Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Nascente do Rio Lis em 20 de Abril de 2008

por Trilhos Sem Fim, em 20.04.08
Logo pela manhã, os mais corajosos do grupo reuniram-se no local previamente combinado. Sabíamos que a maioria não iria aparecer deixando-se amedrontar pela ameaça da meteorologia. De facto, a manhã acordou envergonhada por um céu cinzento que ameaçava chuva a qualquer momento. Após alguma indecisão traçámos o percurso que nos iria levar às Fontes, nascente do Rio Lis.
Subimos pela Curvachia, de cuja mata nunca me canso, descemos pela ladeira do Calvário e voltámos a subir até à povoação Pé da Serra.
Daí foi possível ter uma vista panorâmica fantástica. De um lado a Serra e a sua encosta íngreme e rude, do outro os campos férteis da Abadia e Cortes. Lá bem no fundo corria o Rio Lis.
Descemos freneticamente a encosta, por um trilho crivado de pedra solta. Os jovens do grupo, mais rápidos nem tiveram tempo de apreciar a beleza do trilho. O pessoal mais experiente na idade lá foi montanha abaixo, escolhendo as pedras que não devia pisar. Sob uma chuva intensa e fria chegámos às Fontes.
Mais lentamente, para apreciar a natureza, após uma curva à direita, surgiu a nascente. Lá estavam elas, as exsurgências temporárias do Rio Lis. Um belo espectáculo só possível de ser observado nos Invernos chuvosos. Este ano apenas nesta Primavera de chuva farta em Abril.
Depois de passar pelas Cortes, pelo centro de Leiria e o pinhal de Leiria, o rio vai-se perder nas ondas do mar de Vieira, percorrendo cerca de 40 km. Corre para Norte em grande parte do seu percurso e tem um declive médio de 9,6%.
De reter neste passeio fica a beleza da nascente do Lis e a fúria das águas a precipitarem-se leito abaixo.
Rui

 

publicado às 21:39


Sobre nós

Neste blog um grupo de amigos irão falar das suas vivências tendo como fundo uns passeios de bicicleta. À conquista da natureza, ganhando saúde.

MEO Kanal


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Posts mais comentados


Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D


Visitantes = 160.000 +...