Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Trilhos Sem Fim, a Pia a descer e o Moleiro

por Trilhos Sem Fim, em 17.06.18

Em dia de regresso do brilho do Astro Rei e em que já se fizeram sentir temperaturas mais condizentes com esta época vernal, eram 6 os Trilheiros à hora marcada, tendo havido registo de uma chegada mesmo em cima da hora, motivada pelo envio de um fax matinal, situação que foi resolvida pela utilização de 4 piscas em sinal de urgência, porque isto de BTTar ao Domingo é para se levar a sério.

Mal se encetou a audição do trautear dos cubos (no caso da bicicleta do CC era o chiar do eixo partido), foi logo indicado o destino, "Pia do Urso... Mas desta vez vamos descer para a Pia do Urso", o que permitiu antever que a jornada iria ser ascendente.

Sinopse

Trilheiros: 6
Destino: Pia do Urso
Distância percorrida: 50km
Subida acumulada: 930m
Aproximações ao solo: 1 (sem consequências)
Trilhos menos habituais: Vários (e bem bons)
Faxes enviados: 1 (envio prévio)
Nível de prazer, amizade e companheirismo: +++++

E assim rumámos em direção às Fontes e Reguengo do Fetal, para subir a dolorosa pedreira, sendo que hoje além desta, fizemos uma viragem à direita para ascender à que normalmente chamamos a "Subida da Praxe", que é realizada sempre que aparece um novato.

A partir daqui percorremos um rol de trilhos menos visitados mas merecedores de maior assiduidade, dada a sua qualidade.

O ritmo fluía forte, comandado pelo timoneiro NC (bem conhecedor do termo, dado o seu passado na prática de remo), que imprimia uma cadência diferente da habitual e que motivava alguns esgares de maior esforço e alguns desabafos.

Repostas as energias no Bar da Pia, onde hoje quase não havia aparcamento, fruto do fluxo de ciclistas e de alguns excursionistas, decidimos inovar também na saída, encaminhando-nos para uma descida mais técnica, que este tempo mais seco permite fazer com prazer e segurança.

Daqui seguimos em direção ao novo troço do Moleiro, onde o nosso companheiro CC hoje deixou uma figueira plantada, felizmente sem consequências, situação comprovada pela nossa dupla médica presente.

À chegada ao local habitual de reposição de eletrolitos, hoje havia bolinho para complementar o reforço, já que o esforço também havia sido superior ao habitual.

Nuno Gonçalo Santos

20180617 pia e moleiro

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:34


4 comentários

Sem imagem de perfil

De Rogério Monteiro a 17.06.2018 às 22:46

Muito bom, a companhia, o percurso, e o dia.
Só nós os trilheiros sabemos porque não ficamos em casa.
Boa crónica, boas imagens e boa montagem.
Sem imagem de perfil

De RuiP a 19.06.2018 às 20:51

Que rico passeio. Boa companhia, bom passeio e para terminar o melhor bolo do dia!
Parabéns ao cronista!
Sem imagem de perfil

De Cláudio Costa a 23.06.2018 às 10:29

Gonçalo, comprova-se que para além de escreveres bem, andas atento e cuidadoso com as notas de reportagem, boa crónica acompanhada de boas fotos e excelente montagem video do nosso director, sempre atento à actualidade para a escolha da música do filme.
Confirmo que felizmente a queda não deixou mazelas, mesmo depois de "arrefecer". Apesar de ainda ter o eixo partido espero acompanhar-vos amanhã, portanto o "chiar" vai continuar...
Sem imagem de perfil

De Cláudio Costa a 23.06.2018 às 23:33

Ora bolas, acabei de fazer uma inspecção ao estado da minha bike, e aquele eixo partido na roda de trás, não me vai deixar pedalar amanhã convosco, aquilo tem mesmo razão para fazer o barulho que tem feito :(. os próximos 2 domingos tenho agenda cheia, e depois é a travessia do Côa, lá se vão os treinos... é o costume!
Divirtam-se... (:

Comentar post



Sobre nós

Neste blog um grupo de amigos irão falar das suas vivências tendo como fundo uns passeios de bicicleta. À conquista da natureza, ganhando saúde.

MEO Kanal


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D


Visitantes = 160.000 +...