Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Em dia de regresso do tempo soalheiro, foram 5 os Trilheiros que marcaram presença e que avançaram, pontualmente às 8h35, sem destino, mas com um objetivo calcário e ascendente em vista.

Sendo o segundo treino do regressado CC, resolvemos poupar uns €€ ao nosso colega e colocar ao seu dispor 4PT que assumiram que lhe devolviam a forma em mais 3 treinos!

Com este mote rumámos Serra acima pelo trilho em pedra junto à Maúnça, até às antenas. Neste caminho fomos fazendo pequenas paragens técnicas para abordar temas como a política nacional, a implementação de fontes de captação de energias alternativas na Serra d'Aire e Candeeiros ou qualquer outro que permitisse ao nosso recruta a recuperação do fôlego.

Sinopse

Trilheiros: 5
Destino: S. Mamede
Distância percorrida: 45km
Subida acumulada: 815m
Aproximações ao solo: 0
Empenos fortes: 1 (há que continuar a treinar)
Câmaras de filmar perdidas: 1
Câmaras de filmar encontradas: 1
Descidas do Moleiro: 2
Máquinas de pedalar recauchutadas: 1
Frescura e paladar de néctares: +++++
Nível de prazer, amizade e companheirismo: +++++

Fazendo o primeiro ponto de balaço do treino matinal, registámos que aos 10km já havíamos palmilhado um desnível positivo de mais de 400m. Assim, continuámos a subir por trilhos menos habituais mas extremamente apetecíveis... de descer!

Chegados ao topo da Serra decidimos ser, quiçá, pioneiros no pedalar em valas de colocação de cabos elétricos, cuja abertura nos tinha alterado o caminho normal, sendo esta a alternativa.
O reforço de hoje foi tomado no Café Virgolino, em S. Mamede, cortesia de um contacto do nosso Diretor. Um bem haja e um agradecimento especial pela oferta dos cafés. 

Aqui decidimos que os dois destinos a tomar seriam a descida do Moleiro e a visita ao Outdoor da Pan Am. A Pan Am é a abreviatura de Pan American World Airways, companhia de aviação norte americana, de referência desde os anos 30 até ao início dos anos 90, sendo igualmente um ícone e fruto disso foi a realização de uma série homónima e o aparecimento em filmes como o Catch me if you can

Destes dois destinos pretendidos apenas conseguimos cumprir o primeiro porque o nosso repórter e o nosso Diretor fizeram o trilho antes do Moleiro em ritmo, pelos vistos, demasiado elevado que fez com que a nossa "arma de captação de imagens de prazer" caísse ao chão sem que se desse por ela, o que obrigou a voltássemos para trás no seu encalce. Como o "animal" conhece bem o dono, rapidamente o nosso repórter a localizou.

Aqui, derivado dos condicionamentos de agenda fracionámos o grupo antes da etapa final até à CA, onde hoje, fruto das várias ausências, vimo-nos forçados a reforçar a dose individual de reposição de eletrólitos, de forma a não enfraquecer o espírito do grupo.

Nuno Gonçalo Santos

20180506 Moleiro

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:04


8 comentários

Sem imagem de perfil

De Cláudio Costa a 06.05.2018 às 23:24

Excelente manhã de BTT, acompanhada de uma boa reportagem e uma excelente crónica, sem esquecer a imprescindível montagem video.
Já tinha saudades destas manhãs de TSF's, se bem que para recomeçar não havia necessidade de subirmos tanto! Pensei que hoje, sem a companhia do Cardinhos iria ser mais ligeiro, mas afinal, eles querem mesmo é dar-me treino intensivo.


Já publiquei no GPSIES e aqui no blog todos os tracks que estavam em falta referentes às últimas semanas. Apesar da minha ausência, o Cardinhos foi-me enviando todos os tracks para serem publicados, para que fique registado e disponível para outros BTTistas que sabemos usarem os nossos tracks.
No total já temos 90 tracks publicados no GPSIES


Tracks em atraso agora publicados:
Semanas 4, 9, 11, 12, 14, 15, 16 e 18 de hoje.


Deste ano 2018 faltam no entanto 4 tracks, agradeço que se alguém os tiver mos envie para publicação, são eles:
S08 - 25 Fevereiro
S10 - 11 Março
S13 - 1 Abril - Páscoa
S17 - 29 Abril
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 06.05.2018 às 23:56

O verdadeiro comentário "à Engenheiro"!

Nuno Gonçalo Santos
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 06.05.2018 às 23:59

Companheiros, mais uma manhã fantástica, com o desejado regresso à Pedra e a trilhos mais técnicos que nem sempre são fáceis de visitar nos tempos mais húmidos. 
Já tinha saudades!
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 07.05.2018 às 19:57

Nuno Gonçalo Santos
Sem imagem de perfil

De Rui Gaspar a 08.05.2018 às 12:18

Mais uma bela manhã de BTT pelos trilhos da Senhora do Monte e Maunça com fiscalização ás obras de instalação de eólicas ,que para além de irem produzir energia também vão fazer vento para refrescar a serra no verão. A paisagem fica poluída , mas a energia dizem que é limpa.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 08.05.2018 às 19:52

Citação: "para que fique registado e disponível para outros BTTistas que sabemos usarem os nossos tracks"



Continuem o excelente trabalho. 


Saudações
Sem imagem de perfil

De RUI P a 08.05.2018 às 21:51

Bela manhã de BTT, durinha no início, mas gratificante no final. 
Subir a  Maunça é sempre um belo desafio, que só pode ser considerado superado quando todos subirem em cima dela. O T do moleiro é do melhor, desta vez sem reportagem, mas ainda bem que recuperamos a camera
Boas fotos, excelente texto e companhia do melhor.
Até domingo
Sem imagem de perfil

De José Cardinhos a 12.05.2018 às 21:11

Com um pequeno atraso em comentar a vossa aventura domingueira, não quero deixar em branco tal feito.
Vejo que o verdadeiro "cavalão" anda disfarçado!!! Eu gosto que os domingos sejam de +1000 metros de altimetria, mas não sou tão bruto, nos primeiros 10 kms +400!!!! Grandes Malucos.
Boa crónica Nuno e boa re+portagem e montagem, ao nível que nos têm habituado.
Obrigado Cláudio pela publicação dos tracks.
Nota: Quando puder vou aparecer, vai treinando Cláudio.

Comentar post



Sobre nós

Neste blog um grupo de amigos irão falar das suas vivências tendo como fundo uns passeios de bicicleta. À conquista da natureza, ganhando saúde.

MEO Kanal


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D


Visitantes = 160.000 +...