Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Conquista do castelo de Pombal

por Trilhos Sem Fim, em 07.11.14

O destino de hoje já estava definido desde a passada nocturna, conquistar o Castelo de Pombal! Passou-se o verão, mas não podiamos acabar o ano sem cumprir esse objectivo, e diga-se em bom abono da verdade que até dá muito mais gozo ir lá com chuva, lama, rios para atravessar, e poças para brincar, do que no verão. E assim foi, já um pouco depois da hora oficial e depois do tempo de tolerância na esperança de aparecerem mais alguns companheiros sem medo da chuva, deixámos para trás o nosso repórter de baixa, mas que não deixa de nos visitar, e rumámos 7 trilheiros em direcção a Pombal com o ambicioso objectivo de lá chegar às 10h30. Não o conseguimos, mas chegámos ainda antes das 11h, o ritmo alto não nos impediu de meter a conversa em dia, e já no castelo de Pombal, ouvimos a explicação da origem do Ébola, pela voz do nosso médico, e para descanso dos presentes como no Vietname não há os tais morcegos, “culpados” de tudo, o repórter de hoje, eu, não sou certamente portador desse vírus, se bem que depois destes mais de 70Km e com quase cerca de 900m de acumulado, e depois de quase 2 meses sem pedalar, mais parece ter sido contaminado por algum vírus, o do sofá.

No regresso, e já depois de termos deixado o Rui P. no Barracão, sofremos dois imprevistos que nos impediram de beber as habituais “pretas” no Armando antes das 13h, um engano de navegação e uma avaria nos travões do Rogério, resolvido o problema e lavadas as bikes na ribeira em Agodim, continuámos os 5 em direcção ao PR, sim apenas 5, pois inexplicavelmente o Alípio, tal qual um cavaleiro solitário depois de conquistar o castelo, regressou sozinho até ao PR e até bebeu sozinho, tendo no entanto esperado por nós. Passado o raspanete do “Isto é um grupo ou não é um grupo”, permanece o mistério, terá ele sido infectado por algum vírus vietnamita, se sim, não fui eu, pois não evidenciei sinais do mesmo “síndroma de pedalar apressadamente e sozinho” :-)

Foi por tudo isto, mais uma boa manhã de BTT, daquelas que eu já tinha saudades. Quantos ao langões que se andam a baldar, lembrem-se bem do que andam a perder, toca a levantar, as desculpas do verão já não servem!

Cláudio Costa

 

publicado às 16:34


Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Sobre nós

Neste blog um grupo de amigos irão falar das suas vivências tendo como fundo uns passeios de bicicleta. À conquista da natureza, ganhando saúde.

MEO Kanal


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D


Visitantes = 160.000 +...