fetal.

Pouco depois das 10:30h estávamos na Pia do Urso, parabenizando o Carlos. Foi um bom momento, com um ótimo acolhimento e reforço para a 2ª metade da manhã. Com direito a um bolo de aniversário, em formato nunca visto (com 61 pasteis de nata)!

Daqui aproveitamos o “Trilho do Pisco”, na saída para S. Mamede, onde passamos, orientando por estradões e singles Top, até ao PR5 no sentido Cortes. Todo este regresso num registo mais rápido e divertido.

Foi uma manhã 5 *****, que culminou no local habitual – CA, onde se fez o resumo e partilha de experiências e momentos vividos no percurso de hoje com mais de 50km e 1000m D+.

D’Armindo

!!!! Não esquecer deixar um LIKE !!!!

publicado às 15:53

Volta algures por ai

por Trilhos Sem Fim, em 11.02.22

Saímos do local e à hora do costume, com a malta que apareceu, e com destino definido no momento. Isto para dizer que aguardamos quem faça o texto.

FOTOs

TSF 20220206

VIDEO

Desta vez não haverá video, por questões técnicas.

publicado às 08:54


Sobre nós

Neste blog um grupo de amigos irão falar das suas vivências tendo como fundo uns passeios de bicicleta. À conquista da natureza, ganhando saúde.


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Visitantes =



Últimas voltas

Activities for Trilhos Sem Fim (Cláudio)

arquivo TSF no komoot


Países Ciclados

Create your own visited countries map or check out the JavaScript Charts.


Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2012
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2011
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2010
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2009
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2008
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D