Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Trilhos Sem Fim até à Chainça e os furos

por Trilhos Sem Fim, em 02.02.20

Depois de uma semana de chuva lá chega o sol no Domingo, pois claro porque esse dia de semana é dia de voltinha TSF.

No ponto de encontro (Parque Radical para os que ainda não sabem) e às 8:30 os TSFs lá estão prontos para mais uma voltinha que promete boa disposição. Hoje o mentor dos 4 digítos encontra-se ausente pelo que parece controlado o objectivo do Acumulado.

A partida foi dada e o destino definido lá para os lados de Fátima, com vista a ir alternando percursos o trilheiro Luís Grosso encetou o desafio levando a malta aos caminhos da Curvachia. Para os que apareceram com vestígios de gripe, o pulmão começou logo ali a abrir como se diz na gíria, para os restantes foi o aquecimento.

Já no lugar da Tosel o grande chefe Artur apela ao grupo para manter o ritmo, pois parar é arrefecer para além de tempo que se perde... e o pastel de nata em Fátima por nós esperava.

Após percorrer alguns caminhos de pedra tipicos da zona, os problemas técnicos da volta começaram. O alerta laranja fez-se soar, “há furo” e eis que o grupo TSF emprega o seu espirito de entreajuda e logo se reuniu a equipa para realizar a assistência. Retomando o caminho parecia agora ter-se as condições para se seguir em direcção ao destino previsto, contudo em poucos metros logo pode constactar-se que desta vez a situação exigia uma intervenção mais aprofundada. Desta feita foi chamada a intervir a equipa técnica de engenheiros para solucionar a questão e enquanto decorria a assistência em viagem os restantes trilheiros decidiram ir circulando até ao próximo ponto de encontro, para tomar o habitual cafézinho e reunir as “tropas”.

Infelizmente para o colega Luís a avaria não teve solução possivel e como tal a volta tinha terminado para este sapo que resolveu hoje não querer andar,  assim a lição do dia é nunca esquecer de rever o equipamento antes de sair, inclusivé o suplente.

Finalmente todos reunidos lá no topo da Chainça, o objectivo foi redefenido e devido ao adiantar da hora, retoma-mos a Leiria pelos caminhos de São Mamede. Ruma-mos em direcção à Torre com soubidas a pedir o reforço de liquidos e descidas que o trilheiro Armindo hoje se disponibilizou para capturar.   

Este domingo foi combate ao alcatrão, visto isto o regresso fez-se na maioria por trilhos de pedra e estradão, com paisagens lindissimas que culminam na Nascente do Liz, lugar de harmonia onde sabe sempre bem terminar mais uma volta dos TSFs.

Liliana Matos

Trilhos Sem Fim até à Chainça e os furos

Tags:

publicado às 18:19


6 comentários

Sem imagem de perfil

De Rui P a 02.02.2020 às 21:33

Apesar dos atrasos, um belo passeio.
Tenho que admitir que sem o HM as águas ficam muito mais calma.....
Parabéns à Liliana pelo texto.
Sem imagem de perfil

De Helder Malheiro a 03.02.2020 às 17:52

Não entendo isso das aguas ficarem mais calmas...
Conto resolver o problema no próximo domingo ;)
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 02.02.2020 às 21:36

Mais um domingo que quase iria parar ao galinheiro!! 🤣
Sem imagem de perfil

De D'Armindo a 03.02.2020 às 15:20

Que ótima manhã!
O terreno tinha assim um tipo de "aderência" que teimava em criar revestimento nos pneus... fruto da chuva da semana. Mas com a sorte de um domingo radioso!


Ótimo texto Liliana (mais um TSF com dotes de escrita)!


Votos de boa semana!
Sem imagem de perfil

De Cláudio Costa a 04.02.2020 às 20:34

Liliana, crónica muito boa, parabéns. Fizemos bem em insistir contigo para escreveres.
Foi uma boa manhã, faltou o Pastel de Fátima, que sei que me ia fazer bem para combater a constipação, e com um excelente tempo primaveril. E faltou no final o single track da Senhora da Encarnação, mas estavam cá com uma sede...
Quanto ao video, o nosso editor com tanta fonte de vídeo tem o trabalho mais complicado, não desistas, precisamos muito desse trabalho :)
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 10.02.2020 às 21:03

Coberto de pena por não ter ido mas trilhei em terras Ribatejanas. Como indicaram o Cláudio e o Armindo, acho que tens que fazer parte do elenco de relatores. Excelente texto e belas imagens.

Nuno Gonçalo Santos

Comentar post



Sobre nós

Neste blog um grupo de amigos irão falar das suas vivências tendo como fundo uns passeios de bicicleta. À conquista da natureza, ganhando saúde.

MEO Kanal


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D


Visitantes = 160.000 +...