Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Trilhos Sem Fim pela serra até à Pia do Urso

por Trilhos Sem Fim, em 31.05.15

Já o Sol ia bem alto quando os seis trilheiros tomaram a sua decisão. Após uma breve troca de opiniões, o percurso foi decidido por unanimidade.

Saídos do parque radical e após alguns quilómetros em estrada, entramos nos trilhos já nossos conhecidos. Serpenteámos pelo velho estradão, por entre as frondosas árvores e, nisto, voltámos à estrada, junto do vetusto templo. Sempre a subir, admirámos a paisagem, contemplámos a montanha e descortinámos no horizonte a fábrica com as suas grandes chaminés, agora sem emissão gasosa. Recordámos como é boa e perigosa a descida, mas agora estávamos a subir. Onde estávamos nós?

Passámos a pedreira, agora abandonada, e já à beira dos campos agrícolas constatámos que os postes dos telefones, semanas antes vandalizados pelos ladrões de metais, já se encontravam a apontar o sol brilhante.

Sempre a subir, passámos o bosque, deixámos para trás a estrada e subimos pelo empedrado até ao nosso destino. Aí chegados, aproveitámos o calor dos raios de sol amenizado pela agradável brisa. Tínhamos chegado À Pia do Urso. Por entre um café, um doce pastel e a tradicional banana, atualizámos as noticias da semana e recordámos aqueles que, pelos mais diversos motivos, não nos conseguiram acompanhar.

Já com a conversa em dia, subimos até final do empedrado, para logo encontrar o carreirito da Pia. As bikes, saltando cada pedra, levaram-nos ao estradão.

Era ainda muito cedo, pouco passava das 10:30. Contornámos a pedreira pelo sul e pelo single track, entrámos na área antigamente explorada. Ainda tínhamos que disfrutar do vibroplaite e talvez da Curvachia. Um após outro, e soltadas ao vento algumas vetustas palavras (não é Rui G? O filme não engana.), ultrapassámos, alguns à mão, o rugoso empedrado que nos encaminhou para a entrada sul do Reguengo e permitiu o acesso direto à sua área mais nobre, o adro da velha igreja.

Tal como durante o passeio, também no texto me esqueci que isto é um grupo e que o grupo tem pessoas, com nomes. Pois, mas lá esteve o culpado habitual a recordar a definição de grupo. Tivemos um regressado, o Valter, que por distração ousou avançar em demasia, mas logo a repreensão chegou, de onde todos esperávamos que viesse.

Ainda tivemos tempo de passear pelas nascentes do rio Lis, atravessar o leito, agora seco, e saltar os dois muretes de pedra.

Já junto da capela encontrámos as camaradas de outros passeios, e o seu cachorrito. Confraternizámos!

O tempo, que sobrava a meio do passeio semanal, escasseou no fim. Depois, em pequenos grupos, e sem qualquer tipo de acidente, atingimos o parque radical. Cada um continuou o seu domingo junto das famílias mas, com a firme intenção de repetir o passeio num futuro bem próximo.

Votos de uma excelente semana.

Até domingo.

Rui Passadouro da Fonseca

Clicar para ver as fotos

 

publicado às 17:46


Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Sobre nós

Neste blog um grupo de amigos irão falar das suas vivências tendo como fundo uns passeios de bicicleta. À conquista da natureza, ganhando saúde.

MEO Kanal


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D


Visitantes = 160.000 +...