Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Trilhos Sem Fim desfrutando das manhãs chuvosas

por Trilhos Sem Fim, em 08.11.20

Qualquer altura do ano é boa para o BTT, e esta também, como provámos hoje. Estamos em tempo de aproveitar o que de melhor estas manhãs molhadas nos proporcionam, ainda sem aquele frio do inverno – por enquanto – por isso à que aproveitar, ficar na cama, não é opção! Mesmo quando ao acordar se ouve a chuva lá fora a cair, este grupo de amigos não se demove e à hora de saída lá estavam reunidos 11 trilheiros.

Encaminhámo-nos para as Fontes, onde constatámos que as exsurgências do nosso rio Liz, ainda não estão com a pujança que gostamos de ver, teremos de esperar mais umas semanas para que os algares e os rios subterrâneos desta nossa serra se encham de água e a façam brotar. Orientados pelo Artur fomos até ao Reguengo do Fétal onde bebemos o cafezinho na esplanada, ao ar livre, há que aproveitar o bom tempo 😊! Mas a coberto de telha e num óptimo balcão para estes lides, não sei se esta recente obra terá sido pensada para este efeito, mas muito nos apraz usá-la, e certamente agradará também ao proprietário do café, ver os seus clientes todos ensopados, mas cá fora!

Retemperados, depois do café quente e pastel de nata, já com as luvas espremidas e as botas despejadas, subimos a pedreira aproveitando uma aberta, fomos pondo a conversa em dia, discutindo os assuntos da actualidade. Descemos da Perulheira em direcção ao Arrabal já com o espírito de petiz a apoderar-se novamente deste grupo de amigos, o Vale Maninho deveria estar óptimo para chapinhar na lama, e estava mesmo. Por esta altura, com tanta poça de lama a ser atravessada velozmente, já os salta-pocinhas tinham percebido, que hoje, era difícil incomodarem alguém. Atravessámos o Arrabal e quase que aceitavam o convite deste escrivão, mas tínhamos o compromisso do costume à chegada e ninguém queria arrefecer.

Como não queríamos correr o risco de cair no agora escorregadio trilho do galinheiro, a malta foi cair para a Curvachia, na descida da Curvachia o grupo separou-se um pouco e consta que dois se deitaram-se juntinhos lá atrás, e no grupo da frente outro andou a calcar o lamacento e escorregadio chão, esperemos que sem consequências de maior! Terminámos no local habitual, cá fora na esplanada, com cerca de 45km percorridos, enlameados mas felizes, e como alguém disse... "nestes dias de chuva a malta ainda se diverte mais!"

Cláudio Costa

Lama e Chuva By Trilhos Sem Fim

publicado às 17:00


16 comentários

Sem imagem de perfil

De Vítor Alves a 08.11.2020 às 20:19

Estive agora a analisar a volta de hoje e do agora é que foi por ela. Coisa engraçada! O CABI, fica mesmo pertinho do IMT. Modernices da centralização de serviços. 
Sem imagem de perfil

De Vítor Alves a 08.11.2020 às 20:20

Quer dizer: "só agora é que dei por ela".
Sem imagem de perfil

De Helder DESTRAVA Malheiro a 09.11.2020 às 12:25

O que é o CABI?
Sem imagem de perfil

De Vítor Alves a 09.11.2020 às 17:47

😂😂😂😂 Centro de Análise da Boa Imperial. 
Sem imagem de perfil

De Helder DESTRAVA Malheiro a 09.11.2020 às 17:53

Bem me parecia que tinha de ser uma coisa de cariz científico!!
Sem imagem de perfil

De Cláudio Costa a 10.11.2020 às 00:38

CABI, hehehe, esta está original ó Vítor!
Sem imagem de perfil

De Ruy a 09.11.2020 às 09:07

Que bela manhã de chuva. Equipa fantástica. 
Perfil Facebook

De Rui Gaspar a 09.11.2020 às 10:51

Bom , texto,boas fotos e boa lama e muita chuva, uma manhã sempre a pedalar sem encher os olhos da poeira dos caminhos.Estava tão encharcado que tive de espremer a pele dos tomates na rua para não molhar a garagem. Esta malta dos TSFs são cá duma raça. Domingo vai continuar, mas só até ás 13.00 h. 
Sem imagem de perfil

De Rui P a 09.11.2020 às 22:30

Manhã extraordinária. Fiquei todo encharcado e não foi suor.
Texto ótimo, fotos muito boas, mas filme... 
Sem imagem de perfil

De Ruy a 10.11.2020 às 09:06

Filme top. Boa selecção musical... Só falta aí uma cambalhota... Boa semana
Sem imagem de perfil

De Helder Malheiro a 10.11.2020 às 09:14

E finalmente eis a gravidade! Mensagem percebida. 
Viva quem domina a rte de não cair, não é RP? 
Excelente vídeo, excelente crónica excelentes malhos. 
Pena o artista da cambalhota ter executado a sua arte fora do alcance da câmara. 
Quero mais. 
Sem imagem de perfil

De Ruy a 10.11.2020 às 12:49

o artista não!!!
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 10.11.2020 às 12:23

O relator que me desculpe, mas falta acrescentar uma coisa a este texto.

Foi descoberto e presenciado por alguns de nós a forma simples e eficaz de fabricar toalhetes húmidos...disse.
Sem imagem de perfil

De Ruy a 10.11.2020 às 12:23

Ruy
Sem imagem de perfil

De CMax a 10.11.2020 às 16:40

Também há que salientar a degustação de um exilir de sabor doce mas deveras "marcante" 
Sem imagem de perfil

De David a 15.11.2020 às 14:29

Só agora vi o filme!
Está muito bom.
Parabéns a todos!

Comentar post



Sobre nós

Neste blog um grupo de amigos irão falar das suas vivências tendo como fundo uns passeios de bicicleta. À conquista da natureza, ganhando saúde.


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Visitantes =



Últimas voltas

Activities for Trilhos Sem Fim (Cláudio)

arquivo TSF no komoot


Coleção de Single Tracks que adoramos fazer


Países Ciclados

Create your own visited countries map or check out the JavaScript Charts.


Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2014
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2013
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2012
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2011
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2010
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2009
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
  209. 2008
  210. J
  211. F
  212. M
  213. A
  214. M
  215. J
  216. J
  217. A
  218. S
  219. O
  220. N
  221. D