Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Neste dia de jejum juntaram-se nove trilheiros para um santo passeio… Bem, seis TSF de gema, Alípio Lopes, Rui Gaspar, Rui Leitão, Rui Passadouro, Artur Fernandes e Zé Cardinhos, um meio, David Silva, e dois aspirantes, Tiago Pereira e Ricardo Vieira (os prós foram para os lados da Lousã).

Contadas as desventuras do Rogério na noite anterior, capotando em grande estilo (desde já as melhoras e uma rápida recuperação) e estudada a capa que forra o interior da nova máquina do Alípio, lá nos metemos à estrada cortando a névoa matinal (Não! Dom Sebastião não apareceu… Deve estar como os militares do 25 de Abril, de candeias às avessas com os nossos governantes).

Destino: lados da pia do urso! Bem, no início não era para ser a Pia, mas acabou por se proporcionar…

No caminho, passagem pela povoação das Fontes e paragem no Reguengo do Fetal - hoje foi dia de conhecer o Buraco Roto. Depois de um inverno a brotar muita água, hoje estava seco. Mesmo assim não deixa de ser impressionante! Pelo meio, enquanto se conheciam os meandros deste hotel mais de cinco estrelas do idade da pedra, o Alípio tira da cartola uma história de um colega maluco da marinha que comia a cabeça de pombos (depenado) e ratos à dentada… Fiquei logo sem vontade de tomar o reforço!

Começaram as hostilidades… subida do Reguengo pela pedreira a caminho da pia! Da última vez que alguns de nós aqui passamos foi bem mais agradável, visto que tinha sido a descer… O ritmo era moderado, para não criar mais prostatites e não esfolar os trilheiros menos calejados.

À chegada à pia do urso, a última dificuldade, uma subida de pedra solta vencida pelos Ruis Leitão e Gaspar (perdoem-me os outros se mais alguém a fez de penalty), seguindo-se um belo pastel de peixe (estavamos em jejum de carne e derivados…), disfarçado mais para a nata… Acabou-se o belo do repasto com um cheirinho, cortesia do Rui Leitão!

O regresso foi feito em ritmo acelerado, pelo menos para alguns, visto que eu e o Alípio agarramos, como sempre, a vassoura do pelotão nas descidas, seguindo em ritmo de passeio, mas seguro (depois da desventura do domingo passado, passou-me a vontade de inventar).

O regresso foi feito quase pelo mesmo percurso, acabando-se a descer a pedreira do reguengo e passando por trás do cemitério, tal como na subida, mas de forma bastante mais agradável e menos cansativa!

O melhor ainda estava para vir! Eis que o Artur consegue enfiar um pau, de quase 10cm de comprimento e mais de meio de diâmetro, no pneu traseiro! Impressionante! Como poderão ver nas fotos era mesmo grande, mas acho que alguns de nós ficamos mais impressionados com o saco Sport Bily do Artur (como se costuma dizer marinheiro que parte para o mar avia-se em terra).

Após a paragem técnica, o regresso foi feito por estrada, em grupo e a bom ritmo, ao parque radical, tendo-se finalizado mais um santo passeio dos TSF!

Domingo há mais!

David Silva

Também em meo Kanal 490904

publicado às 18:52


17 comentários

Sem imagem de perfil

De Cláudio Costa a 19.04.2014 às 01:04

David, boa crónica sim senhor, excelente.
Quanto aos outros, invejo-vos a volta, para já, ando há meses para conhecer o buraco roto e decidiram lá ir hoje, que eu não estava, muito obrigado!


Eu ontem perdi a capacidade de discernimento, e decidi ir hoje jogar noutro campeonato, o dos prós, e lá par os lados da Lousã. Crrreeedddo, onde eu me fui meter... estou com um empeno de músculos e outro empeno de cromado que é obra. Foi subir, subir, subir... praticamente 2000D+ em 49km, além disso malhei, furei e avariei, o percurso estava uma verdadeira desgraça, não se via nada com o nevoeiro.... mas atenção cheguei ao fim. E graças a mim, os companheiros TSF's com mais cavalagem nas suas bikes, poderam descansar um pouco no topo de cada subida :-) valeu pelo convívio porque pelo percurso não me apanham lá mais, hehe.

Comentar post



Sobre nós

Neste blog um grupo de amigos irão falar das suas vivências tendo como fundo uns passeios de bicicleta. À conquista da natureza, ganhando saúde.

MEO Kanal


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D


Visitantes = 160.000 +...