Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




TSF FORAM A PORTO DE MÓS

Tanto acreditávamos e queríamos ontem a mais saborosa vitória que poderíamos ter tido num jogo de futebol que preferi procrastinar a feitura do relato da nossa volta para hoje, segunda-feira.

Nunca, que me lembre, fomos tão mal tratados publicamente pela generalidade da imprensa de um país que desde os anos sessenta ajudámos a reconstruir, pedra a pedra. Um país de pedantes que acolhe só uma das maiores concentrações de portugueses no mundo: Paris, a sua capital! Fizeram grandes programas de TV onde perguntavam a si próprios se poderia um pequeno país como Portugal ganhar o caneco. Grandes idiotas, pela graça de Deus!... E dos nossos fabulosos guerreiros da bola.

Estava tudo escrito nos livros e tanto as prestações dos atletas lusos no Europeus de Atletismo quanto o exacto número de ONZE que fomos ao café/esplanada do jardim de Porto de Mós indicavam que algo de vibrante e bom estava para acontecer. E nem o porco do Dimitri Paya conseguiu travar-nos eliminando o CR7. Correu-lhe até mal porque, a partir daí e mesmo sem ele fomos ainda maiores. Vingança que nos soube e mel e a eles a fel!

Mas, como se sete (AF, RV, NC, AL, JC, CC e CG) não fossem suficientes para perfazer ONZE, logo apareceram quatro camaradas com um andamento dos diabos e  que costumam treinar com o conhecido “velhinho” Agostinho Duarte dos lados de Pernelhas. A saber: Filipe Bagagem, Fred Valentim, Carlos Bento e Duarte Lourenço.

Saímos do PR a subir à Cruz da Areia (com muita areia de facto nalguns caminhos), Barreira, Alcanadas e Porto de Mós onde, antes do café conquistámos o seu vetusto castelo. Digno de nota foi o comportamento preguiçoso e calão do garçon que se recusou a receber individualmente mas somente pela totalidade de todos os onze. Ficou determinado que, pese embora a beleza do local e de uma espectacular glicínia: nunca mais voltaremos para incomodar este garçon.

Regressámos a bom ritmo por matas e quase morres de cansaço subidouro em direcção às fontes de onde demandámos à última e mais resfatelada etapa da manhã. Aqui já os nossos quatro amigos se tinham separado, tal como o CG que tinha compromissos bem longe dali.

Belo domingo de Btt, muito boa e estimulante a companhia é um espectacular remate de loucura quando o dia terminava e a madrugada de festejos se iniciava.

VIVE LA F....?! O C$}#%$+!

 VIVA PORTUGAL!!!!

Et... Comme sera t’ill la Tourre Eiffel Toujour  pour la nuit?...  Agora é que não escaparemos às sanções...  

Alipio Lopes

P7100040.JPG

publicado às 16:36


Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Sobre nós

Neste blog um grupo de amigos irão falar das suas vivências tendo como fundo uns passeios de bicicleta. À conquista da natureza, ganhando saúde.

MEO Kanal


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D


Visitantes = 160.000 +...