Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Fim de Semana da Liberdade

por Trilhos Sem Fim, em 27.04.22

Visita à Amazónia

...

TSF 20220424

 

2ª Feira - Visita às Salinas de Rio Maior

Hoje foi dia de superação!, por David Armindo
Atravessamos por 2 vezes a nossa Serra d’Aire e Candeeiros, Leiria - Rio Maior - Leiria.
Superação no conjunto distância/acumulado feito (tendo já feito maiores distâncias, conjugando com o acumulado torna-o um recorde pessoal).
De superação porque este grupo de amigos que se conhece há muito, está sempre presente no apoio mútuo, não ficando ninguém para trás. 🙂
Superação pois a concretização deste desafio, serviu de preparação e experiência para um outro maior, que se avizinha.
Obrigado pela oportunidade criada e companhia, aos trilheiros Rogerio Monteiro, Cláudio Costa e Helder Malheiro
Bem hajam!

por Cláudio Costa
O dia foi aproveitado para fazer uma volta de BTT um bocado maior que o habitual, volta de dia inteiro na companhia de mais 3 amigos, desde Leiria até às Salinas de Rio Maior e regresso, atravessando o parque natural da serra de Aire e Candeeiros. Volta grande e com subidas grandes, durinha! Mas com a compensação das belas paisagens serranas.

TSF 20220425(2)

 

publicado às 22:49

OS TSF em dia de Páscoa'22!

por Trilhos Sem Fim, em 17.04.22

Hoje dia de Páscoa, um grupo de trilheiros aproveitou a manhã da melhor forma…

Era-mos um grupo menor que o habitual, mas determinados a aproveitar esa manhã de domingo de Páscoa da melhor forma possível.

Hoje o nosso guia seria o Amílcar! E que boas surpresas ele foi conseguindo ao longo da manhã, muitos ovinhos de Páscoa, para o pequeno grupo,

Verdade que uns “ovos” foram mais fácil de aproveitar que outros!

Saindo do parque radical, apanhamos o primeiro “ovo” com a subida junto da circular sul de Leiria. Para mim a primeira vez que a consegui fazer na totalidade sem desmontar :) … e orientamos assim para a zona dos Pousos, sem lá chegar.

Posteriormente entramos na Curvachia, e sucederam-se um conjunto de trilhos feito com menos frequência, e tão divertidos! Foram sistematicamente encadeados, num sobe e desce, contínuo e bem divertido!

Sendo Páscoa, e independentemente de nesta época, os ovos serem associados aos coelhos, por norma, não fizemos a coelheira, mas sim a subida do galinheiro.

Sucedeu-se Martinela, Parracheira, e o Miradouro de Caldelas, sempre com uns “ovinhos” pelo meio. Um destes incluiu a perda do parafuso da bike do nosso guia. Situação prontamente resolvida, com a substituição do parafuso em falta de hoje, por uma chave sextavada e uma serrilha plástica, com o apoio do “Maxim” da Ucrânia que pedalou connosco. Temos trilheiro :)!

Daqui rumamos ao Lapedo, e do Lapedo até à Longra para posteriormente orientarmos para Leiria, via o longo trilho do hospital, que nos deixou nas Olhalvas.

Recordar que visitamos hoje dois carvalhos de referencia, um na Curvachia e outro na Longra, tendo sido feito registo de imagem em ambos os locais.

Os cafés, pastel e “aditivo” de hoje ficou por conta do nosso guia, assim como as minis de remate de volta, não se cumprindo a tradição da “CA”, por desconfiarmos que hoje estaria fechada!!

Uma manhã de ótimo tempo, e que ficará na memória de Páscoas futuras!

Obrigado pelos trilhos e diversão de hoje!

Feliz Páscoa a todos!

David Armindo

TSF20220417

publicado às 20:52

OS TSF foram à ANTA!

por Trilhos Sem Fim, em 14.04.22

Mais uma manhã de Domingo, aproveitado, em Espírito TSF!

Tão bom, que a semana que se segue, fica logo melhor .

Desta feita, fomos até à ANTA.

TSF.jpg

publicado às 10:05

Os TSF na "Volta dos Regos"

Domingo, 03.04.2022

por Trilhos Sem Fim, em 06.04.22

À volta do Regos

     Andamos com o Hélder desmoralizado pela ausência de pocinhas para molhar a malta (desenrascou-se com o Bidon). Os regos cavados nos trilhos vão secando criando desafios acrescidos à técnica dos Trilhos Sem Fim, resultado: Trilhos Sem Fim - 13 Trilhos – 2.

O Cardinhos teve um especial talento em ir agarrando uns paus com o desviador, um até com o pedal, contei 5.

Sempre bem guiados pelo Cardinhos, subimos até à Cruz da Areia para ver os arredores do Regimento de Artilharia com paragem mecânica antes da chegada ao Casal de Mil Homens para colocar o sensor do motor da bike do Michel. Seguindo para a Cumeira, Sobral, Rio Seco e abastecimento no Reguengo do Fétal com direito à Ginja do Amílcar. Para não desanimar a malta, subimos em direção à Pan Am pelo trilho sul e descer Barrosinha. A seguir à Piqueiral descemos o  trilho espectacular do Moleiro. Já a caminho de Leiria, um pequeno desvio para fazer a descida Pedra para a Nascente do Rio Lis onde houve dois foras de estrada sem grandes estragos a registar. 

Para fugir ao alcatrão, a seguir às Fontes fomos pelo trilho de terra para fazer o descida do Canário e rolarmos a alta velocidade pelas Cortes até Leiria para a merecida imperial preta na Cervejaria Armando.

O meu agradecimento vai para o Grazina que me amorteceu a queda, disse a Paula, e bem, que és um amigo fofinho e para o Emanuel e o Rogério que me deram uns Watts acrescidos nas subidas, a idade começa a pesar-me.

Fica a dica em aromatizar a água dos Bidons com Ginja, o poder é outro.

 

PauloChaCha

 - GPX - 

publicado às 15:42


Sobre nós

Neste blog um grupo de amigos irão falar das suas vivências tendo como fundo uns passeios de bicicleta. À conquista da natureza, ganhando saúde.


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Visitantes =



Últimas voltas

Activities for Trilhos Sem Fim (Cláudio)

arquivo TSF no komoot


Países Ciclados

Create your own visited countries map or check out the JavaScript Charts.


Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2012
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2011
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2010
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2009
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2008
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D