Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Abençoados por uma manhã de sol partimos com a ideia de visitar os trilhos da Maceira. No percurso devíamos aproveitar os carreiritos disponíveis. O primeiro saiu do alto do monte e levou-nos à estrada da Barosa perto da Ponte das Mestras.

Na quinta da Barosa tentámos encontrar uns trilhos novos, há alguns anos trilhados pelas tropas de Massena!!! O nosso GPS tinha essa informação.

Depois de uma pequena incursão no bosque e de algumas indecisões, "decidimos" subir o trilho que há instantes tínhamos descido, não sem antes evocarmos uma história do local, que fiquei de contar neste texto. Aqui vai: No dia 2 de Outubro de 1810 deu-se na Barosa o terrível recontro entre as tropas de Massena e o exército anglo-luso que vindo do Buçaco se dirigia a Lisboa. As forças de Massena foram derrotadas. Dessa época ficou a lenda do Tesouro da Barosa: reza a lenda que na altura das Invasões Francesas teria sido escondido um valiosíssimo tesouro na Quinta do Capitão Artur Lobo de Campos. Muitos anos mais tarde, um criado da confiança da família Lobo, mudaria o cofre que guardava o tesouro para outro local que não chegaria a revelar, pois terá morrido antes de o poder fazer. Na década de 70, do séc. XX, fizeram-se obras de restauro na propriedade e habitação que se supõe ter sido do caseiro, aparecendo diversas lajes levantadas. Debaixo de uma estava um buraco vazio, onde deveria ter estado uma caixa metálica de onde se presume ter sido levantado o referido tesouro por desconhecidos. Quem terá ficado rico?

Nós ficámos ricos porque continuámos o nosso passeio, como o fazemos todos os domingos, desta vez até à Maceira. Percorremos os trilhos da Maceira, fizemos uns saltitos e regressámos inteirinhos.

Até Domingo.

Rui

publicado às 21:10

Trilhos Sem Fim, o grupo BTT foi à Maceira

por Trilhos Sem Fim, em 27.12.09

Neste último Domingo do ano, o frio e a ameaça de chuva, não foram suficientemente intensos para desmobilizar o grupo BTT "Trilhos Sem Fim".

Agora sem EL GPS, o grupo foi orientado por outros trilheiros que fizeram questão de mostrar com se orienta um grupo de 12 bttistas, sem a menor hesitação!

Em uma ou outra ocasião o antigo cicerone em fase de renovação, El GPS, ainda lançou uns palpites destabilizadores, mas perante a firmeza das directrizes emanadas pela equipa de orientação lá se deixou levar.

Subimos da Guimarota até ao Quartel e logo tivemos o primeiro e único incidente mecânico. Foi tempo de pausa para alguns recordarem os tempos da juventude passados na "tropa", precisamente naquele quartel. As tropelias de alguns, os castigos de outros, o saltar a rede de segurança, as camas à espanhola, mas sobretudo a recordação da irreverência da nossa juventude.

Em direcção à Mourã ainda conseguimos descobrir um pequeno trilho novo. Sempre em ritmo de passeio, com muita conversa pelo meio, subimos os trilhos enlameados dos Parceiros e quando dei por mim, já estava parado num pequeno café da Maceira para tomar o reforço e degustar o chocolate do Rui L. As raparigas, duas desta vez, estiveram sempre com um bom ritmo, quer no pedal, quer na conversa, o que é digno de louvar, porque se se deixassem influenciar pelo rapazes, estariam sempre na conversa! (eu escrevi rapazes, dá ares de mais novo, não é?). Pois!

Finalmente chegámos aos carreiritos do bosque de carvalho na Maceira. Serpenteámos pela mata, descemos e subimos. Até saltámos aquele pequeno, mas muito difícil, degrau. O Cláudio ia saltando, mas como tem responsabilidades lá em casa, jogou pela segurança. Ainda se lembra do ataque ao solo lá para os lados das Cortes e isso protege muito o corpo.

