Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Trilhos Sem Fim - passeio em formato convivio

por Trilhos Sem Fim, em 19.01.14

Na torre altaneira da Sé de Leiria o velho relógio indicava as 8:35. No Parque Radical os sete trilheiros perfilavam-se um a um para iniciar a marcha para destino incerto.

Eram sete, oriundos das colinas da cidade do Lis. Tinham vindo em grupo. Da colina quinta de São Romão vieram os Rui P, o Rui G e o Rogério, da colina da Quinta de Santo António o Artur F, da colina dos Parceiros o Cardinhos e seu rebento, o José Ricardo. Finalmente chegou o Rui L, vindo da sua colina, montado na sua velha pileca. Óculos de estilo, do melhor estilo, roupa vincada, botas brilhantes, GPS de última geração e a velha montada. A velha montada, companheira de muitas alegrias, apesar da racha, continua a companheira fiel, assim fossem fiéis e presentes os glúteos do ocupante.

Destino incerto. Rumo À Pia do Urso com o intuito de aproveitar cada oportunidade de diversão. 

Em grupo, ia-se discutindo a última semana e afinando a resolução dos problemas financeiros do País, quiçá da Europa.

Uns mais à frente, outros nem tanto, alguém ousava questionar o espírito de grupo, já que a nádega escurecida, de tamanho trauma, não permitia mais esforço.

Subitamente a velha pileca desafia Tornado, o possante cavalo preto de Zorro. Correu mal e o comandante da velha pileca ficou mudo o restante passeio, só vindo a recuperar parcialmente as capacidades intelectuais à chegada do Parque radical por volta das 12:05. Que trauma psicológico!

Ultrapassadas as fontes do Lis, já na Reixida, visitámos a rampa de autocross. A animação pairava, mas devido ao atrasado da hora na saída dos participantes, adiantámos o passo e combinámos revisitar o local no final da manhã.

As corgas transbordavam e delimitavam os trilhos que percorríamos, mas aqui e acolá subiam as margens e invadiam os carreiritos, permitindo alguns momentos de diversão à velha montada, que teimava em "estornicar" os companheiros. Maldita pileca!

Trilho atrás de trilho atingimos o objetivo. O café do Reguengo que oferecia o abrigo necessário à degustação do bolo sobrante do congresso gastronómico dos Trilhos Sem Fim, que se tinha realizado na véspera.

Bolo degustado e café saboreado! Tinha chegado a hora de revisitar os carros de cross. Gostei, mas não o suficiente para trocar o BTT pelo cross motorizado.

O casaco amarelo estava testado, era impermeável às fortes chuvadas de inverno. Faltava testar a bike 29 no trilho-parede das fontes, junto à moradia amarela. Os três Ruis (G, P e L) tentaram, assim como o José R. Foi difícil para todos, não conseguimos superar o objetivo, mas ficámos convencidos de que era possível, até para a velha montada.

O caminho de regresso foi feito a velocidade acelerada, fugindo da chuva que teimava em nos fustigar. Cerca das 12:05 já estávamos no PR.

Faço votos que os que optaram por outra solução se tenham divertido tanto como nós.

Mais um bom passeio de domingo.

Rui P

Também em meo Kanal 490904

publicado às 17:18


Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Sobre nós

Neste blog um grupo de amigos irão falar das suas vivências tendo como fundo uns passeios de bicicleta. À conquista da natureza, ganhando saúde.

MEO Kanal


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D


Visitantes = 160.000 +...