Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Rentrée pela PAN'AM e Vibroplate

por Trilhos Sem Fim, em 01.09.19

Às 8h31, 8 Trilheiros estavam alinhados para mais um Domingo, que representava a Rentrée pós Agosto. Já com o destino alinhavado, eis que ao longe se avista o casal PP e LC. Após os habituais cumprimentos, reafinámos o destino e os principais pontos de passagem. Estava tudo pronto. Arrancámos! Ainda não havíamos saído do PR, quando a PP verificou que não tinha ar no pneu traseiro. De imediato uma eficaz equipa de mecânica, composta por 1 mecânico, 1 auxiliar e 8 capatazes se pôs em marcha para resolver o problema e não atrasar a saída.

Confirmado que não havia sapos entre os presentes, entendemos que seria uma volta tranquila, sendo que durante o processo de resolução mecânica se juntam a nós 3 cavalos*, que nos acompanharam na volta e auxiliaram na escolha dos trilhos a seguir.

O destino dos caminhos de hoje começou a ser traçado via Curvachia, a subir até ao campo de Famalicão das Cortes e de seguida até aos Mourões. Daqui encetámos uma cruzada ascendente até ao cimo da serra, onde fomos revisitando alguns trilhos e conhecendo outros novos. O propósito seria visitar os dois trilhos da PAN'AM (Original e Superior). O trilho assinalado com o painel alusivo à extinta empresa de aviação Norte Americana, foi efetuado, desta feita no sentido oposto ao habitual, talvez por esse motivo de inadaptação ao sentido do traçado, levou a que o nosso Diretor se tenha confortavelmente desmontado da bicicleta numa posição mais reclinada que o habitual.
 
A etapa estava a ser durinha (em termos físicos e técnicos) e os Trilheiros recém chegados das merecidas férias ainda se encontravam à procura do melhor ritmo, situação que motivou alguns tempos de descanso para os demais.
 
Como já passava das 11h, para não atrasar os compromissos pessoais, resolvemos fazer uma alteração ao inicialmente planeado e abdicámos da visita aos bonecos, no Alqueidão da Serra e a alternativa foi a descida no Vibroplate, ao qual se seguiu o reforço, no Reguengo do Fetal. 

Daqui fomos em direção à Torre, onde a descida trouxe duas "saídas de pista", que motivaram apenas uns riscos na pintura e uns espinhos no RS (que era já a segunda aproximação ao solo do dia).
 
Seguidamente fomos para as Torrinhas, de onde descemos pelo trilho de pedra em direção às Fontes, onde fomos fazer mais um trilho técnico até à nascente do Rio Lis. Ainda houve quem clamasse pela subida ao Canários mas a opção seria mesmo um rolar asfáltico até à já desejada reposição de eletrólitos.

*Cavalos  - Jargão velocipédico para definir ciclistas que andam muito. "Trilheiramente", são piores e mais difíceis de aturar que os sapos.
 
Nuno Gonçalo Santos
Rentrée pela PAN'AM e Vibroplate

publicado às 22:32


Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Sobre nós

Neste blog um grupo de amigos irão falar das suas vivências tendo como fundo uns passeios de bicicleta. À conquista da natureza, ganhando saúde.

MEO Kanal


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D


Visitantes = 160.000 +...