Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Incumbiram-me a mim de escrever sobre a nossa última volta de 2017, aceitei com prontidão tal convite, até porque não tinha outra alternativa e porque confesso também me apraz. Por isso entre os preparativos de última hora e o início do próximo ano aqui estou a descrever como foi a nossa última manhã de BTT de 2017. Não podia deixar esta tarefa para amanhã pois é outro ano, e não se deve deixar para o ano que vem, aquilo que podes fazer neste, mas também não o podia fazer sem antes comentar a boa crónica da semana passada, escrita pelo Rui P. e com reportagem do Leonel (vão lá comentar sff, que eles merecem, parece que o texto está ainda como novo!). De consciência tranquila já posso escrever sobre o fenomenal banho com que o são Pedro nos brindou hoje. Nos últimos dias já tinha feito uma análise ao ano BTTista e como não tinha grandes “scores” de Km para mostrar tinha até pensado em gabar-me de não ter caído em 2017 e até talvez nem um banho decente ter apanhado. Mas como diz o sábio povo, até ao lavar dos cestos ainda é vindima, e hoje no último dia do ano, conseguimos apanhar o tal banho que só não foi até às cuecas porque usamos licra, e pelo menos três de nós, eu em particular, posso gabar-me de ter conseguido cair com galhardia e mestria numa descida sem grande dificuldade e à frente do repórter para que ele pudesse registar tudo em vídeo e o nosso editor tivesse o prazer de fazer uma montagem de vídeo como ele gosta, cheia de “replay”.

 

Arrancámos do PR ainda sem chover, e seguimos o GPS de hoje, o Daniel, que nos queria mostrar mais, mas não houve condições meteorológicas, nem de pernas, para acabar a volta por ele planeada. Passámos na terra dele e falámos com os Pais, foi bom, pois assim eles viram que o filho não é o único maluco a andar à chuva e lama. Pagou-nos o café a todos, e hoje éramos muitos, muito obrigado, mas ficou-lhe bem, até talvez até lhe perdoe por me ter levado para caminhos que me mandam ao chão! Ainda sem o azimute virado para Leiria, a chuva começou a intensificar-se e decidimos rumar em direcção a Leiria. Não escapámos a ela, mas como não estava muito frio, até houve quem confessasse ter saudades de um banho assim. Ele há gente para tudo!.

 

À chegada a Leiria, o grupo foi-se dissolvendo e cada um rumando para o banho quente. Os outros terminaram no local habitual, onde hoje, por opção nossa e porque a nossa indumentária já não estava muito decente, bebemos a imperial servida na rua e fomos presenteados mais uma vez pelo Sr. Armando. Bem haja a ele e todos os trilheiros que me fizeram companhia em mais um ano de BTT saudável e bem disposto.

 

Aos companheiros em recuperação, Alípio e Rui Leitão, as melhoras e voltem depressa, deixem-se de histórias que estão mais que bons para pedalar seus mandriolas.

 

Bom ano de 2018 para todos, que se cumpram os vossos objectivos e que pedalemos muitos e bons Km, e sobretudo com prazer e salutar convívio.

 

Fiquem bem, sei que o texto vai longo, mas a melancolia das últimas horas do ano pôs-me a escrever muito. Isso e talvez o não querer levantar-me da cadeira, que estou todo dorido da queda de dei :)

 

Cláudio Costa

20171231

publicado às 16:40


Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Sobre nós

Neste blog um grupo de amigos irão falar das suas vivências tendo como fundo uns passeios de bicicleta. À conquista da natureza, ganhando saúde.

MEO Kanal


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D


Visitantes = 160.000 +...