Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Texto: Claudio a produzir

 

Trilhos Sem Fim na Pia do Urso e descida na estrada "romana"

publicado às 18:56

Pelas 8.30h no PR, já o grupo TSF, que hoje foi de um total de 15 elementos, discutia o destino.

Havia quem propusesse Pombal, outros Ourém, outros Pia do Urso, uns para aqui e outros para acolá. Pusemo-nos a caminho, direção Alcanadas. Rumamos em direção às Cortes, subimos o caminho por detrás da casa do nosso companheiro GPS, seguimos em subida e em amena cavaqueira, até Alcanadas. Aqui surgiu a sugestão de fazer a estrada romana, que tem início junto ao parque de merendas e que integra o percurso pedestre (PR9) com 9 km de extensão e que pertence aos percursos da Serra de Aire e Candeeiros.

 

Muita pedra e trilhos com passagens mais técnicas, seguimos em subida longa até ao “Covão da Nicha”, subida com material bastante solto…como alguém comentava “…a subida tinha 2 ou 3 pedras a mais”. Ainda era cedo, e C. tinha anunciado que tinha um bolo para partilhar com os demais. Já havia fome e havia já quem ferrasse o dente na banana. Mas o bolo precisava da companhia do café, e o café esse não é a mesma coisa se não for tomado na Pia do Urso. Então não era tarde, nem cedo… pusemo-nos a caminho e chegamos à Pia uns minutos antes das 11h. Antes da chegada à Pia PS deixou-nos em direção a Mira de Aire, eramos agora 14.

 

Provado o bolo, café e aditivo… pusemo-nos a caminho, pelo “Trilho do Pisco”, bastante técnico e com direito a uma passagem ao limbo, por debaixo de um eucalipto caído, e já em cima da bike, ao saltitar de pedra em pedra.

 

Seguimos em grupo, sendo que JS seguia a frente e deixou cair o telemóvel que foi atropelado pelos demais. Lamentamos a tua perda, companheiro…

 

De resto, rumamos até ao Reguengo do Fetal a velocidade propiciada pelas descidas e desta vez sem carrinhas ou outros obstáculos que surgissem em sentido contrário. Foi no Reguengo que RL e RP nos deixaram, pois necessitavam estar pelas 12.30h em Leiria. Eramos agora 12.

 

Na Reixida em descida acelerada os estradões tendem a ficar mais estreitos, sobretudo quando estão recortados por valas provocadas pelas chuvas. Os companheiros RG e C. preconizaram uma queda encadeada, que apesar de ter sido aparatosa, esperamos que não tenha a frio, consequências maiores além dos hematomas, e dos danos materiais. Constatou-se que não tínhamos o nosso profissional de saúde por perto, pelo que os TSF presentes deram alta aos sinistrados.

 

Desta feita e com o atraso que levávamos, era hora de regressar a Leiria, onde chegamos pelas 13h, com 1078m de acumulado e cerca de 55 Km.

 

Balanço de perdas, 1 telemóvel, 2 capacetes, 1 par de óculos de visão e a maior de todas, rasgos no equipamento de inverno TSF.

 

Boa semana!

D’Armindo

 Também em meo Kanal 490904

publicado às 18:05


Sobre nós

Neste blog um grupo de amigos irão falar das suas vivências tendo como fundo uns passeios de bicicleta. À conquista da natureza, ganhando saúde.

MEO Kanal


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Posts mais comentados


Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D


Visitantes = 160.000 +...