Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O destino deste domingo havia sido "caldeirado" de véspera por dois Trilheiros que foram fazer um reconhecimento prévio. Maceirinha seria o local a fixar no horizonte, para serem explorados os carreirinhos da Amazónia.


Os 10 trilheiros presentes encetaram então a jornada dominical, subindo até ao quartel, onde se dissipou toda a réstia de frio matutina.


Após a passagem pelo Vale do Horto, encetámos o almejado rol de serpenteantes, estreitos e ensombrados caminhos, de onde se destaca o trilho sito no Arneiro da Pereira, com ponto mais alto na Amazónia da Maceirinha, que conta com algumas alterações e melhorias do piso, contudo sempre desafiante e prazeroso. A construção de um muro deu lugar a duas novas e e apertadas curvas, a redução da vegetação junto ao riacho acelera o ritmo cardíaco e amplifica o tranquilizante som da água mas o gozo do trilho... Esse continua presente nos mesmos patamares.


O reforço teve lugar na Maceira, no Café Barroquinha, depois de realizado o trilho que nos leva a descer da igreja até ao campo de futebol. Aqui foram degustado saborosos RL (que neste caso são Rissóis de Leitão).


O regresso foi encaminhado via Parceiros, onde realizámos os rolantes estradões até ao trilho que nos levaria até à Ponte das Mestras, caminho durante o qual foram sendo confidenciados os relatos das várias "barriguinhas cheias" dada a quantidade de bons trilhos cruzados durante a manhã.
Daqui, e a convite do nosso colega Paulo Chá-Chá, subimos a Rua Paulo VI, com vista a repor os eletrólitos no acolhedor Restaurante DUX, onde fomos principescamente recebidos e agraciados com umas divinas batatas para acompanhar a reposição.


Como a descida foi feita por asfalto e dado que havia pouca viabilidade em visitar o Galinheiro, 3 dos Trilheiros foram ainda "tirar a última casquinha", descendo o trilho da Sra. da Encarnação.

Sinopse
Trilheiros: 10

Destino: Amazónia (Maceirinha)
Distância percorrida: 45km
Subida acumulada: 865m
Aproximações ao solo: 1 (CM - Sem consequências)
Momentos de degustação de destiladas caseiras: 1
Furos: 0
Faxes enviados: 0
Nível de prazer, amizade e companheirismo: +++++

Nuno Gonçalo Santos

Trilhos Sem Fim - Amazónia, Dux e Sra Encarnação

publicado às 21:26


6 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 25.03.2019 às 10:42

Ótima manhã!!
Valeu imenso pela sucessão de trilhos, singles lindíssimos feitos de forma encadeada, e claro pela companhia que já tinha saudades :).
A manhã de sol, em complemento foi esplêndida!
Sem imagem de perfil

De CMax a 25.03.2019 às 13:13

IMPECÁVEL!!!!
Boa companhia a reviver alguns bons trilhos.
É pena que alguns desses foram "delicerados" com máquinas.
... e um excelente final, a repetir.
P'rá semana haverá mais!
Sem imagem de perfil

De Rui Gaspar a 25.03.2019 às 16:57

Que bem que me soube voltar aos trilhos depois de 2 semanas de ausência e reiniciar o calejamento do dito cujo, porque aproximam-se  dois desafios. InCentea by bike em Abril e Travessia  Escócia em Junho.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 25.03.2019 às 21:17

Até deu para fazer de JC
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 27.03.2019 às 10:56

Mais uma manhã de grande categoria.
Excelente texto.
Bom pormenor da ausência de faxes. 
Terá evoluido tecnologicamente falando?
Sem imagem de perfil

De Cláudio Costa a 29.03.2019 às 00:48

Muito boa manhã de BTT e bem  documentada, em imagens, vídeo e excelente crónica.


Já tinha saudades destes Trilhos da Maceira

Comentar post



Sobre nós

Neste blog um grupo de amigos irão falar das suas vivências tendo como fundo uns passeios de bicicleta. À conquista da natureza, ganhando saúde.

MEO Kanal


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D


Visitantes = 160.000 +...