Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Trilhos Sem Fim, fundado em 2008. O 1º Centenário

por Trilhos Sem Fim, em 07.01.18

Hoje foi-me dado um duplo privilégio. Escrever a primeira crónica do ano e a primeira das comemorações do Centenário dos Trilhos Sem Fim (2008-2018). Grande orgulho!

Sobre o presente fica para depois, porque do passado, sobre os momentos vividos que constroem a nossa identidade, há muito para contar. Comemorar um centenário, cada ano de BTT vale 10, é algo que vale realmente, se existirem experiências positivas para relembrar. E se as há!

Creio não ser injusto se disser que este grupo de amigos se iniciou, por mero acaso, do encontro do Sérgio Ferreira, Pedro Ferreira, Rui Passadouro e Artur Fernandes. A experiência foi muito positiva e foram chegando cada vez mais.  A 28 de fevereiro de 2008, data oficial do batismo dos Trilhos Sem Fim, compareceram o Mota, Sérgio, Luis Gueifão, Rui P, Ricardo, Tó, Paiva, José, Artur F e o Eduardo. Fizemos o passeio ao longo do Rio Lis até à praia da Vieira. Tivemos tudo aquilo a tínhamos direito: conversa, quedas e bolachas. Entre as palavras trocadas foi decidido escolher um nome. Trilhos Sem Fim foi o eleito.

Nestes 10 anos muitos amigos passaram por nós e espalharam o nosso nome por todo o lado. É agradável saber que somo reconhecidos nos sítios mais  longínquos por onde passamos, que temos 3735 seguidores no Facebook e cerca de 170.000 visitantes no blog, publicámos 369 filmes no canal Youtube e fizemos, desde 2009, 512 Tweets para 80 seguidores do Twiter dos Trilhos Sem Fim. O MEO Canal, acessível em 490904, disponibiliza 25 horas de filme e já teve 8415 visitas.

Hoje não vou recordar nenhum episodio dos muitos que já vivemos. Peço-vos que descrevam os mais marcantes que viveram na nossa companhia nos comentários deste post.

Prometi falar do presente, do dia de hoje. Foi uma manhã muito especial, já que marcou o inicio das comemorações do centenário, foi a primeira de 2018, mas sobretudo teve o regresso do Rui L, após longos meses de ausência. Tudo foi combinado na véspera com um mero sinal de Facebook, que logo mobilizou a companhia habitual, com raras, mas sentidas ausências. À hora marcada, com a presença do Rogério Monteiro, Rui Gaspar, Rui Leitão, Rui P, André Canelas, Nuno Santos, Cláudio Costa, seguimos, sem antes planear o percurso, de forma a que às 12:00 estivéssemos na garagem oficial. Aquela onde se estacionam os mais puros e deliciosos néctares, na esperança que maturem e se transformem na melhor pomada. Pedalámos fustigados pelo frio intenso da manhã, mas nem as extremidades geladas nos impediram de visitar as fontes do Lis, subir o Pé da Serra e logo descer à direita no trilho que nos levas ao vale do Soutocico. Demos connosco a beber o café no Arrabal, onde o peixe encara o gato, e não tem medo de ser comido.

Subimos, descemos, atravessámos a estrada de Fátima em Cardosos e apreciámos o trilho. Após subir a pedreira, optámos pelo percurso mais rápido para a referida garagem. Lá chegados, demos de caras com a pomada, acompanhada pelo belo bolo de yogurte, chouriço da beira, aconchegados pelo carinho e simpatia da anfitriã Olga. Para terminar o saboroso queijo da serra. Claro que a conversa foi animada e o tempo começava a escassear, pois as famílias começavam a sentir a nossa falta. Retirámos estrategicamente, como é tradição.

Sem dúvida uma manhã especial!

Rui Passadouro

 20180107 centenário

publicado às 22:47


11 comentários

Perfil Facebook

De Daniel Rodrigues a 10.01.2018 às 18:07

Parabéns Trilhos sem fim... 100 anos e uma vontade de pedalar sem igual.


Desde já parabéns Rui P. pelo a bela cronica que veio juntar a vosso dia tanto pela a manha de btt como pela a comemoração do Centenário. 
Para mim já la vai 1 ano que de vez em quando me junto aos TSF, após vários convite do Artur,la foi convosco no dia da Imaculada Conceição a conquista do castelo de Leiria. 
O que mais marca nas voltas na vossa companhia é de certo o espírito, a amizade, cumplicidade, etc... Para se passar um bom domingo nao ah nada melhor.
Espero para este novo ano poder sempre que possível e o máximo possível me juntar nas vossa voltas. 
Abraços a todos.

Comentar post



Sobre nós

Neste blog um grupo de amigos irão falar das suas vivências tendo como fundo uns passeios de bicicleta. À conquista da natureza, ganhando saúde.


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Visitantes =



Últimas voltas

Activities for Trilhos Sem Fim (Cláudio)

arquivo TSF no komoot


Coleção de Single Tracks que adoramos fazer


Países Ciclados

Create your own visited countries map or check out the JavaScript Charts.


Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2014
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2013
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2012
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2011
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2010
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2009
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
  209. 2008
  210. J
  211. F
  212. M
  213. A
  214. M
  215. J
  216. J
  217. A
  218. S
  219. O
  220. N
  221. D