Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Contra todas as expetativas criadas nos últimos dias, na noite de sábado, o Diretor publicou a boa nova (qual Messias) que a manhã domingueira iria permitir BTTar sem a presença da chuva. Apressadamente, alguns elementos mais atentos confirmaram a sua presença. E não falharam!

Hoje, já guiados pelo Cartógrafo Oficial, 8 cavaleiros velocipédicos arrancaram do PR, sendo que havia apenas duas premissas para o destino, passar nas Fontes e ir visitar o Buraco Roto.

Assim, seguimos em direção às Fontes, onde, finalmente, houve a possibilidade de molhar o pézinho na nascente do nosso Rio Lis.
A partir daqui, o Cartógrafo assumiu as rédeas e decidiu erradicar toda a réstia de frio que pudesse subsistir em algum dos Trilheiros, com uma íngreme escalada até à Maúnça, onde ao fim de 14km já registávamos 550m de desnível positivo acumulado. Mas como foi sendo dito durante a manhã, a subida é dura mas a vista é bonita!

Chegados à Maúnça, era altura de ir ao encontro do local de "Coffee Break", que havia sido decidido ser em S. Mamede.

Já recompostos da dureza das subidas, seguimos para o segundo destino definido, o Buraco Roto. Era também altura de sermos recompensados, em descidas, pelo que já tínhamos subido. Neste sentido, ficou "falado em ata" (que para uma manhã trilheira tem o mesmo valor que escrito) que iria ser realizado o segmento "Covão da Carvalha - Trilhos Sem Fim", num trilho bastante agradável e divertido que havíamos acabado de fazer.

Se a Nascente do Rio Liz apresentava um aprazível caudal de água, no Buraco Roto nem sinal dela. O que tornou a visita mais efémera, apressando o regresso com vista a fugir à mesma água mas que se previa que caísse abundantemente dos céus, junto à hora de almoço.

Como havia tempo, foi unanimemente decidido fazer a descida do Perulhal, que sabíamos que estava escorregadia mas que se faria com tranquilidade dada a mestria e qualidade técnica dos intervenientes. Contudo, este sentimento não foi suficiente para o cenário barrento com o qual nos deparámos, o que levou a uma aproximação ao solo (sem consequências físicas) do nosso Diretor e algumas "quase aproximações" de outros elementos (quase na sua totalidade).

A parte final consistiu no tradicional rolar até à CA, onde hoje, além da reposição dos eletrólitos, fomos também presenteados com um excelente bolinho, trazido pelo GC, que hoje teve a particularidade de ter feito a volta sem os sapatos de encaixe.

Aos que tiveram medo da chuva e não acreditaram no repto lançado pelo Diretor, apenas dizemos que não sabem o que perderam!

Resumo da manhã:

Trilheiros: 8
Destino: S. Mamede
Distância percorrida: 45km
Subida acumulada: 721m
Aproximações ao solo: 1
Quase aproximações ao solo: Várias
Faxes enviados: 0
Quantidade de lama: ++
Quantidade de chuva: 0
Nível de amizade e companheirismo: +++++
Nível de libertação de stress: +++++
Nível de prazer: +++++

 

Nuno Gonçalo Santos

20180304 maunça

Também em meo Kanal 490904  

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:39


5 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 04.03.2018 às 22:18

Uma excelente manhã, que há pouco mais de 24h pensei que fosse passada a pedalar indoor. Quando é assim ainda sabe melhor.
Mais uma vez, tudo impecável. O traçado, a alegria, o companheirismo, as vistas, as conversas, as subidas, o reforço, tudo!
Boa semana a todos.

Nuno Gonçalo Santos
Sem imagem de perfil

De Rui P a 04.03.2018 às 22:33

Uma bela manhã de btt, sem chuva, mas com muita nos riachos e no nosso rio Lis. 
Excelente companhia, mas ainda com algum potencial de melhoria, sobretudo nas escorregadelas descendentes. 
Ótimas imagens e excelente texto. 
Até domingo 
RP
Sem imagem de perfil

De José Cardinhos a 05.03.2018 às 22:05

O S.Pedro foi amigo e deu-nos a oportunidade de andar de bike, coisa que devido ao mau tempo, não fazia há uns dias, confesso que já tinha saudades.
Parabéns Nuno, bela crónica, parece que se descobriu um novo cronista.
Boas fotos e filme, parabéns para o operador de câmara e realizador.
Foi uma manhã excelente de BTT, com bons companheiros e a onde imperou a boa disposição, o que não é de estranhar.
Boa semana, para todos.
Sem imagem de perfil

De Rui Gaspar a 07.03.2018 às 09:21

Uma excelente reportagem escrita e fotográfica que testemunha muito bem a bela manhã de BTT em dia de muita chuva, mas com uma manhã isenta dela.
Podiamos ficar em casa com medo das gripes? podíamos ! mas era um desperdício de tempo ? era!!!!!!!.
Sem imagem de perfil

De Cláudio Costa a 11.03.2018 às 20:33

Excelente crónica Gonçalo, como sempre. Tenho andado tão ocupado que ainda não tinha comentado. Vejo que se divertiram, eu não consegui ir por ter o filhote com febre, mas hoje já fiz o gosto ao pedal, e parece que tenho de ir escrever a crónica de hoje, mas antes tinha de comentar esta :)

Comentar post



Sobre nós

Neste blog um grupo de amigos irão falar das suas vivências tendo como fundo uns passeios de bicicleta. À conquista da natureza, ganhando saúde.

MEO Kanal


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D


Visitantes = 160.000 +...