Já satisfeitos resolvemos regressar, mas aproveitando todas as descidas, sobretudo aquelas em novos trilhos.

Terminámos mais um ano de BTT sem acidentes É isso que desejo para o próximo, acompanhado de muita diversão, em segurança.

Até ao próximo ano, ... até domingo!

Rui 

publicado às 16:50

O grupo era grande, mas pontualmente às 9 horas, partimos em direcção à Maceira.

De modo a poupar tempo, para aproveitar melhor os trilhos da Maceira, atalhámos os carreiros e fomos por estrada até à Azóia. Entrámos no pinhal e logo deparámos com os dois primeiros obstáculos. Duas subidas, que apesar de pequenas, eram um pouco íngremes, mas apesar de tudo não inviabilizaram a passagem da maioria dos "atletas".

Sempre a pensar no trilho da Maceirinha, passámos Pernelhas e Maceira. Já na Maceirinha, em fila indiana, fomos deslizando um após outro através do carreirito que serpenteia ao lado do pequeno riacho, sempre protegidos do sol pela abundante vegetação. Uma maravilha, que justifica a ida até à Maceira.

De regresso ao grupo, após uma curta convalescença, o Valter levou o pessoal ao quartel dos bombeiros da Maceira e com prazer manifesto pagou a rodada de café. Obrigado!  

Ainda faltava visitar o bosque de carvalho perto da Maceira. Fomos lá e aproveitámos bem os carreiros e as pequenas descidas.

De regresso fomos desafiar as leis da gravidade naquela rampa que desce do carvalhal até ao caminho rural. O repórter estava lá, mas não quis filmar as duas "pequenas" quedas.  As duas em grande estilo. Uma a deslizar monte abaixo e a outra a voar com um mortal encarpado. O repórter censurou, mas a minha retina fixou bem as imagens. Felizmente tudo se saltou com duas pequenas escoriações e uma grande risada.

Já com as famílias à espera para o almoço de Domingo, apressámo-nos a chegar a Leiria e a desejar que o próximo passeio seja tão divertido como este. Um passeio divertido e com boa companhia. Parece que finalmente as senhoras estão a voltar ao grupo. Sejam bem-vindas, que o pessoal comporta-se com o devido cavalheirismo.

Até Domingo!

Rui

 

 

publicado às 21:00

Passeio no dia 15 de Março de 2009, Domingo

por Trilhos Sem Fim, em 12.03.09

No próximo domingo, como é tradição, iremos passar umas horas a pedalar.

Tivemos várias propostas. Optámos pelo passeio na Maceira, orientados por uns nativos da zona.

Saída às 9H00M do Centro Popular e Recreativo da Pocariça, perto da Maceira. Coordenadas: 39°41'51"N   8°53'36"W

Cada um deve arranjar transporte até ao local.

A pontualidade é fundamental!

Rui

publicado às 20:00

Neste domingo haverá passeio BTT. Iremos fazer o percurso que nos levará até à Maceira.

Rapidamente voltaremos a Leiria...

Após o banho, para quem quiser tomar, haverá um faustoso almoço, totalmente confeccionado pela secção de restauração do Trilho Sem Fim ( mestre cozinheiro e insigne Bttista Paiva).

Em nome do mestre cozinheiro, ficam convocados todos os elementos do grupo Trilhos Sem Fim a comparecer no local, que será divulgado durante o passeio de domingo.

A ida ao passeio é facultativa, mas a comparência ao faustoso almoço e cerimónias  complementares, é obrigatória.

Saída às 9H00M do Parque Radical de São Romão,junto à DGV .

Rui

publicado às 18:31


Sobre nós

Neste blog um grupo de amigos irão falar das suas vivências tendo como fundo uns passeios de bicicleta. À conquista da natureza, ganhando saúde.

MEO Kanal


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D


Visitantes = 160.000 +...